Bulba RPG
Bem-vindo! Para ter acesso completo ao conteúdo do fórum deve fazer Login ou Registar-se
Bulba RPG
Fórum Roleplay de Pokémon
Passaram-se apenas dois meses desde a neutralização das maiores empresas criminosas. O mundo respirava de alívio novamente desde o Grande Cataclisma mas muitos começavam já a procurar pelo pior.O universo trabalha em padrões e nunca estes pardos foram tão nítidos como desde o Grande Cataclisma. Para cada momento de paz surge sempre um momento de caos.
estação
Inverno

IV - Ventos que levam ao Oeste

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ir em baixo

IV - Ventos que levam ao Oeste — Postado em Ter Dez 26, 2017 8:42 pm

• Ventos que levam ao Oeste •
Manhã - Ventos fracos

Finalmente! Finalmente eu havia chegado na primeira rota do lado oeste de Pokégea, já não era tempo, contava os dias para que isso acontecesse. Entrei na rota e me deparei com uma placa que indicava que aquela era mesmo a rota que eu queria. Senti a primeira brisa da rota bater em meus cabelos e fazerem com que o mesmo se esvoaçassem, era realmente gratificante após um dia inteiro no Viveiro Xanadu sem nenhum vento, afinal, estava dentro de uma estufa completamente fechada.

Após alguns minutos andando pela rota, me deparei com uma árvore que já era conhecida aos meus olhos: bolotas brancas denominadas White Apricorns. Sem perder tempo, corri até o arvoredo e estiquei minhas mãos até os seus frutos, por sorte, consegui colher duas da mesma que estavam muito saudáveis, pelo menos à primeira vista.
Colheu 2 White Apricorns (Bônus Herbalista)
Olhei para o meu ombro esquerdo e lá estava a minha pequena raposa companheira, Pix, a Eevee, peguei a com os dois braços e afaguei minha mão direita em seus pelos acariciando-os, a mamífera esboçou um leve sorriso e um baixo grunhido de felicidade ao receber tal demonstração de carinho.

Voltei a caminhar pela imensa planície rumando ao oeste para alcançar a famigerada Oldale Town. Desta vez, um vento forte soprou e agitou meus cabelos brutalmente, olhei para os céus e um Pokémon rosado com um par de grandes folhas no topo de sua cabeça passou voando, parecia um pouco desequilibrado com tamanho poder da ventania. Corri até ele para que pudesse ajudá-lo e ao me aproximar notei que se tratava de um gracioso Hoppip.

— Ei, pequeno, está bem? — perguntei preocupado quando o Pokémon pousou no solo. Ele retribuiu um sorriso e logo assentiu com a cabeça, parecia estar devorando os últimos pedaços de uma fruta Oran, talvez algum bondoso treinador deu ao Pokémon — Tive uma ideia. Que tal vir comigo? — propus sorridente.

Pesquei em minha mochila o meu famoso Capture Styler e liguei o apetrecho, lancei o peão ao solo e logo comecei a controlá-lo como um automóvel de controle remoto — Pode ficar tranquilo, isso não machuca, mas você só precisa vir se quiser. — disse tentando acalmar os ânimos do Hoppip. Com o peão, fiz três anéis de luz ao redor do gramíneo confirmando a captura do tal. Sorriu para mim e logo começou a balançar suas hélices, flutuando para o meu lado e ficando ali.

Por conseguinte, voltei a caminhar pela rota e tropecei em algo que parecia ser um buraco. Levantei-me e limpei a sujeira nas minhas roupas e percebi que se tratava de uma toca de coelho, o proprietário da moradia saltou para fora e ficou a me encarar, talvez eu tivesse derrubado a mobília da pequena casa dele.

— Me desculpe, não foi de propósito. Não vi sua toca aí, perdão, de verdade. — disse num tom encabulado. Peguei a minha PokéDex e descobri que o Pokémon era um Bunnelby, um coelho do tipo normal da região de Kalos, ele não parecia muito contente, o semblante em sua face e os gestos apontando para sua toca demonstrava que havia sido saqueado por outros Pokémon.

— Que tal vir comigo e os outros? Talvez eu possa ajudá-lo a recuperar seus artefatos. — propus ao coelho que saltou de alegria com a notícia. Novamente peguei meu Capture Styler e repeti o mesmo ritual feito anteriormente, descrevi três anéis de energia no ar que rodeavam Bunnelby e logo sumiam num brilho dourado confirmando a captura. O coelho andou e ficou do meu lado direito e parecia bastante animado com a aventura que teria ao meu lado.

Ao guardar meu Capture Styler, esbarrei na minha Dowsing Machine e resolvi usá-la. Liguei o apetrecho e não demorou para que ele desse sinais de algum item perdido nas redondezas da rota.

Objetivos escreveu:

Felicidade Eevee
10/10
153/220 (+8)


Berries/Apricorns
1/10


Última edição por Branca de Neve em Seg Jan 08, 2018 8:19 pm, editado 2 vez(es)


Stars can't shine... without the darkness...
avatar
Ranger


Curador
Sem Profissão
Polícia
Mensagens : 1050
PokePontos : 1131
Extras : Diário de Jornada

Rota Atual : Rota 001, Oeste

Diário Mestre : Mestra: Clove



Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: IV - Ventos que levam ao Oeste — Postado em Ter Dez 26, 2017 8:43 pm

O membro 'Branca de Neve' realizou a seguinte ação: Lançar dados


#1 '[ItemF.] Tipo Item' : 145

--------------------------------

#2 '[ItemF.]Nº do Item' : 9


Esta Conta tem o único propósito o Lançamento de Dados no RPG.
Todo o processo do Lançamento é automático e instantâneo.
avatar
Dados

Sem Profissão
Sem Fação
Mensagens : 7284
PokePontos : 8650

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: IV - Ventos que levam ao Oeste — Postado em Qua Dez 27, 2017 10:06 pm

Winds

Gin então deixava o Viveiro depois de um longo tempo e seguia sua jornada, se encontrando num lugar mais aperto, mais fresco, os ventos eram mais presentes. Se deparava com uma árvore e nela presentes algumas Apricorns brancas, o Ranger então recolheu-as e como sua maestria natural, conseguia encontrar outra do mesmo tipo.

Um Pokémon rosado e com uma planta na cabeça, passava por ali, utilizava os ventos como meio de locomoção, era um Pokémon completamente leve, negociou-se com o Pokémon e no final das contas pegava seu Capture Styler e o pegava, se tornando seu por alguns "instantes".

Gin então ligou seu ItemFinder, o item apontava para uma direção contrária de onde o Ranger andava, teria que voltar um pouco para encontrar o item perdido por uma pessoa. O garoto então voltou um pouco e podia avistar o item de longe, era um Pokémon conhecido, muito bem conhecido por Gin, um Caterpie, mas era numa miniatura, e com o anzol em cima, era uma isca de Caterpie, esta estava num arbusto baixo.

Mas ao se aproximar, notou a presença de um Pokémon bem perto da isca...

Lv7 (Fêmea) - Flower Veil
Roses
Pesquisador
avatar
Pesquisador

Sem Profissão
Sem Profissão
Sem Fação
Mensagens : 2418
PokePontos : 702
Extras : Sorteios
Rota Atual : Pallet Town


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: IV - Ventos que levam ao Oeste — Postado em Qua Jan 03, 2018 3:02 pm

• Ventos que levam ao Oeste •
Manhã - Ventos fracos

Após seguir fielmente os rastros dados pela minha Dowsing Machine eu finalmente alcancei o item perdido, estava preso num pequeno arbusto mas mais parecia um Pokémon do que um Item, afinal, tinha o formato de um Caterpie mas por fim eu consegui enxergar o seu anzol e supus que se tratava de uma das iscas especiais, talvez as usaria já que estava na companhia de um Pokémon do tipo Grama.

Entretanto, a miniatura de Caterpie não estava sozinha, junto dele uma pequena fada que se agarrava a uma linda flor de pétalas azuis, apontei a minha PokéDex e então descobri que se tratava de uma Flabébé, uma Fada da região de Kalos. Decidi batalhar com ela para treinar Puff.

— Ei, Puff. Pegue isto daqui antes, segure-o firme. — disse entregando uma pequena semente dourada que brilhava suavemente — Comece usando duplo Confusion, por favor. — solicitei gentilmente para o Pokémon.

Apesar de ser uma fada graciosa, Flabébé não parecia muito confortável com a minha presença e não recuaria da luta.

Puff conseguiu agir mais rápido, seus olhos brilharam num tom de azul revelando ter poderes psíquicos inesperados. Controlou os ventos que rodeavam o campo de batalha e concentrou lufadas que disparavam em direção a Flabébé que era jogada contra a vegetação local sofrendo de um dano razoável.

Enfurecida, a pequena Fada apoiou-se no caule de sua flor e girou-a liberando uma ventania de pigmentação rosada que disparava na direção de Hoppip que era lançado longe com as fortes lufadas do vento místico mas sem sofrer grandes danos.

Mais uma vez, Hoppip utilizou de seus poderes psíquicos, dessa vez, levitou algumas pedras nos arredores e as lançou contra Flabébé que era atingida e sofria com danos razoáveis.

Por sua vez, Flabébé repetia o mesmo ritual. Liberava o mesmo vento de pigmentação rosada e logo concentrava poderosas lufadas do vento místico em direção a Hoppip que era atingido sofrendo danos medianos.

Situação da Batalha escreveu:
Flabébé - 66%

Versus

Hoppip - 71%

— Mantenha o Confusion, Puff. — solicitei para Hoppip que não hesitou e assentiu com a cabeça executando tais ordens com exímia maestria.

Rapidamente, Puff teve seus olhos encobertos pela aura azulada e novamente fez com que Flabébé sofresse com os poderes psíquicos do Pokémon. A fada era lançada em direção a um tronco de árvore sofrendo danos razoáveis.

Por sua vez, Flabébé avançava rapidamente na direção de Hoppip e chocava seu corpo e flor com a corpórea de Puff que era lançado longe com o impacto da investida.

Mais uma vez, Hoppip liberou seus poderes psíquicos e atingiu Flabébé com eles. Elevou uma rocha mediana e a disparou contra a fada que era lançada longe com o impacto da pedra e ficava desnorteada.

Levantou-se e liberou novamente o mesmo vento místico que canalizou lufadas em diretriz de Hoppip que ao ser atingido era jogado para longe mas sem sofrer grandes danos.

Situação da Batalha escreveu:
Flabébé - 32%

Versus

Hoppip - 48%

— Finalize-a com duplo Confusion! — exclamei almejando encerrar aquela batalha entediante o quanto antes.

Puff não hesitou e executou minhas ordens com exímia maestria. Os olhos do Pokémon foram rodeados por uma aura azulada indicando seu poder psíquico, em seguida, começou a controlar o corpo de Flabébé e sua flor, por conseguinte, lançou a Pokémon contra o solo que sofria de fortes danos críticos e acabava por ser nocauteada.

Puxei da minha mochila, uma Pokébola vazia e logo a lancei contra o corpo de Flabébé, não fiquei ali esperando o resultado, afinal, caso capturada ela seria transferida para a minha BOX e eu não teria de apanhar a esfera. Parti rumando de volta para a cidade de Pallet almejando ir a Sala de Cura fazer alguns objetivos antes de voltar a rota um.

Espólios de Combate escreveu:

  • Hoppip recebeu 92 de experiência, subiu para o nível 7. 35/78
  • Favor fazer sorteio dos Fungos.


Felicidade Eevee
5/10
161/220


Berries/Apricorns
2/10


Rota trancada temporariamente.


Última edição por Branca de Neve em Qui Jan 04, 2018 11:45 pm, editado 1 vez(es)


Stars can't shine... without the darkness...
avatar
Ranger


Curador
Sem Profissão
Polícia
Mensagens : 1050
PokePontos : 1131
Extras : Diário de Jornada

Rota Atual : Rota 001, Oeste

Diário Mestre : Mestra: Clove



Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: IV - Ventos que levam ao Oeste — Postado em Qui Jan 04, 2018 2:17 am

Winds

Depois de vencer Flabebebe e se dirigir-se para Novus, o garoto voltava para o mesmo lugar, e com seus amigos recuperados, prosseguiria com sua jornada.

O Sol era forte, Gin se mostrava bem detalhista, sempre olhava para todos os cantos e assimilava tudo de forma rápida, tinha se passado muito tempo dentro do Viveiro, e depois de prosseguir com sua jornada sentindo o ar puro das árvores se sentia muito melhor do que antes.

Quando passava por um local rodeado de árvores, se surpreendeu com a aparição de um aracnídeo, que com sua seda fixava-se, sua cara parecia bem assustadora...

(Macho) Lv 7 - Swarm

Roses
Pesquisador
avatar
Pesquisador

Sem Profissão
Sem Profissão
Sem Fação
Mensagens : 2418
PokePontos : 702
Extras : Sorteios
Rota Atual : Pallet Town


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: IV - Ventos que levam ao Oeste — Postado em Sex Jan 05, 2018 3:06 am

• Ventos que levam ao Oeste •
Manhã - Ventos fracos

A captura de Flabébé havia sido um sucesso, no entanto, como sempre acontecia, a Pokébola reduzia seu tamanho e era rodeada por um brilho esbranquiçado sendo teletransportada para a minha BOX.

Prossegui minha jornada pela vasta planície que era a rota um, como um herbalista em formação eu precisava observar cada metro quadrado do local para encontrar recursos naturais que pudessem me ajudar. E como Ranger, eu precisava olhar em cada canto para ver se a harmonia se mantinha e, por sorte, não havia encontrado nenhum problema.

Deparei-me com um Pokémon esverdeado que se pendurava em uma seda, uma teia para ser específico, seus sorriso era maléfico e seus olhos sem vida, quer dizer, isso era o rosto que se encontrava na parte traseira. Grandes olhos redondos e pretos mas que no meio deles um pequeno círculo branco. Não parecia muito contente com a minha presença e não deixaria eu passar sem antes batalhar contra ele.

Apalpei a minha PokéDex e apontei-a para o inseto em questão e descobri que se tratava de um Spinarak, um Pokémon típico da região de Johto. Em seguida, fiquei pensando qual dos meus Pokémon seriam a melhor opção, apesar de tudo, Puff seria o melhor para a batalha em questão.

Antes da batalha começar, vasculhei em minha mochila uma das prendas que havia recolhido da minha BOX, um pequeno mimo do meu pai. Um capacete conhecido como EXP Share, equipei-o a Bunny, o Bunnelby para que o Pokémon recebesse uma parcela da experiência ganha por Hoppip.

— Pode ficar tranquilo, Bunny. Isso não irá lhe machucar, garanto. — disse esboçando um sorriso tentando acalmar o coelho — Vamos, Puff? — perguntei olhando ao Pokémon voador que não hesitou e colocou-se em campo de batalha.

— Por favor, comece com duplo Confusion. — solicitei educadamente para o Pokémon que assentiu com a cabeça e rapidamente executou o pedido com exímia maestria.

Era ligeiramente mais ágil e por isso deu início a primeira rodada do combate que prometia não ser muito duradouro. Seus olhos foram possuídos pelo seu poder psíquico e logo o Pokémon invadiu a mente do Spinarak que sofria de fortes dores de cabeça e caia de sua teia.

Por sua vez, Spinarak canalizou sua energia em seu pequeno chifre e a partir dele disparou numerosas agulhas milimétricas que iam em direção a Hoppip que ao ser atingido sofria com um dano super efetivo.

Mais uma vez, Puff abusou de seus poderes psíquicos. Os olhos do Pokémon foram possuídos pela mesma energia azulada, invadiu a mente de Spinarak que lutava para não ser dominada pelos poderes psíquicos mas sofria de fortes dores de cabeça e um dano alto devido a tipagem entre os dois.

No entanto, Spinarak ainda conseguia atacar; repetiu o mesmo ritual feito anteriormente, disparou diversas agulhas que se estilhaçavam ao tocar o corpo de Hoppip que sofria de um dano super efetivo mas não muito grandioso.

Situação da Batalha escreveu:
Spinarak - 60%

Versus

Hoppip - 72%

— Puff, mantenha o Confusion, por favor. — disse gentilmente para o Pokémon que não hesitou em respeitar meu pedido.

Foi possuído mais uma vez pelos seus poderes místicos e olhou fixamente para Spinarak enquanto tentava invadir sua mente. O aracnídeo se debatia no solo gemendo com fortes dores de cabeça.

Por sua vez, Spinarak teve seu chifre tomado por um brilho esbranquiçado e a partir dele disparou inúmeras agulhas tão finas quanto um fio de cabelo, as agulhas venenosas se estilhaçavam ao tocar o corpo do Pokémon voador que sofria de um dano super efetivo.

Mais uma vez, respeitando o pedido de Gin, Hoppip utilizou novamente o seu poder psíquico. Conseguiu invadir a mente de Spinarak com maior facilidade, consequentemente, causando uma poderosa enxaqueca ao aracnídeo que urrava de dor e sofrimento.

Ofegante, Spinarak disparou mais uma saraivada de agulhas venenosas que partiam em direção a Puff, o Hoppip. As agulhas se estilhaçavam e causavam um dano mediano contra o voador que ainda resistia no ar balançando lentamente sua hélice para permanecer plainando.

Situação da Batalha escreveu:
Spinarak - 20%

Versus

Hoppip - 44%

— Puff, usufrua de seu Synthesis, pequenino. Em seguida, finalize Spinarak com um Confusion. — solicitei para Hoppip que assentiu com a cabeça, por conseguinte, executou as ordens com exímia destreza.

Hoppip canalizou os raios de sol, que rodeavam o campo de batalha, em si mesmo e em seguida recebeu nutrientes provenientes da luz do sol que restauraram boa parte de sua saúde.

Enfurecido, Spinarak disparou uma rajada de agulhas venenosas que partiam na direção de Hoppip, que ao ser atingido sofria de um dano super efetivo mas não muito preocupante.

Por sua vez, Puff fora rodeado por uma aura azulada e olhou fixamente para Spinarak, seus olhos foram possuídos mais uma vez pelo seu poder psíquico e invadiu a mente do aracnídeo que urrava de dor até ser nocauteado pelo dano de Hoppip.

O capacete que Bunnelby utilizava logo acendeu, indicando que estava sendo ativado. Por alguns instantes as luzes do apetrecho permaneceram acesas e logo se dissiparam.

Espólios de Combate escreveu:

  • Hoppip recebeu 38 de experiência. 73/78
  • Bunnelby recebeu 38 de experiência. 38/78
  • Favor fazer sorteio dos Fungos


Por fim, vasculhei por dentro da minha mochila em busca de mais uma Pokéball vazia e logo a encontrei juntamente de alguns outros tipos de Pokébolas que eu havia ganho durante o meu trajeto. Expandi a esfera em minha mão e lancei-a contra Spinarak almejando capturar o Pokémon inseto.

Não fiquei esperando o resultado, caso fosse capturado ele iria direto para a minha BOX, caso contrário, ele se libertaria e correria para dentro da pequena floresta para poder se recuperar da batalha.

Voltei a caminhar pela imensa planície que era a rota um em busca de alguns treinadores para poder me dar um desafio mais difícil.


PKM
HP

100%

76%

100%

Felicidade Eevee
6/10
161/220


Berries/Apricorns
3/10


Stars can't shine... without the darkness...
avatar
Ranger


Curador
Sem Profissão
Polícia
Mensagens : 1050
PokePontos : 1131
Extras : Diário de Jornada

Rota Atual : Rota 001, Oeste

Diário Mestre : Mestra: Clove



Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: IV - Ventos que levam ao Oeste — Postado em Sab Jan 06, 2018 4:20 am

Winds

Vencendo Spinarak com certa dificuldade e buscando a companhia de Bunnelby, Gin então lançava sua pokébola no Pokémon inseto capturando com sucesso, a pokébola era direcionada a sua BOX, enquanto isso algo caía do Pokémon, revelando ser um item bastante precioso...

- Ganhou um TinyMushroom.

- Hm, um Ranger iniciante, pelo visto não gosta muito de lutar solitário, vejo que ainda precisa desses Pokémon selvagens, tsc. - Dizia um homem com cabelos brancos pela certa idade, que parecia estar ali bom tempo sem que Gin o percebesse. - Sou Skarrow, prazer. - Tirou as mãos do bolso e encarava seriamente o Ranger...

Roses
Pesquisador
avatar
Pesquisador

Sem Profissão
Sem Profissão
Sem Fação
Mensagens : 2418
PokePontos : 702
Extras : Sorteios
Rota Atual : Pallet Town


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: IV - Ventos que levam ao Oeste — Postado em Sab Jan 06, 2018 8:39 pm

• Ventos que levam ao Oeste •
Manhã - Ventos fracos

Como de costume, a Pokébola fora treletransportada diretamente para a minha BOX, já havia me acostumado com a possibilidade de carregar apenas um Pokémon comigo, estava feliz com Pix. Entretanto, onde estava Spinarak, brotou um pequeno cogumelo, já tinha um daquele, aconteceu o mesmo quando venci a batalha contra Flabébé, recolhi o fungo e guardei na minha mochila junto com o outro.

Pude ouvir a voz de um homem, pelo o tom provavelmente já estava alcançando a terceira idade. Não parecia ser um Ranger assim como eu, usava um jaleco branco dentre outras roupas comuns de um cientista.

— É bom ajudar os Pokémons selvagens. — disse analisando o homem de cima a baixo — Me chamo Gin. — apresentei-me mas preferi não lhe dar um aperto de mão como havia sugerido — Posso te ajudar em algo? Afinal, está me observando já faz alguns minutos. — perguntei.


PKM
HP

100%

76%

100%

Felicidade Eevee
7/10
161/220


Berries/Apricorns
4/10


Stars can't shine... without the darkness...
avatar
Ranger


Curador
Sem Profissão
Polícia
Mensagens : 1050
PokePontos : 1131
Extras : Diário de Jornada

Rota Atual : Rota 001, Oeste

Diário Mestre : Mestra: Clove



Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: IV - Ventos que levam ao Oeste — Postado em Seg Jan 08, 2018 2:52 am

Winds

Os dois se apresentavam brevemente enquanto Gin analisava o homem de forma bem complexa, afinal um desconhecido estava a encarar, então seria mais fácil responde-lo e fluir naturalmente.

- Bom eu queria chegar ao ponto, mas já que quer ser tão objetivo assim? gostaria de batalhar comigo? - Perguntou-lhe, oferecendo um desafio comum entre os treinadores dali, caso Gin aceitasse o desafio, o homem sacaria sua pokébola e lançava um Pokémon coelho para o campo...

Aguardaria Gin lançar seu Pokémon e comanda-lo.

Roses
Pesquisador
avatar
Pesquisador

Sem Profissão
Sem Profissão
Sem Fação
Mensagens : 2418
PokePontos : 702
Extras : Sorteios
Rota Atual : Pallet Town


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: IV - Ventos que levam ao Oeste — Postado em Seg Jan 08, 2018 3:49 am

• Ventos que levam ao Oeste •
Manhã - Ventos fracos

Apesar da sua aparência um pouco tanto quanto peculiar, Skarrow não aparentava ser nenhum criminoso ou coisa do tipo. Uma batalha, pensei, seria demasiado interessante testar os meus valores em um combate, pensei por alguns segundos e decidi aceitar o desafio.

— Perdão, tenho muito a que fazer antes do pôr do sol. — desculpei-me pela grosseria — Bom, uma batalha será interessante. Certo, Puff? — disse olhando para o Hoppip que flutuava ao meu lado alegremente. Antes de deixar que ele partisse para o campo de batalha, vasculhei dentro da minha mochila em busca de um item, um amuleto, peguei-o e coloquei em Hoppip, seu pingente era algo semelhante a uma moeda, havia ganho aquilo nos cassinos de Novus; também me certifiquei que Bunny ainda utilizava o capacete de experiência, tudo estava O.k. para a batalha.

Não precisei de fazer uso da Pokédex visto que o primeiro Pokémon de Skarrow se tratava de um Bunnelby. Não havia muita estratégia a ser utilizada para aquele combate, pensei em algumas possibilidades mas descartei-as em seguida.

— Puff, comece com uma sequência de Absorb. — solicitei para o Pokémon gramíneo enquanto analisava precisamente a batalha para buscar vantagem, afinal, Hoppip estava levemente ferido da última batalha, nada muito grave mas poderia prejudicá-lo.

Sem hesitar, Hoppip se colocou em posição de combate. Agitou suas hélices levemente mais ágil desencadeando uma esfera de pigmentação vermelha que partiu em direção ao roedor que ao ser atingido tinha sua energia drenada.

Por conseguinte, Puff repetiu o mesmo ritual feito anteriormente. Disparou um orbe de coloração vermelha que drenava a energia de seu oponente ao ter seu corpo tocado.


PKM
HP
Item

100%
Soothe Bell

76%

100%
Exp. Share

Felicidade Eevee
8/10
161/220


Berries/Apricorns
5/10


Stars can't shine... without the darkness...
avatar
Ranger


Curador
Sem Profissão
Polícia
Mensagens : 1050
PokePontos : 1131
Extras : Diário de Jornada

Rota Atual : Rota 001, Oeste

Diário Mestre : Mestra: Clove



Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: IV - Ventos que levam ao Oeste — Postado em Seg Jan 08, 2018 1:55 pm

Winds

Gin acabava por se desculpar com Skarrow, pois tinha muitas coisas para fazer e não poderia perder tempo com isso, mas o Ranger achava o desafio do homem interessante e acabava por aceitar e com isso ele lançava um Pokémon coelho muito bem conhecido pelo Ranger, que havia pego um recentemente.

Gin já mandava Hoppip seguir a frente e ir para a batalha.

Hoppip se movia de forma bem leve e estava pronta para batalhar. Gin então ordenou-a para que usasse Absorb, onde emanaria um raio verde do seu corpo que ligava ao corpo do coelho, fazendo assim drenar sua energia, o golpe era bem efetivo no mesmo mas não deixava-o abalar com isso.

- Leer! E ataque com tudo usando Tackle! - Ordenou Skarrow...

Bunnelby então encarou Hoopip com um olhar nada amigável que fazia reduzir sua defesa, mas então Hoppip lançava outro raio drenador que drenava bastante energia do coelho, mas continuava em pé, mesmo ferido. Bunnelby corria na direção de Hoppip, acertando um investida.


Bunnelby está com 32%
Versus

Hoppip está com 89%
[-1 Def]
Roses
Pesquisador
avatar
Pesquisador

Sem Profissão
Sem Profissão
Sem Fação
Mensagens : 2418
PokePontos : 702
Extras : Sorteios
Rota Atual : Pallet Town


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: IV - Ventos que levam ao Oeste — Postado em Seg Jan 08, 2018 8:18 pm

• Ventos que levam ao Oeste •
Manhã - Ventos fracos

OBS: Suponho que pelo dano do Absorb tenha considerado dano 2x no Bunnelby, no entanto, ele é apenas Normal, não tem Ground como secundário assim como sua evolução.

— Puff, prossiga utilizando Absorb. — disse num tom de indiferença.

Sem hesitar, o pequeno Pokémon aéreo concordou com os meus pedidos e logo os executou demonstrando grande maestria. Formulou a sua frente um orbe verde e a partir dele um raio da mesma coloração partiu em direção ao roedor drenando sua energia e dando uma parcela disso para Hoppip.

Sem perder tempo, Puff repetiu o mesmo ritual feito anteriormente; canalizou suas energias e disparou um raio de pigmentação esverdeada que seguiu em direção ao oponente lhe causando dano e fazendo com que uma parcela desse dano fosse devolvida para Hoppip lhe dando nutrientes para permanecer de pé.


PKM
HP
Item

100%
Soothe Bell

89%

100%
Exp. Share

Felicidade Eevee
9/10
161/220


Berries/Apricorns
6/10


Stars can't shine... without the darkness...
avatar
Ranger


Curador
Sem Profissão
Polícia
Mensagens : 1050
PokePontos : 1131
Extras : Diário de Jornada

Rota Atual : Rota 001, Oeste

Diário Mestre : Mestra: Clove



Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: IV - Ventos que levam ao Oeste — Postado em Qua Jan 10, 2018 1:33 am

Winds

Bunnelby estava até que resistindo bastante aos golpes de Hoppip - mesmos sendo efetivos -, e o Pokémon planta continuava atirando raios sugadores contra o coelho que acabava por fazê-lo desmaiar, recuperando parte da sua vida...


Bunnelby está com 0%
Versus

Hoppip está com 96%
[-1 Def]

- Sorte... - Retornou seu Bunnelby e já lançou seu outro Pokémon logo em seguida, um Hoppip, seria uma batalha de Hoppip's ou Gin trocaria de Pokémon? dependeria dele apenas para isso...
Roses
Pesquisador
avatar
Pesquisador

Sem Profissão
Sem Profissão
Sem Fação
Mensagens : 2418
PokePontos : 702
Extras : Sorteios
Rota Atual : Pallet Town


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: IV - Ventos que levam ao Oeste — Postado em Qua Jan 10, 2018 3:30 am

• Ventos que levam ao Oeste •
Manhã - Ventos fracos

Ao fim da rodada, Hoppip saia como vitorioso e comemorava agitando suas hélices velozmente. Entretanto, Skarrow revelou ter mais um Pokémon guardado consigo para utilizar na batalha e para a minha surpresa, um Hoppip assim como o meu.

Analisei as opções, não havia necessidade de substituição ou coisa do tipo, eu estaria em vantagem por ter um movimento especial nas mãos de Puff, já Skarrow não teria a mesma sorte.

— Puff, use duplo Confusion. — ordenei para o Pokémon voador que não hesitou e assentiu com a cabeça concordando com a ordem.

Os olhos do Pokémon foram possuídos por um brilho de tonalidade azul-claro e fixou seu olhar em direção ao Hoppip inimigo, invadiu a sua cabeça e lhe causou fortes dores fazendo com que o gramíneo gemesse de dor. O turno seguinte seguiu da mesma maneira.


PKM
HP
Item

100%
Soothe Bell

96%

100%
Exp. Share

Felicidade Eevee
10/10
161/220 (+3)


Berries/Apricorns
7/10


Stars can't shine... without the darkness...
avatar
Ranger


Curador
Sem Profissão
Polícia
Mensagens : 1050
PokePontos : 1131
Extras : Diário de Jornada

Rota Atual : Rota 001, Oeste

Diário Mestre : Mestra: Clove



Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: IV - Ventos que levam ao Oeste — Postado em Qui Jan 11, 2018 4:59 am

Winds

Após Bunnelby de Skarrow ser derrotado, o homem retornava o coelho e jogava outro dos seus Pokémon, um Hoppip. Gin tentaria a sorte e batalharia contra o Hoppip, sentia que o seu era mais poderoso e não era um qualquer Hoppip.

Hoppip de Gin utilizou seus poderes psíquicos para disparar um raio de confusão no adversário que respondia com um chacoalhão. - Tail Whip e depois Synthesis! - Ordenou. Hoppip dele então mexia-se, fazendo a defesa do Hoppip de Gin diminuir ainda mais, enquanto o outro voltava a usar seus poderes psíquicos...

No fim das contas, Hoppip de Skarrow se recuperava com o Synthesis...


Hoppip está com 84%
Versus

Hoppip está com 96%
[-2 Def]

Roses
Pesquisador
avatar
Pesquisador

Sem Profissão
Sem Profissão
Sem Fação
Mensagens : 2418
PokePontos : 702
Extras : Sorteios
Rota Atual : Pallet Town


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: IV - Ventos que levam ao Oeste — Postado em Qui Jan 11, 2018 9:38 pm

• Ventos que levam ao Oeste •
Manhã - Ventos fracos

Skarrow preferiu permanecer na defensiva, preferiu reduzir ainda mais a minha defesa, o que não fazia sentido visto que o seu Hoppip não conhece nenhum movimento físico, e depois de sofrer tanto dano dos poderes psíquicos de Hoppip decidiu curar o máximo que desse da vida de seu Pokémon com um Synthesis.

— Puff, duplo Confusion por favor. — solicitei para o Pokémon almejando causar a maior quantia de dano possível e me dar a vitória o quanto antes.

Sem hesitar, Hoppip concordou com o pedido com um gesto feito pela cabeça. Em seguida, seus olhos foram cobertos por uma energia de tonalidade azul-ciano e fixou seus olhares ao Hoppip inimigo invadindo a sua mente e lhe causando fortes dores de cabeça. No turno seguinte, Puff repetiu o mesmo ritual feito anteriormente.


PKM
HP
Item

100%
Soothe Bell

96%

100%
Exp. Share

Felicidade Eevee
1/10
164/220


Berries/Apricorns
8/10


Stars can't shine... without the darkness...
avatar
Ranger


Curador
Sem Profissão
Polícia
Mensagens : 1050
PokePontos : 1131
Extras : Diário de Jornada

Rota Atual : Rota 001, Oeste

Diário Mestre : Mestra: Clove



Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: IV - Ventos que levam ao Oeste — Postado em Sab Jan 13, 2018 6:20 am

Winds

A batalha decorrendo muito bem, os golpes de Hoppip de Gin eram mais potentes do que a do Skarrow, sendo que seu golpe mais poderoso era um golpe que, Hoppip era bem resistente, então seria bem difícil de manter seu Pokémon no campo, seria uma batalha bastante cansativa para ambos Hoppip's.

- Absorva o quanto puder de energia com dois Absorb! - Ordenou o moço.

Hoppip então disparava linhas de energia que sugava a energia do Hoppip adversário que usava seus poderes psíquicos para atacar a Hoppip de Skarrow e assim ia o combate, ataque ali, ataque acolá, mas dava para ver que a Hoppip de Gin estava bem melhor que a do Skarrow, sendo um grande problema para ele...


Hoppip está com 52%
Versus

Hoppip está com 86%
[-2 Def]

Roses
Pesquisador
avatar
Pesquisador

Sem Profissão
Sem Profissão
Sem Fação
Mensagens : 2418
PokePontos : 702
Extras : Sorteios
Rota Atual : Pallet Town


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: IV - Ventos que levam ao Oeste — Postado em Sab Jan 13, 2018 2:15 pm

• Ventos que levam ao Oeste •
Manhã - Ventos fracos

A batalha se prosseguia do jeito que eu imaginei que fosse acontecer, dois Hoppip sem muito poder ofensivo distribuindo — ou pelo menos tentando — dano um para o outro, e no final, poderiam se curar com Synthesis o que enrolaria ainda mais a cansativa batalha.

— Puff, mantenha utilizando Confusion, é a nossa única chance. — disse num tom já exausto daquela batalha almejando encerrá-la o quanto antes.

Sem hesitar, Hoppip assentiu com um gesto de cabeça e executou minhas ordens com exímia maestria. Seus olhos foram possuídos por um brilho azul-ciano e fixou olhares contra o Pokémon de Skarrow, em seguida, o Hoppip inimigo se contorcia e gemia de fortes dores.

Mais uma vez, Puff repetiu o mesmo ritual feito anteriormente; novamente teve seus glóbulos oculares possuídos pelo mesmo brilho de tonalidade azulada e fixou seu olhar em direção ao Hoppip do cientista, consequentemente, fazendo com que o gramíneo sentisse fortes dores de cabeça lhe causando um dano mediano que com sorte, ou não, causaria algum efeito secundário.


PKM
HP
Item

100%
Soothe Bell

86%

100%
Exp. Share

Felicidade Eevee
2/10
164/220


Berries/Apricorns
9/10


Stars can't shine... without the darkness...
avatar
Ranger


Curador
Sem Profissão
Polícia
Mensagens : 1050
PokePontos : 1131
Extras : Diário de Jornada

Rota Atual : Rota 001, Oeste

Diário Mestre : Mestra: Clove



Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: IV - Ventos que levam ao Oeste — Postado em Dom Jan 14, 2018 7:17 pm

Winds

Ambos os Pokémon estavam bem cansados, a batalha prosseguia bem intensa e desgastante, mas mesmo assim continuam continuar. Hoppip de Gin mantinha sua estratégia e focava nos seus poderes psíquicos e enquanto Hoppip de Skarrow estava sugando a energia da sua oponente, era pouco, mas fazia diferença quando usados em seguidas.

- Tail Whip, faça a defesa dela diminuir enquanto absorva sua energia com Absorb! - Ordenou.

A Pokémon balançava e fazia a defesa da Hoppip de Gin diminuir e sugava parte de sua energia...


Hoppip está com 18%
Versus

Hoppip está com 81%
[-3 Def]

Roses
Pesquisador
avatar
Pesquisador

Sem Profissão
Sem Profissão
Sem Fação
Mensagens : 2418
PokePontos : 702
Extras : Sorteios
Rota Atual : Pallet Town


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: IV - Ventos que levam ao Oeste — Postado em Dom Jan 14, 2018 7:53 pm

• Ventos que levam ao Oeste •
Manhã - Ventos fracos

Enfim a batalha se aproximava do seu desfecho, o Hoppip de Skarrow já estava extremamente exausto e aparentava não suportar mais do que mais um turno de movimentos psíquicos de Puff, o que me alegrava em certo ponto, pois a batalha já estava demasiada monótona e isso a tornava cansativa.

— Puff, finalize-o com mais um Confusion. — ordenei almejando o término do combate.

Sem hesitar, Hoppip teve seus olhos encobertos por uma energia mística de tonalidade azulada e focou seu olhar em direção ao Pokémon adversário, a magia emitida dos seus glóbulos oculares faziam com que o companheiro de Skarrow sofresse com fortes dores de cabeça e sendo nocauteado. Consequentemente, concedendo a vitória a mim.

Agradeci a Puff pelo seu desempenho e Skarrow logo se aproximou de mim com um semblante não muito bom estampado em sua face, parecia decepcionado por ter sido vencido mas iria honrar a batalha e me dar os típicos prêmios.

Em notas, me deu uma quantia equivalente a setecentos e oitenta Pokédollares, parte disso se devia ao amuleto especial que Puff carregava. Somado a isso, Skarrow também me dava uma Pokéball vazia. Agradeci-o e guardei os espólios em minha mochila.

Espólios de Combate escreveu:

  • Hoppip recebeu 101 de experiência, subiu para o nível 8. 96/105
  • TM Normal Hoppip aprendeu o movimento Tackle
  • Bunnelby recebeu 101 de experiência, subiu para o nível 8. 61/105
  • 780§ Pokédollares (Bônus Amulet Coin)
  • Favor fazer sorteio dos Fungos


Voltei a andar pela vasta planície, vulgo rota um da zona oeste de Pokégea, sem ter sequer ideia de onde ir, óbvio que precisava ir para Oldale mas ainda não era hora de partir daquela rota, tinha muitos objetivos a serem concluídos. Lembrei-me que havia ganho algumas frutas numa troca e numa loja de um criador de Berries, rapidamente abri a minha mochila e vasculhei lá dentro em busca das tais e peguei uma Qualot, ofereci a para Pix que não recusou e se deliciou da fruta especial, aproveitei também para dar a Bunny e Puff um pouco de Ração Pokémon e retomei o foco em busca de novas batalhas pela planície.


PKM
HP
Item

100%
Soothe Bell

81%

100%
Exp. Share

Objetivos escreveu:

Felicidade Eevee
2/10
164/220 (+4, Qualot Berry)


Berries/Apricorns
10/10


Stars can't shine... without the darkness...
avatar
Ranger


Curador
Sem Profissão
Polícia
Mensagens : 1050
PokePontos : 1131
Extras : Diário de Jornada

Rota Atual : Rota 001, Oeste

Diário Mestre : Mestra: Clove



Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: IV - Ventos que levam ao Oeste — Postado em Seg Jan 15, 2018 2:34 am

Winds

Vencendo os dois Pokémon de Skarrow, nada havia caído em relação aos fungos, parecia que Gin não havia tido sorte naquele momento, mas o dinheiro e a vitória eram mais satisfatórias que aquilo. Com o grupo de Pokémon recrutados, Gin teria a missão de deixa-los mais fortes, fazendo-os vencer cada batalha.

— Lil? Lil? — Um som fraco e agudo podia ser ouvido por Gin e seus Pokémon, aparecendo dali a sua frente um Pokémon bem peludo, com um olhar que, deixava Gin um pouco incomodado. Lillipup se aproximou-se de Gin, esfregando sua pata na perna do Ranger.

Se mostrando bem dócil, o Pokémon ficava mais calmo com a presença de Gin no local, acariciando sua perna, Gin então repentinamente sentiu a cachorra lhe mordendo...

Fêmea Lv 7 - Pickup.
Roses
Pesquisador
avatar
Pesquisador

Sem Profissão
Sem Profissão
Sem Fação
Mensagens : 2418
PokePontos : 702
Extras : Sorteios
Rota Atual : Pallet Town


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: IV - Ventos que levam ao Oeste — Postado em Sex Jan 19, 2018 1:56 am

• Ventos que levam ao Oeste •
Manhã - Ventos fracos

Após a vitória contra Skarrow, voltei a caminhar pela planície da rota um, demorou alguns minutos para eu entrar em outra confusão o que não era muito comum considerando o que havia acontecido nos últimos dias.

No entanto, a paz que pairava no local logo se cessou e pude reparar que havia um pequenino Pokémon me rodeando, era peludo e parecia muito com um cachorrinho. Sorri para a mamífera e apalpei a Pokédex dentro do bolso da minha calça e logo apontei-a para a pequenina a minha frente.

Tratava-se de uma Lillipup, típica da região de Unova. A princípio, a Lillipup parecia ser uma criatura muito amigável e dócil, tinha se acalmado diante mim e não aparentava ter segundas intenções ao se aproximar.

Entretanto, enquanto eu me distraia guardando o meu apetrecho em meu bolso senti algumas presas rodeando a minha perna. Olhei melhor e Lillipup estava me mordendo e não era de alguma maneira graciosa, estava agressiva, que diabo bipolar.

Dei um salto para trás e acabei por soltar a cachorrinha da minha perna que voou alguns centímetros para trás, mas logo se levantou e sacudiu a poeira do seu corpo. Sem hesitar, Bunny se colocou a minha frente pronto para me defender de um possível ataque da cadela.

— Okay Bunny, comece usando Leer. — solicitei enquanto tentava pensar em uma estratégia para utilizar no combate — Prossiga com Quick Attack. — concluí.

Sem hesitar, Bunnelby concordou com as minhas ordens e as executou logo em seguida. O olhar em seu rosto alterou-se, deixou de ser um coelho alegre e risonho para se tornar uma criatura maldosa e macabro; amedrontada, Lillipup recuou alguns passos enquanto tremia de medo.

Por conseguinte, o roedor fora rodeado por uma aura esbranquiçada que elevou a sua velocidade bruscamente, avançou em uma rápida investida em direção ao Lillipup e impactou suas orelhas contra a corpórea da cadela que era lançada para trás com a força do ataque utilizado pelo coelho.

Em contra-ataque, o semblante estampado na face da dócil Lillipup alterou-se mais uma vez ficando semelhante ao de Bunnelby a alguns instantes atrás, seus olhos foram rodeados por uma aura rubro-negra e começou a rosnar intimidando Bunny que sentia um frio na espinha.

Logo em seguida, a cadela avançou em uma rápida investida almejando atingir Bunny e lhe causar os mesmos danos que recebeu pelo movimento utilizado pelo coelho. Ao ser atingido, o roedor era arrastado alguns centímetros para trás mas nada muito grave.

Situação da Batalha escreveu:
Lillipup - 74% [-1 DEF]

Versus

Bunnelby - 79% [-1 DEF]

— Bunny, mantenha utilizando Quick Attack. Quantos forem necessários! — ordenei ao coelho que não hesitou em executar tais ordens.

Agilmente, Bunnelby foi rodeado por uma aura esbranquiçada que acelerava seus instintos, em um movimento ligeiro, avançou em extrema velocidade em direção a Lillipup e atingia-a com uma investida a lançando alguns metros para trás com a força do impacto.

Sem pensar duas vezes, Bunny executou o mesmo movimento antes que Lillipup fosse capaz de se levantar. A aura esbranquiçada rodeou-o momentaneamente e impulsionou-se contra o solo lançando-se em direção a canina que era fortemente atingida.

Com muito esforço, Lillipup se levantava, sua respiração estava ofegante, já não iria aguentar muito, precisava dar um jeito em Bunnelby. Avançou o mais rápido que pôde e impactou sua cabeça contra a corpórea do roedor que era arrastado alguns centímetros para trás mas sem grandes ferimentos.

Mais uma vez, Lillipup desferiu a mesma investida com a cabeça contra Bunnelby que sofria um dano mediano devido a redução de defesa utilizada anteriormente.

Situação da Batalha escreveu:
Lillipup - 28% [-1 DEF]

Versus

Bunnelby - 37% [-1 DEF]

— O.k., use Tackle e finalize-a com um Quick Attack. — solicitei ao roedor que assentiu com a cabeça concordando com as ordens.

Rapidamente, Bunnelby impulsionou-se contra o chão se lançando na direção de sua inimiga, com suas grandes orelhas, desferiu uma espécie de tapa de baixo para cima contra Lillipup que era lançada ao alto.

Fugáz, Bunny foi rodeado por uma aura esbranquiçada e saltou ficando na mesma altitude que Lillipup, novamente utilizou de suas grandes orelhas, desferiu um tapa com imensa força que lançava a cadela contra o chão e sofria fortes danos com o impacto.

Ofegante, Lillipup não resistiu e caiu no solo nocauteada rendendo-se para mim e Bunny.

Situação da Batalha escreveu:
Lillipup - 00% [-1 DEF]

Versus

Bunnelby - 37% [-1 DEF]

Espólios do Combate escreveu:

  • Bunnelby recebeu 83 de experiência, subiu para o nível 9. 39/141.
  • Favor fazer sorteio dos fungos.


Em seguida, enfiei minha mão dentro da minha mochila em busca de alguma Pokébola vazia e logo a encontrei, expandi a esfera em minha mão e lancei a contra a cadela que fora absorvida para dentro do compartimento.

Abandonei o local sem nem saber o resultado, afinal, caso fosse capturada, a Pokémon seria teletransportada diretamente para a minha BOX. Rumei em direção a Sala de Cura da cidadela de Pallet e tratei dos ferimentos dos meus Pokémon.

Por fim, retornei a rota e caminhei pela imensa planície em busca de mais alguns desafios antes que pudesse seguir rumo a cidade de Oldale.


PKM
HP
Item

100%
Soothe Bell

100%

100%
Exp. Share

Objetivos escreveu:

Felicidade Eevee
3/10
168/220


Berries/Apricorns
Disponível


Stars can't shine... without the darkness...
avatar
Ranger


Curador
Sem Profissão
Polícia
Mensagens : 1050
PokePontos : 1131
Extras : Diário de Jornada

Rota Atual : Rota 001, Oeste

Diário Mestre : Mestra: Clove



Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: IV - Ventos que levam ao Oeste — Postado em Sex Jan 19, 2018 1:13 pm

Winds

Usando o Bunnelby para lutar contra o Lillipup, e acabava por vencer, algo caia dele, era um cogumelo maior que de costume, era um Big Mushroom. O ranger recolhia o item.

+ Ganhou uma Big Mushroom

Com o item guardado, Gin jogava uma pokébola no Pokémon e capturava com sucesso, e ia para a sala de cura, onde curaria todos seus Pokémon de quaisquer danos levados no decorrer da jornada.

Depois de sair da sala de cura, estava no mesmo lugar que antes, ou não, parecido. Eevee parecia ter achado alguma coisa, num arbusto, quando chegou mais próximo, um Pokémon um tanto estranho surgia, encostando em Eevee, onde sua habilidade era ativada - com sorte - no meio do contato.

O Pokémon sorria, mas ele não era selvagem, ele era de alguém, de alguém muito irresponsável...
Roses
Pesquisador
avatar
Pesquisador

Sem Profissão
Sem Profissão
Sem Fação
Mensagens : 2418
PokePontos : 702
Extras : Sorteios
Rota Atual : Pallet Town


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: IV - Ventos que levam ao Oeste — Postado em Sex Jan 19, 2018 2:54 pm

• Ventos que levam ao Oeste •
Manhã - Ventos fracos

Aparentemente, eu havia voltado ao mesmo ponto em que havia parado antes, onde havia batalhado contra a Lillipup e havia capturado-a.

Para o meu azar, ou sorte, Pix havia encontrado alguma coisa entre os arbustos, eu não podia dizer precisamente o que era, torci para que fosse algum Item perdido ou coisa do tipo, mas logo percebi que não era. Se tratava de um Pokémon desconhecido por mim até então.

Puxei a PokéDex no bolso direito da calça enquanto olhava atentamente o Pokémon e sinalizava com a cabeça para que Pix recuasse e evitasse contato. Fiquei no aguardo de novas informações do aparelho tecnológico para poder me preparar melhor caso fosse necessário realizar uma batalha.


PKM
HP
Item

100%
Soothe Bell

100%

100%
Exp. Share

Felicidade Eevee
4/10
168/220


Berries/Apricorns
Disponível


Stars can't shine... without the darkness...
avatar
Ranger


Curador
Sem Profissão
Polícia
Mensagens : 1050
PokePontos : 1131
Extras : Diário de Jornada

Rota Atual : Rota 001, Oeste

Diário Mestre : Mestra: Clove



Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: IV - Ventos que levam ao Oeste — Postado em Sex Jan 19, 2018 3:50 pm

Winds

Gin pegava sua Pokédex para saber mais sobre aquele Pokémon, que era bem estranho e não era típico da região...


Morelull...
Os Morelull são Pokémon noturnos que vagueiam pela noite sobre as suas raízes tipo pernas. Estes Pokémon movem-se porque a permanência num único local, enquanto sugam todos os nutrientes do solo, poderia levar a que as plantas ao seu redor murchassem. O Morelull utiliza as suas raízes tipo pernas para estabelecer contacto e comunicar com os companheiros.

Spoiler:

Nome: Morelull #755
Grass TypeFairy Type
Lvl: 8
Exp:
Sexo: Masculino
Habilidade: Effect Spore
Nature: Perigoso
Item: -
OT: Alex Uzumaki

Ataques:
Grama:
Absorb (inicial)
-

Fada:
-
-

Outros:
Astonish (lvl 4)
Flash (lvl 8)
-

[/center]


Ao terminar de registrar o Pokémon típico de Alola, Eevee desmaiava, dormia, não se sabia quando ia acordar, mas graças a habilidade de Morelull, ele estava dormindo...

- Ele se protege, quando se sente em perigo, não fez mais do que sua obrigação... Iria batalhar contra ele sem a minha presença? humph. - Dizia o garoto.
Roses
Pesquisador
avatar
Pesquisador

Sem Profissão
Sem Profissão
Sem Fação
Mensagens : 2418
PokePontos : 702
Extras : Sorteios
Rota Atual : Pallet Town


Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: IV - Ventos que levam ao Oeste — Postado

Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum