Bulba RPG
Bem-vindo! Para ter acesso completo ao conteúdo do fórum deve fazer Login ou Registar-se
Bulba RPG
Após o impacto entre as Ultra Beasts e Giratina no Distortion World, o mundo ficou mais pobre. Alola foi destruida e muitos outros locais desapareceram do mapa. Porem, essa destruição trouxe uma calma aparente no mundo. Um sentimento de união espalhou-se pelo mundo e a solidariedade retornou. Novas Mega Evoluções e Cristalizações foram descobertas, levando a comunidade cientifica ao extase. Porem um pensamento mantem-se presente na mente de todos: até quando esta paz?
Temática: Inverno
Últimos assuntos
» [FICHA] NinnaTales (Mark)
Apresentação #14 EmptyHoje à(s) 9:01 am por L Mars

» Capítulo II - Um novo mundo!
Apresentação #14 EmptyHoje à(s) 2:28 am por Le Fay

» #002 - Fly High!
Apresentação #14 EmptyHoje à(s) 2:13 am por Hiro

» Sorteios - Katherine ”Kathy” Le Fay
Apresentação #14 EmptyHoje à(s) 2:00 am por PokéDados

» {SOR} Yuri Yukihime
Apresentação #14 EmptyOntem à(s) 7:09 pm por PokéDados

» [Queixa] Falta e Atrasos de Mestre e Atualizações
Apresentação #14 EmptyOntem à(s) 3:02 pm por Instant

» [Cap.2] Por Mahogany, por Giratina!
Apresentação #14 EmptyOntem à(s) 2:56 pm por Instant

» [Sorteios] Tetsuya Hadesu
Apresentação #14 EmptyOntem à(s) 1:50 pm por PokéDados

» [Sorteio] Aron Tinuviel
Apresentação #14 EmptyOntem à(s) 11:59 am por PokéDados



Apresentação #14


- Vamos direto ao ponto, certo, Pidgeot? - eu falei, com um sorriso ligeiramente confiante esboçado em minha face. Eu tinha me preparado para aquele momento - cada movimento disponível, cada combinação possível, tudo foi devidamente estudado de modo a conseguir utilizar ao máximo o potencial de Pidgeot. Ele era um pokémon que tinha tudo para alcançar o topo daquele Contest; tudo de que precisava era alguém para coordenar as suas ações, e era exatamente este o motivo de eu estar ali. Eu não podia simplesmente deixá-lo na mão agora, podia? - Bem, eu só preciso mostrar pra eles nós dois, juntos, somos melhores do que qualquer um aqui. - me vangloriei, exaltando o pokémon guardado na pokébola em minhas mãos - como já era de costume, obviamente. - Tudo bem...vamos lá! Saia, Pidgeot! - vociferei, lançando a pokébola da criatura alada para o alto. Depois de passar um curto momento no ar, ela se abriu, permitindo que Pidgeot mostrasse as suas imensas e belas asas para todos que ali estavam. - Por que não começamos com...


I - Bergentrückung


- ...um "furacão de cores"? - falei num tom de voz suficiente para que toda a audiência ouvisse. Pidgeot começou a voar alto, tal como havíamos combinado anteriormente - e, nessa combinação, os dois pokéblocks vermelhos que eu o tinha dado certamente se mostrariam muito importantes. - Comece com Twister, parceiro! - eu ordenei, e a ave começou a bater fortemente as suas asas, fazendo com que, em instantes, um enorme furacão se erguesse no centro do palco, uma forte ventania que abalava até a mais poderosa das árvores. - Continue com um Air Cutter, e siga com Brave Bird! - gritei para Pidgeot. Aquele era o ponto chave da apresentação. Primeiro, ele concentrou a energia em ambas as suas asas, e soltou duas lâminas feitas de ar comprimido e cobertas com uma aura azul na direção do tornado. Porém, antes que elas pudessem alcançá-lo, Pidgeot cobriu a si mesmo com uma energia da mesma coloração - Brave Bird - pronto para dar início à fase final daquela combinação. - Agora! - eu disse, e ele lançou-se em alta velocidade na direção do Air Cutter. Quando Pidgeot atingiu as laminas de ar, elas pareceram unirem-se à aura azul do Brave Bird, fazendo-a aumentar de tamanho e assumir uma aparência ligeiramente mais agressiva e selvagem. Em seguida, então, o pokémon começou a girar em volta do Twister, no mesmo sentido que o ataque, tão rápido quanto conseguia. Aos poucos, a energia que tinha juntado com ambas as técnicas começou a ser absorvida pelo tornado, que coloriu-se de um azul brilhante e energético - definitivamente algo que poderia ser definido com a palavra "Cool". Por fim, Pidgeot se afastou do furacão, e em poucos segundas, a técnica se dissipou; fazendo com que centenas e centenas de partículas da energia acumulada do Air Cutter junto ao Brave Bird se espalhassem pelo lugar, como pequenas e brilhantes estrelas caindo do céu.


II - Megalovania


- Ótimo trabalho, Pidgeot. - eu disse-lhe, acariciando-o de leve no momento em que desceu logo após o primeiro ato daquela apresentação. - Pronto pro próximo? - perguntei, e tive a leve sensação de ter visto em seus olhos uma grande determinação, que me fez esboçar um pequeno sorriso. - Perfeito. - falei, e depois, dirigi-me novamente à audiência. - E agora, vamos dar um pouquinho mais de brilho às coisas por aqui! - eu falei, e coloquei em meu rosto a máscara que sempre carregava comigo, sorrindo de maneira confiante: - Pidgeot, comece subindo e usando Swift para cima! - ordenei, e o enorme pássaro rapidamente se pôs ao trabalho - com agilidade, ele subiu alguns vários metros, e em seguida, se preparou para o seu ataque. Suas asas brilharam num tom dourado magnífico, e quando Pidgeot as bateu, lançou ao alto múltiplas estrelas da mesma cor, que subiram ao alto até, aos poucos, começarem a cair. - Agora! Use Double-Edge e Roost simultaneamente! - ao receber as instruções, então, Pidgeot utilizou ambas as habilidades. A primeira fez com que seu corpo começasse a brilhar com uma aura amarela, mostrando que o Double-Edge estava pronto para ser utilizado. Roost fez com que uma aura branca se unisse à mesma, junto a várias penas de ave que começaram a orbitar o pokémon. Em seguida, as estrelas douradas do Swift começaram a cair à sua volta, dando a Pidgeot uma aparência quase divina naquele misto de dourado, branco e dezenas de estrelas ao seu redor. O brilho era intenso e atraía toda a atenção para o pássaro que agora mais parecia uma estrela, literalmente falando. Momentos depois, as todas as estrelas do Swift se chocaram com o chão formando pequenas explosões de luz, conforme Pidgeot aterrizava. - Perfeito, Pidgeot! Agora, para a última parte... - comecei, removendo a máscara do rosto e colocando os óculos de volta, observando mais uma vez a platéia. Tínhamos de impressioná-los para prosseguir, e por isso, eu daria tudo de mim nessa última combinação!


III - Finale


...o Grand Finale. Aquela combinação talvez fosse o ponto chave de toda a nossa apresentação, pois certamente impressionaria todos ali presentes se Pidgeot conseguisse executá-la sem problemas. Porém, havia um ponto negativo na mesma: o último movimento a ser utilizado nela, Hyper Beam, faria com que Pidgeot acabasse se cansando demais e precisasse parar por um tempo. Mas nós não tínhamos tempo para ficar esperando ele se recuperar. Por isso, terminar com aquilo era essencial, e agora que já estávamos no final, não podíamos falhar. Aproximando-me de Pidgeot, eu perguntei: - Está pronto, parceiro? - e, olhando nos seus olhos, eu vi que não precisava me preocupar com aquilo. Ele nunca tinha me deixado na mão, e a primeira vez não seria hoje. - Então voe, Pidgeot! Mostre pra eles do que nós somos capazes! - eu falei em voz alta, e o pokémon subiu com um forte bater de asas, fazendo um brisa balançar os meus cabelos. - Manda ver, parceiro! Comece com Captivate e Hidden Power, e atire para o alto! - eu dei as ordens, e Pidgeot as executou com perfeição: primeiro, lançou um grupo de corações e cor rosada para cima, e em seguida, bateu as asas para liberar três esferas de energia - o Hidden Power, que tinha se apresentado na forma do tipo Gelo. - Vamos acabar com isso! Hyper Beam, Pidgeot! - eu gritei, tomado por milhares de emoções diferentes. Pidgeot carregou na ponta de seu bico uma imensa quantidade de energia, e atirou um raio poderoso na direção dos ataques que tinha lançado anteriormente. Graças à precisão que tivera no timing, no momento em que o Captivate e o Hidden Power se chocaram, começando a misturar suas energias, o Hyper Beam explodiu entre os dois. Isso fez com que começassem a chover milhares de partículas de energia nas cores azul, rosa e branca, iluminando todo o local com a sua beleza. - Perfeito. - disse para mim mesmo, e fui até Pidgeot. Ele tinha feito um ótimo trabalho, e mesmo que não avançássemos, eu ainda estava satisfeito. - Bom trabalho, garoto. Agora volte. - e coloquei-o de volta na pokébola.

Agora, só restava esperar pelos resultados. E eu tinha certeza de que, junto com Pidgeot, eu não ficaria para trás!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Jurado 01 escreveu:Eu basicamente não tenho muito o que comentar sobre sua apresentação. Para ser sincero não tenho nada o que falar de muito relevante. Gostei demais de sua apresentação, achei ela realmente excelente, alguns pontos aqui ou ali, alguns pequenos detalhes impediram-no de aproveitar a nota 30, mas para mim a sua apresentação é merecedora de um 27.

Jurado 02 escreveu:Nota: 30
Comentário: Tive de ceder, você recebeu a nota máxima! Não é pra menos, foi uma excelente apresentação, muito bem escrita e detalhada. O personagem transpareceu tanto quanto o pokémon na narrativa tornando tudo mais fluído e de fácil imaginação. Parabéns!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Parabéns Beel Dreemurr! Você passou para a fase de batalhas com 114 pontos!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Conteúdo patrocinado
Conteúdo patrocinado

Postado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


Você não pode responder aos tópicos neste fórum