Bulba RPG
Bem-vindo! Para ter acesso completo ao conteúdo do fórum deve fazer Login ou Registar-se
Bulba RPG
Fórum Roleplay de Pokémon
Passaram-se apenas dois meses desde a neutralização das maiores empresas criminosas. O mundo respirava de alívio novamente desde o Grande Cataclisma mas muitos começavam já a procurar pelo pior.O universo trabalha em padrões e nunca estes pardos foram tão nítidos como desde o Grande Cataclisma. Para cada momento de paz surge sempre um momento de caos.
estação
Primavera

[Diário de Jornada] Sorano Yelistratova

Ir em baixo

[Diário de Jornada] Sorano Yelistratova — Postado em Seg Nov 20, 2017 2:45 pm








A primeira vez longe de casa


A
cidade de Pallet acordava pacífica, como de costume. O sol estava tão agradável quanto a brisa que corria os campos, mostrando toda a beleza do Verão.
Apesar de parecer um ótimo dia para sair, uma jovem loira, deitada de bruços no jardim de uma pequena casa amarela, parecia não estar contente, pois constantemente resmungava.

*Por que eu estou fazendo isso de novo ? Já é a quinta vez que você não consegue, por que pensou que hoje seria o grande dia ? ... O Professor nem deve se lembrar da minha existência, eu não o julgo, ele veio me visitar a 5 anos atrás... mas se ele soubesse o quanto isso é difícil pra mim...* a garota respirava fundo *mas, se eu não for agora, vou estar muito velha. Não é o momento pra estar indecisa... vamos... nós conseguimos!*

Finalmente a jovem tomava coragem para levantar, mas nem tudo estava de acordo com o plano. Uma voz feminina surgia de trás da jovem, fazendo-a ficar paralisada.
- O que ainda faz aqui em casa mocinha ?
- M-Mãe... eu só estava... - tentava explicar a jovem
- Pensando em desistir ? - interrompeu.
- Não ! Eu juro... - ela ficava receosa - Já fazem 5 anos, eu nunca consigo... talvez... eu apenas devesse aceitar que não posso.
- Minha querida - a mulher se aproximava e abraçava a garota. - Eu entendo que sair de casa é difícil pra você, mas permanecer aqui não te fará sentir menos medo lá fora - ela passava a mão no rosto da garota, impedindo de uma lágrima caísse - Se isso te ajudar de alguma forma, eu a acompanho até o Laboratório
- Obrigada, mãe - dizia, se afastando da mulher - Mas isso é algo que eu preciso fazer sozinha - ela virava de costa e ia em direção ao portão, quando pisou do lado de fora, ela deu uma pausa - Eu te amo - então a jovem corria, sem virar para trás.

~ Alguns minutos depois

*O QUE VOCÊ PENSOU QUE ESTAVA FAZENDO ? É ÓBVIO QUE VOCÊ NÃO CONSEGUIRIA FAZER ISSO SOZINHA... AGORA VOCÊ ESTÁ PERDIDA... eu vou morrer e ninguém vai saber...*. Os pensamentos da jovem eram finalmente interrompidos por um poste que a empurrava para trás. *Espero que ninguém tenha visto isso...* enquanto olhava para os lados, a menina se deparava com o Laboratório logo a sua frente, talvez o destino estivesse a favor dela.

- E-eu consegui ! - os olhos azuis começavam a reluzir de alegria, mas o coração dava um aperto. - Eu deveria estar feliz por estar aqui... não devia ? - ela juntava as mãos e as sentia esfriar.
*Hoje eu cheguei bem longe, mas... talvez eu não consiga avançar mais...*. Amedrontada, a menina olhava para todas as direções e não reconhecia nenhuma, voltar pra casa não era uma opção.
- Vou fazer isso... por mim, pela mamãe e pelo papai... eu consigo - a feição era trocada de preocupada para séria, assim ganhava mais confiança para passar pela grande porta.

Dentro do edifício, Yelis se via num grande corredor que dava até as escadas, que foi por onde seguiu. Antes de chegar no primeiro degrau, ela foi surpreendida por uma voz masculina vinda de uma porta que se abria no corredor.
- Sorano ? - a garota lentamente olhava para o lado, vendo o professor, ela não falava nada, apenas concordava com a cabeça. - É uma surpresa vê-la aqui... veio pegar seu inicial ? - novamente, concordava apenas com a cabeça. - Digamos que eu não estava preparado para sua visita, mas venha comigo, verei o que posso fazer

Ambos subiam a escadaria, que os levava até a sala do laboratório. Sorano ficava parada em um canto enquanto o professor vasculhava algumas gavetas. Por fim, o homem encontrava duas pokébolas em uma mesa, levando-as até a garota.
- Como eu disse, hoje não teremos grandes opções - disse, envergonhado - Se voltar outro dia prometo trazer todos os iniciais aqui
- Eu quero vê-los... por favor - interrompeu
O homem concedeu com a cabeça, lançando as pokébolas ao alto ele liberava duas espécies diferentes. A primeira era uma graciosa raposa vermelha e a segunda um adorável pinguim azul. Sorano se abaixou e olhou atentamente para os dois, parecia indecisa, mas aparentemente tinha sua escolha feita.
- Eu quero esse - ela colocava o dedo na ponta do bico do pinguim, o fazendo pular de alegria.

O professor deixou a garota sozinha na sala, enquanto ia buscar um pequeno "kit de iniciantes" para entrega-la. Então ele a acompanhou até a porta, onde se despediram quando a jovem simplesmente abriu uma corrida para longe.

-------//------

*Pensamentos*
Falas de Sorano
Falas da Mãe
Falas do Professor
-

Sorano
Coordenador
avatar
Coordenador

Criador
Sem Profissão
Sem Fação
Mensagens : 1765
PokePontos : 1793
Extras : Diário
Pers. Secundárias : Sr. e Sr.ª Yelistratova
Rota Atual : #012
Diário Mestre : Mestra Sorano




Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Diário de Jornada] Sorano Yelistratova — Postado em Sex Dez 15, 2017 9:39 pm








Os caminhos que levam ao triunfo!


O
verão estava realmente cansativo aquele ano, a radiação do Sol era capaz de fazer qualquer pessoa se desidratar facilmente. Não foi diferente com Piplup, que a cada segundo sentia seu corpo ressecar, deixando-o bem pesado para carrega-lo no colo. Se aproximando de uma sombra, a jovem pegava uma garrafa d'água e delicadamente hidratava seu pokémon, mantendo-o saudável.
- Beba tudo Piplup, precisamos de você bem nesse inicio! - o pinguim abraçava a jovem com seu corpo ainda molhado, refrescando-a.
Tudo parecia muito bem, mas a bolsa da garota começava a se mover sozinha. Por sorte, era apenas seu ItemFinder, tremendo por localizar um item. Indo atrás do mesmo, ela acabava encontrando Lillipup, o protetor de um pequeno saco com belas penas dentro.
- Esse é nosso primeiro combate Piplup, não vamor perder! - animada, ela acabava inspirando seu pokémon.

Passado alguns minutos do combate, com uma gloriosa vitória do pinguim, a jovem ia até o Centro de Cura, onde se tornava amiga de uma professora responsável pelo tratamento. Ela ensinava o plantio no Berry Pot, o que mantinha sua ligação forte com a mulher.

Ainda na cidade, ela encontrou uma vaidosa Vulpix, que ao se apaixonar pelo pente, acabava sendo capturada amigavelmente. Piplup se tornava um grande amigo de Yelis, o que a fez depositar uma grande confiança no pokémon, que facilmente foram espalhadas por todos os demais, os quais foram envolvidos em várias batalhas contra treinadores locais, recebendo diversas recompensas.

Por fim, a menina revisitava a Sala de Cura, deixando a professora bem preocupada com a frequência de idas. Relevando, ela sugeria para a coordenadora um local que ela já tinha em mente: Viveiro Xanadu, que seria sua próxima parada.
Não antes de ir até sua casa e dormir em sua cama, agora com novos parceiros, ela sabia que acordaria de manhã extremamente disposta a sair de casa e alcançar seus objetivos, desde os mais simples, até os mais ambiciosos.
Inicio de Tarde - Pallet Town

Sorano
Coordenador
avatar
Coordenador

Criador
Sem Profissão
Sem Fação
Mensagens : 1765
PokePontos : 1793
Extras : Diário
Pers. Secundárias : Sr. e Sr.ª Yelistratova
Rota Atual : #012
Diário Mestre : Mestra Sorano




Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum