Bulba RPG
Bem-vindo! Para ter acesso completo ao conteúdo do fórum deve fazer Login ou Registar-se
Bulba RPG
Após o impacto entre as Ultra Beasts e Giratina no Distortion World, o mundo ficou mais pobre. Alola foi destruida e muitos outros locais desapareceram do mapa. Porem, essa destruição trouxe uma calma aparente no mundo. Um sentimento de união espalhou-se pelo mundo e a solidariedade retornou. Novas Mega Evoluções e Cristalizações foram descobertas, levando a comunidade cientifica ao extase. Porem um pensamento mantem-se presente na mente de todos: até quando esta paz?
Temática: Primavera
Últimos assuntos
» Catching Contest - Fight Type [Trizzzmegisto]
Pokedex Expandida - Aprofundação no Mundo Pokemon EmptyHoje à(s) 3:07 am por Arceniopédia

» Pós apocalipse, meus primeiros passos.
Pokedex Expandida - Aprofundação no Mundo Pokemon EmptyHoje à(s) 2:57 am por Trizzzmegisto

» Violet City - Ambar [AutoRoute]
Pokedex Expandida - Aprofundação no Mundo Pokemon EmptyHoje à(s) 2:54 am por Trizzzmegisto

» Adentrando Santalune Forest
Pokedex Expandida - Aprofundação no Mundo Pokemon EmptyHoje à(s) 2:51 am por Trizzzmegisto

» [CC Novembro] Murdoch (Oleg Giotto)
Pokedex Expandida - Aprofundação no Mundo Pokemon EmptyHoje à(s) 2:29 am por Trizzzmegisto

» Ficha - kosoko
Pokedex Expandida - Aprofundação no Mundo Pokemon EmptyHoje à(s) 2:26 am por kusoko

» 01 - Admirável mundo novo
Pokedex Expandida - Aprofundação no Mundo Pokemon EmptyHoje à(s) 12:35 am por MadMax

» [SORTEIOS] MADDOX
Pokedex Expandida - Aprofundação no Mundo Pokemon EmptyHoje à(s) 12:11 am por PokéDados

» [Fazenda] - Zehel's Farm
Pokedex Expandida - Aprofundação no Mundo Pokemon EmptyOntem à(s) 10:23 pm por Dark_Akira



Pokedex Expandida - Aprofundação no Mundo Pokemon

Fogo & Fúria
Charmander, Charmeleon e Charizard, Os Lagartos de Fogo.

Historia: Nos primórdios da sociedade, Charmanders sempre viviam perto dos humanos antigos (seu nome também pode ser interpretado como “sombra humana”). Eles geralmente se alimentavam dos restos enquanto forneciam o fogo sempre necessário para o que era um relacionamento mutuamente benéfico

Alimentação: Charmanders comem quase qualquer coisa, embora na natureza, eles vão atrás de insetos e berries, ou qualquer coisa menor que eles. Eles conseguem ser rápidos se quiserem, mas eles geralmente usam seu fogo para um ataque surpresa de longo alcance. À medida que o Charmander evoluir, eles passarão para uma presa maior e mais forte. No entanto, como os Charizards desprezam a luta contra os mais fracos do que eles (é uma questão de honra e orgulho), os Charizards não comem muito mais do que suas contrapartes menores.

Habitat: O habitat natural dos Chars são as montanhas onde os Zapdos raramente vagam. Eles gostam de viver em cavernas rasas, e é uma questão de orgulho que eles façam elas com suas próprias garras e chamas. Quando eles são jovens, eles não têm força para isso, então, ao invés disso, eles procuram por antigas cavernas escavadas por Charmeleons e Charizards. Criar a primeira caverna é uma espécie de "rito de idade".
Charmanders raramente ficam na montanha por muito tempo, já que as montanhas são habitadas por todos os tipos desagradáveis de Pokemon tipo Pedra e Terra. Os muito jovens têm pais para cuidar deles. Os mais velhos, mas ainda jovens, têm pouca comida a menos que viajem para as florestas, ou a menos que aprendam como combater os tipo Pedra. Provavelmente, depois de uma dessas viagens, eles retornarão como Charmeleon.

Biologia e Sociedade: Desde recém-nascido a cauda de um Charmander emana uma chama silenciosa, que foi projetada para ser o mais silenciosa possível para evitar predadores. As caudas dos Chars brilham o suficiente para que possam ser vistas de longe, nos topos das montanhas, de modo que, nos primórdios da sociedade, elas serviam como postos de orientação, como faróis sinalizando terra. Charizards, nos céus, assemelham-se a estrelas cadentes quando mergulham de altas altitudes com suas poderosas asas e cospem uma chamas enquanto caçam. Isso também vale especialmente para o raro Charizard negro, que é quase invisível a noite, se não pelas suas chamas.

O fogo na cauda do Char é anormalmente difícil de ser extinguida. Mergulhar em água não o apaga, nem a altitude elevada (permitindo que os Charizards atinjam alturas de 1500 metros). No entanto, o Char sufoca-se em uma altitude muito elevada e se afoga caso fique muito tempo de baixo da água. À medida que evoluem e se fortalecem, é preciso mais e mais para apagar a chama. Olhando para isso de um ponto de vista lógico, é óbvio - quando a chama de um Char faz se apagar, o Pokémon morre. 
(No entanto, extingui-la faz o Pokemon morrer, ou ela se extingue por quê o Pokemon morreu?)

Como tal, a chama de um Char é um sinal de sua força e também de sua emoção. A chama torna-se maior, mais quente e ocasionalmente azul-esbranquiçada em momentos de raiva e emoção aumentada. Quando crianças, eles costumam brincar para ver quem tem a maior chama. À medida que envelhecem, esta exibição é usada para julgar a força, porque, mesmo que um Charizard ame batalhas, ele precisa conservar sua energia para as lutas mais difíceis. (Charmeleons não distinguem - eles apenas lutam, lutam e lutam brutalmente com garras e cauda.)

Com os outros Pokemon, o Charizard julgará e ativamente desafiará os fortes e evitará os fracos. Isso vale até mesmo para as suas presas, por isso os Charizars estão quase sempre com fome. Assim, os únicos Charizard saudáveis e poderosos são aqueles que deixam de lado seu orgulho, e enfrentam um pouco de humilhação para comer.
Sabe-se que os Charizard evitam as florestas porque temem causar incêndios florestais e mortes desnecessárias, enquanto os Charmanders e Charmeleons não se importam. Além disso, eles sempre tentam matar instantaneamente, pois as queimaduras são uma maneira covarde e dolorosa de vencer. Uma característica que recebem pela maturidade.

É incrível essa família ter conseguido sobreviver com essa personalidade, e talvez por isso eles sejam tão raros. Eles geralmente morrem cedo, não por causas naturais, mas por orgulho. Somente após o crescimento de uma personalidade forte e um físico também forte, eles podem sobreviver e evoluir com sucesso. Evoluindo, eles precisam comer mais, mas se tornam mais fortes e inteligentes.
Enquanto Charmeleon é perverso e Charizard orgulhoso mas humilde, Charmanders são brincalhões e são ótimos companheiros por serem fofos e divertidos. No entanto, cuspir fogo os torna bastante perigosos. 

Familia: Charmanders vivem em grupos e costumam caçar juntos, mas Charmeleons não conseguem fazer companhia um ao outro a menos que consiga desenvolver um relacionamento de rival um com o outro. Charizards se reúnem em rebanhos espalhados, eles não podem se reunir em grupos mais próximos por causa da escassez de comida.
Os Chars femêas são na verdade tão fortes quanto os machos, mas eles têm menos para provar, já que são elas que escolhem. Como tal, os humanos raramente avistam uma femêa, já que elas estão (inteligentemente) se escondendo. Chars, como outros Pokémon, consideram os humanos fortes, então eles os desafiam ativamente. (isso foi aproveitado em tempos de guerra)

Habilidade (Solar Power): Ocasionalmente, há o raro Char que tem que evitar o sol, a menos que seja extremamente necessário, porque seu corpo converte calor tão bem, que eles começam a superaquecer e se queimam com a luz extra.

Spoiler:
Eu posto primeiro no Spirit, então se tiverem conta e quiserem seguir lá, só clicaraqui. Todas as críticas são bem vindas, eu quero deixar o melhor e mais fluído possivel, se tiverem sugestões ou adições para fazer é só falar aqui ou mandar PM, perguntas, etc e etc, é nois.
 


Última edição por Musashii em Sab Out 05, 2019 9:31 am, editado 6 vez(es) (Razão : Musashii)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Harmonia com a Natureza
Bulbassaur, Ivyssaur, e Venusaur

Biologia e Alimentação: Bulbasauros e sua família (coletivamente chamados de Sauros) são obviamente uma combinação de lagarto e planta - dois simbiontes. O lagarto transporta a planta ao redor, enquanto a planta fotossintetiza e age como armazenamento. Quanto mais açúcares ele cria e mais energia acumula do sol, mais a planta evolui e cresce. Essa energia também é desviada e utilizada para a criação de pós venenosos e aromas para mecanismos de defesa.

Devido a este excesso de armazenamento de energia, a parte lagarto do Sauro não precisa comer muito - a maior parte de sua nutrição pode vir de sua planta e do sol. Como Bulbasauro, o Pokémon pode ficar em pé sobre as patas traseiras, elevando-se de modo a ter a capacidade de escalar para lugares mais altos para obter mais luz solar. Isso é apenas minimamente útil, considerando que eles têm vinhas que são muito melhores em escalar. A necessidade de encontrar o sol é crucial para um Bulbasauro, porque eles são os mais vulneráveis da família e, portanto, têm mais necessidade de evoluir rapidamente.

Além disso, como os mais vulneráveis, o Bulbasauro pode usar suas videiras para subir em árvores e se esconder. À medida que evoluir, ele precisará suplementar essa energia com mais carne. Isso ocorre porque o corpo do lagarto se torna maior, necessitando de mais energia, mas também porque a planta floresceu e cresceu em peso, dificultando o transporte. Ele pega mais sol, fotossintetiza mais, mas menos dessa energia é armazenada e mais é utilizada para manter as pétalas e folhas saudáveis para ataques. O corpo maior do Venosauro é feito na verdade para suportar a enorme planta.

Habilidades e Capacidades: Sauros são enganosamente rápidos para o seu tamanho, mas eles ainda são muito mais lentos do que qualquer presa que eles possam caçar. Rattatas correm muito rápido, e Pidgeys possuem bicos afiados que podem rasgar suas vinhas. Na verdade, é a planta que ajuda nesse problema. O doce aroma que eles liberam faz com que o Pokémon se distraia e perca a vontade de lutar. Este cheiro realmente fica mais forte na chuva porque, sem a luz solar, menos energia é armazenada pela planta e o lagarto precisa atrair mais presas para compensar.
Quanto mais saudável a flor, maior e mais brilhante ela é. Isto é tomado como um sinal de força, tanto para outros Pokémon em busca de parceiros, mas também para treinadores. Afinal, quanto mais ativo o Sauro é, mais devotado é em manter-se em movimento para encontrar os melhores pontos de sol na floresta, e consequentemente mais poderoso ele será.

Habitat: Eles estão sempre procurando a melhor maneira de obter luz solar. Eles odeiam áreas onde geralmente é nublado. Originalmente, Sauros viviam nas pastagens. Havia mais sol, menos sombra, e o Venusauro fazia largos caminhos com seus corpos pesados através da grama alta, fazendo o início das estradas que mais tarde se tornariam as estradas dos humanos. Venossauros notavelmente não são territoriais porque não há necessidade de ser.
A única razão pela qual os humanos sabem que os Sauros viveram originalmente nos campos é porque em Hoenn, o último refúgio dos Sauros de pastagens, eles não foram caçados e muitos testemunharam eles deixando estradas inteiras para trás através da grama alta. No entanto, eles eram raros, e eles também começaram a conhecer os caçadores, assim eles desapareceram daquela região também. Alguns Bulbassauros podem aparecer em cidades, atraídos pelo brilho das lâmpadas. Eles também migram bastante evitando o tempo nublado e chuvoso. Se há bastante Bulbassauros em uma área, significa que provavelmente será um dia ensolarado.

Sociedade e Humanos: Os humanos começaram a caçá-los por seus bulbos e flores para remédios místicos herbais que podem ou não ter funcionado. Mais comumente, as pétalas eram trituradas para conseguir  veneno e o pólen usado como veneno aromático. Originalmente, todos os Sauros eram mortos pelas suas plantas, mas mais tarde, quando os humanos começaram a se tornar mais amigos do meio ambiente, apenas a planta era cortada em um esforço para evitar danos ao lagarto. Infelizmente, o lagarto restante sempre morria de qualquer jeito, pela falta de nutrientes.

Embora seja questionável se eles morrem por que o lagarto não consegue pegar comida suficiente ou se eles realmente morrem de fome por recusarem a matar. Os Sauros abominam tirar a vida, por mais necessária que seja, e terão que fazer isso ainda mais sem a planta deles. Eles escolhem morrer em vez de matar mais. Infelizmente, como um Bulbasauro, se a planta for cortada, ela nunca volta a crescer. Para Ivysauro e Venosauro, no entanto, desde que o tronco principal não seja prejudicado, as folhas, as trepadeiras e as pétalas são altamente regenerativas. Evidentemente, elas também são mais venenosas, então menos humanos os querem de qualquer maneira. Assim, é o pobre Bulbasauro que sofre com a caça.

Quando não estão saudáveis ou estão desnutridos, as flores de um Venossauro produzem um odor para afastar os inimigos e rivais. Este é um dos aromas usados no Repelente, um item famoso. Por outro lado, um Venossauro saudável tem uma flor muito vibrante e produz um aroma que acalma as ansiedades das pessoas ao seu redor e atrai outros pokemon. Este perfume frequentemente usado em sabonetes e velas.
Quando um Venusauro morre, sua flor lança sementes que fazem florescer novas árvores nessa área, que se assemelham exatamente com as árvores dos Venossauros. A madeira é tão resistente que nem um Machamp pode derrubá-la.

Personalidade: Os Sauros, originalmente bastante contentes em evitar conflitos sempre que possível (embora nunca covardes), tornaram-se mais agressivos em relação aos humanos. Eles foram forçados a se mudar para florestas mais isoladas (porque os humanos não se atrevem a derrubar as florestas. A ira dos Pokémon de Grama e Insetos também é um fato a ser levado em conta), onde há menos sol, e então os Sauros cresceram para serem territoriais, disputando os pequenos pontos de sol que rompem o dossel espesso. Devido a essa competição por sol e espaço, o Bulbasauro pode evitar evoluir para evitar conflitos desnecessários, fazendo com que as populações de Ivysauros e Venusauros despencassem nas florestas.

Em geral, todos os indivíduos vivem espalhados pelas áreas remotas da floresta, embora uma vez por ano todos viajem para ver um ao outro. O destino da migração é determinado pela tradição, então os mais velhos lembram, enquanto os mais jovens seguem seus olfatos. Apesar das condições mais duras, forçando-os a viver mais separados, os Sauros realmente desfrutam da companhia um do outro. (A capacidade de viver mais perto um do outro é, na verdade, uma das razões pelas quais Bulbasaur e Ivysaur se recusam a evoluir.)

O comportamento dos Sauros tem sido muito estudado por cientistas de todos os tipos, mas seu comportamento na floresta é pouco conhecido, já que eles são tão raros e evitam ativamente os humanos. No passado, Venusaurs foram usados ​​na guerra, mas não como participantes ativos. Eles se recusam a matar por algo tão sem sentido, não importa o quão leais eles sejam aos seus treinadores, mas pelo menos estão dispostos a usar seus aromas e pós como se estivessem na natureza - confundir e desorientar o inimigo. Quando uma fronte ataca, eles podem estar dispostos a barricar o caminho com suas muitas videiras, embora isso dificilmente seja um obstáculo para muitas máquinas de guerra, comandadas por Pokémon de Aço e Fogo.

Divergência de Cor (Shiny): De vez em quando, podem ser encontrados Sauros verde-limão. Sua diferença de coloração torna-os muito mais fáceis de detectar, exceto no início da primavera, de modo que ou eles morrem mais facilmente ou se tornam fortes mais rapidamente para sobreviver.
Gênero e Reprodução: O Venusaur é sexualmente dimórfico, com a fêmea tendo ovários no centro de sua flor. O Bulbasauro se reproduz de maneira muito semelhante a algumas plantas, através do processo de polinização. O Bulba é capaz de contrair os músculos das costas para disparar sementes ou pós. Um Bulbassauro macho, na adolescência já é capaz de disparar um tipo especial de pó, conhecido como "pó de reprodução". Se este pó consegue encontrar o caminho para o bulbo de um Bulbassauro fêmea, então ela fica grávida.

Habilidades (Chlorophyll): Com o tempo, alguns Sauros evoluíram com hiper-metabolismos - a capacidade de fazer mais açúcares do sol em um curto período de tempo, para aproveitar ao máximo a quantidade de tempo que eles conseguem encontrar a luz. Isso também significa que, quando necessário, eles podem gastar essa energia mais rápido e correr muito mais rápido do que seus outros colegas de especie.

Grama e Venenoso: Todos os Pokemon tipo Grama são capazes de lidar com a poluição do ar, mas recentemente fora descoberto que aqueles com um tipo secundario Venenoso podem ingerir as moléculas voláteis a uma taxa muito mais rápida. Enquanto os outros de tipo unicamente de Grama precisam de tempo para decompor moléculas tóxicas em componentes úteis e benéficos, os tipos Grama/Venenoso podem absorver muitas toxinas poluentes do ar diretamente, transformando-as em nutrientes ou utilizando-as para armazenar suas próprias reservas de veneno.

Em resposta a essa descoberta, alguns grupos de voluntários começaram a se formar em todo o mundo para reunir seus Pokémon Grama/Venenoso em áreas com ar poluído. Pela pouca quantidade de pessoas que o fazem, e por serem conhecidas poucas especies com esta tipagem, não é muito útil, mas é uma ótima maneira de colaborar e fazer amizade com outros treinadores.

Perguntas sem Resposta e Curiosidades: Segundo a Pokedex, a semente em suas costas fora plantada nas costas do Bulbassauro no nascimento, mas não como, ou por quem ela fora plantada.
Uma das teorias, vem de uma carta do TCG, o jogo oficial de cartas do Pokemon. Na carta, há a imagem de um Bulbassauro em uma mesa, rodeado por diversos equipamentos cíentificos. Segundo essa teoria, a planta do Bulbassauro não é autoconsciente, então ela não pode se auto plantar nas costas do Bulbassauro recém nascido, isso é algo que os humanos fizeram, e o Bulbassauro é o primeiro projeto de pesquisa do Professor Carvalho, por isso seu número na Pokedex #001.

Eu não sei se acredito muito nessa teoria, meu palpite é que a planta em suas costas poderia ser um parasita, mas isso não explicaria como é passado de geração em geração, eu acho que realmente não tem nenhuma explicação por enquanto.

Bulbasauros de diferentes areas e regiões, seguindo a lógica, teriam que possuir diferentes bulbos ao nascerem. E conforme cresçam, esses bulbos floresceriam em flores de diferentes estilos, tipos e cores. Quem sabe no futuro encontraremos outros tipos de Bulbassauro?


Última edição por Musashii em Sab Out 05, 2019 9:16 am, editado 4 vez(es) (Razão : Musashii)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Pokedex Expandida - Aprofundação no Mundo Pokemon D7cdsh10
Squirtle, Wartotle e Blastoise - Forte como a Maré


Crescimento e Desenvolvimento: O Squirtle nasce bem pequeno, servindo de petisco para muitos predadores, como Croconaw ou Gyarados. Para piorar, suas conchas nascem moles e maleáveis ​​e Squirtles, como alguns outros Pokémon, não possuem a proteção de seus pais. Recém chocados e próximos a um lago, a primeira coisa que o Squirtle deve fazer é ir direto para a água, porque sua única proteção é a sua capacidade instintiva de nadar muito rápido.

Alguns bebês morrem, no entanto, como Squirtles são excelentes em se esconder, suas conchas amarronzadas se misturam facilmente com seixos do rio. Isso também serve como um excelente mecanismo de armadilha, pois, presas desavisadas serão atingidas por um jato de água de alta pressão (nesta idade, os únicos Pokémon que podem servir como presas para eles são pequenos peixes e crustáceos). A concha é normalmente alojada entre pedras ou pedregulhos maiores para evitar que os Squirtles se movam acidentalmente para longe de seus alimentos (o que é especialmente difícil, já que as suas conchas são arredondadas e ranhuradas para uma resistência mínima à água).

Como um Pokémon que sobrevive se escondendo desde tenra idade, Squirtles podem ser bastante covardes em comparação com o agressivo Charmander, ou o pacífico, mas teimoso Bulbassauro. Mas, eles lutarão tão desesperadamente quanto qualquer outro Pokémon em uma situação de vida ou morte. Além disso, à medida que crescem, eles se tornam mais assertivos e autoconfiantes. Em geral, eles são muito, muito pacientes — satisfeitos em esperar pela oportunidade perfeita de atacar e não ficam tão chateados se não aparecer nada por muito tempo. Afinal, eles vivem para ser muito, muito velhos, então o tempo não é essencial para eles. Se a comida não aparece, não há nada para se preocupar, eles também podem comer algas. Eles ficam estacionados no mesmo lugar por longos, longos períodos, por tanto tempo que algas crescem na própria casca. Na verdade, isso é feito meio que de propósito, pois, com as algas eles têm uma fonte de comida semiportátil.

Wartortles são conhecidos por sua longa idade, e o envelhecimento nele é muito mais visível do que em um Blastoise. Como as conchas do Wartortle (e do Blastoise) não se regeneram, a idade de um Wartortle pode ser julgada por como está sua concha — a quantidade de algas crescendo, o número de arranhões nas costas, danos, etc. A cauda também ganha mais cor quando eles envelhecem. Como um Wartortle (e tecnicamente, um Blastoise) só morre quando suas conchas se desfazem, eles podem viver para serem muito, muito velhos. Uma lenda humana afirma que eles possam viver 10,000 anos, embora seja muito difícil provar ou refutar este relato. (Os estudos de cor da cauda limitaram o número a 300, mas quando a cauda de um Wartortle é tão azul quanto o mar, como você sabe se é 300 ou 10.000?)

Força e Capacidades: Eles vão se tornando mais confiantes em afirmar suas forças conforme envelhecem. Squirtles dominam a arte da propulsão em uma idade muito jovem, com sua pequena cauda em espiral usada como um leme rudimentar. No entanto, sua natureza passiva pode fazer com que eles usem espumas e bolhas para atacar em vez de jatos de água de alta pressão, com medo de ferir demais seu oponente (quando não é uma questão de comida).

Wartortles, por outro lado, têm uma propulsão ainda mais forte, suas orelhas e caudas agem como lemes mesmo quando o Wartortle está retraído em sua concha. E, é claro, os Blastoises têm seus poderosos canhões, fortes o suficiente para fazer buracos em muros de aço (uma habilidade que rendeu ao Blastoise um lugar de destaque em locais de construção humana. Eles são excelentes forças de demolição).

De fato, enquanto Wartortle é, em muitos aspectos, um Squirtle mais poderoso, Blastoise é uma besta completamente diferente. O Blastoise é tão forte que, nessa idade, não há mais necessidade de se agachar e se esconder. Eles são os mestres do lago, capazes de dominar seus oponentes um a um, ainda que estranhamente, os Blastoise não sejam territoriais. Talvez isso aconteça devido a sua grande paciência, pois eles são capazes de tolerar a companhia dos outros e podem esperar a comida chegar. Afinal, com uma idade mais avançada, vem uma maior experiência, precisão e boas caçadas. Além disso, Blastoise, devido à sua natureza sedentária, não se move muito (e mesmo quando o faz, eles preferem usar a propulsão em vez de suas pernas atarracadas), então eles comem relativamente pouco.

Habitat: Quando não há muitos lagos nos arredores, alguns Blastoise se aventuram na vida selvagem, bastante longe de qualquer lago ou rio. Este aspecto estranhamente aventureiro do Blastoise é uma das principais razões pelas quais Wartortles vivem muito mais do que seus colegas evoluídos, muitos Blastoise acham difícil se manter quando realmente começam a andar por longas distâncias (a outra razão principal é que a poderosa propulsão de seu jato destrói a própria concha, mais do que qualquer ataque do oponente).

Alguns dos poucos capazes de sobreviver da própria água, se sustentam através da Dança da Chuva (Rain Dance) e viajam até mesmo por desertos, causando estragos nos Pokémon de Fogo, Solo e Rocha da região e fazendo do deserto seu lar, trazendo benefícios a toda a vida vegetal e humana que lá reside.  Muitas civilizações do deserto estão centradas em torno de um Blastoise viajante, onde os humanos nômades viajam com ele, ou o Blastoise se estabelece em um lugar fixo e se deixa ser tratado como um rei (quando o perigo não está na escassez de comida, mas na superabundância dela). Afinal de contas, uma única Dança da Chuva pode cultivar colheitas durante anos e anos. Ele é literalmente um deus da colheita para aquelas pessoas.

Personalidade e Sociedade: Em circunstâncias mais comuns, Squirtles e Wartortles são amados como animais de estimação. Sua natureza paciente os torna ótimos para treinadores iniciantes. Eles são bastante populares entre as crianças mais novas, pois são uma introdução precoce ao contato da criança com um Pokémon. Eles são dóceis, amigáveis e, o mais importante, resistentes, raramente ficam doentes, e suas conchas os protegem das crianças mais brutas e desajeitadas.

Na sociedade, eles são amados como bombeiros, cada evolução se especializando em um papel diferente. Toda cidade se esforça para ter pelo menos uma das evoluções especializadas em uma profissão e como uma fonte de água de emergência. Alguns lugares possuem um Blastoise que funciona quase como um sistema de defesa da cidade. Em dias de passeios escolares, em vez de permitir que as crianças vejam um carro de bombeiros, as crianças brincam com o Blastoise local, já que eles são gigantes gentis.

Usos e Itens: Por conta de sua raridade, uma casca mole de Squirtle é considerada uma comida de luxo incrível. A pele de sua cauda também é considerada uma mercadoria boa, suave e impermeável — quanto mais azul melhor. É especialmente popular entre a população mais velha.

Gênero e Raridade: Naturalmente, existem mais machos do que fêmeas. É o modo como sua espécie funciona, pois as fêmeas podem dar à luz muitos deles e esses Pokémon se destacam em sobrevivência acima de tudo. Para evitar a superpopulação, simplesmente não há necessidade de tantas fêmeas. Sua raridade por ser atribuída ao fato de que eles são praticamente eremitas e têm muito menos interação com outras espécies.

Água do Squirtle: Como mostrado no Anime, a água do Squirtle conduz eletricidade, isso significa que ela contém os minerais e os nutrientes necessários para ser potável. Mas mesmo com essa informação, no entanto, não sabemos quão ruim é o estado da água, pois mesmo que contenha os minerais, não sabemos se contém algum vírus ou doença que possa nos prejudicar. (Considerando a natureza dos jogos e dos animes, julgo que é seguro presumir que não, mas mesmo assim não podemos descartar essa hipótese.) Resumidamente, sim, a água do Squirtle pode ser ingerida por humanos, mas é melhor utilizar algum tipo de filtragem para não correr riscos.

Divergência de Cor (Shiny): É um equívoco comum julgar que os raros Tortles de casca verde são anciões. Mas eles realmente não são tão velhos assim. Eles nascem naturalmente com essa coloração. Eles se misturam nas rochas cobertas de musgo, embora a pele pálida deles se destaquem quando estão fora da casca.

Habilidades (Torrent/Water Dish): Quando Squirtle é encurralado, ele é capaz de produzir uma maior quantidade de líquidos dentro de seu corpo, e seus jatos de água ganham mais força e pressão. Quando está chovendo, Squirtle pode absorver a água com seu corpo através da difusão, isso restaura sua vitalidade.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Caramba,bem legal o teu trabalho o/. Gostaria de ver você escrevendo não só sobre os Pokémon,mas sobre as regiões,falando das climatologias e como as mesmas surgiram. No mais,espero que você continue a série,tá bem massa de acompanhar a narrativa e a escrita Pokedex Expandida - Aprofundação no Mundo Pokemon 780105416

Voltar ao Topo Ir em baixo

Conteúdo patrocinado
Conteúdo patrocinado

Postado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


Você não pode responder aos tópicos neste fórum