Bulba RPG
Bem-vindo! Para ter acesso completo ao conteúdo do fórum deve fazer Login ou Registar-se
Bulba RPG
Fórum Roleplay de Pokémon
Passaram-se apenas dois meses desde a neutralização das maiores empresas criminosas. O mundo respirava de alívio novamente desde o Grande Cataclisma mas muitos começavam já a procurar pelo pior.O universo trabalha em padrões e nunca estes pardos foram tão nítidos como desde o Grande Cataclisma. Para cada momento de paz surge sempre um momento de caos.
estação
Primavera

[Chapter I] O início de um sonho

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ir em baixo

[Chapter I] O início de um sonho — Postado em Ter Mar 13, 2018 4:04 am

17:52
Céu limpo


Após sair do laboratório Pokémon de Pallet, eu só pensava em partir para o início de minha jornada. Estava realmente bem animado para que tudo começasse de vez. Era uma aventura muito fascinante que estaria a minha frente; era o que eu acreditava e esperava que fosse.

Mas antes de qualquer coisa, precisava conhecer meu Pokémon. Liberei meu Noibat de sua pokébola e então me apresentei a ele, a fim de desenvolver um laço, visto que estaríamos lado a lado por um bom tempo, batalhando e enfrentando inúmeros inimigos em distintas aventuras. Disse a ele meu nome e acho que fui recepcionado de forma bem amigável, com um sorriso e um pouso sobre o ombro direito.

Já tinha em mente alguns Pokémon que planejava capturar logo de início, e até mesmo algumas mercadorias que poderia transportar para fazer jus a minha profissão, que seria outra prioridade ao longo de minha jornada Pokémon. Só faltava que uma luz iluminasse meus caminhos.

Objetivos escreveu:
  • Encontrar e batalhar com NPC Kika;
  • Encontrar, batalhar e capturar um Hoothoot;




Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Chapter I] O início de um sonho — Postado em Ter Mar 13, 2018 7:39 am

"O jovem treinador ao sair do laboratório estava pronto para iniciar suas aventuras. Ele se apresenta ao seu Pokémon e o Pokémon o mesmo por ele. Então ele parava, mas o que será que ele deveria fazer agora? Pallet era tida por todos como uma pequena Vila, mas é só termos que escolher algo que a coisa fica bem maior do que parece. Ele poderia encontrar algum treinador pra batalhar, afinal ele estava cercado perto pessoas passando com seus Pokémons. Mas devido a esse movimento todo os Pokémons selvagens se sentiam inibidos... Bom a grande maioria pelo menos. Duas meninas que também acabaram de sair do laboratório passaram por Luiz falando que estavam com medo de que fossem atacadas pelo Pokémon rebelde que estava por ai. Ele ouvia ainda que o ajudante do professor o tracey. Havia dito que ele estava com rancor e uma certa inveja dos Pokémons que tinham treinadores e estava atacando qualquer um que estivesse nesse padrão. As duas garotas se misturaram na multidão antes que o treinador pudesse fazer qualquer pergunta."


Alguns  nascem sob estrelas de sorte; Outros, sob estrelas de azar. Mas eu só posso dizer que farei o possível sejam quais forem as minhas estrelas .
Seya

Skyller
Treinador
avatar
Treinador

Lutador
Sem Fação
Mensagens : 71
PokePontos : 698
Apenas sprites pequenos permitidos.

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Chapter I] O início de um sonho — Postado em Seg Mar 19, 2018 1:27 am

18:01
Céu limpo


Estava repousado conversando com o meu mais novo Noibat em meio à tarde de Pallet, tudo estava tranquilo até algo chamar minha atenção. Duas meninas passavam ao meu lado fazendo um grande escândalo, revelando medo de um certo Pokémon rebelde fazendo balbúrdias. Elas logo se misturavam à multidão que se encontrava no centro da cidade, então não pude perguntar a respeito a tempo. Porém, avistei um senhor sentado em um dos bancos, ali por perto. Resolvi perturbá-lo rapidamente de seu sossego: - Com licença, senhor. Por acaso o senhor está a par dos acontecimentos da cidade? Sabe algo sobre algum Pokémon rebelde ou aborrecido causando medo às pessoas? - dizia, enquanto analisava o perímetro para identificar quaisquer anormalidades no ambiente.

Objetivos escreveu:
  • Encontrar e batalhar com NPC Kika;
  • Encontrar, batalhar e capturar um Hoothoot;




Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Chapter I] O início de um sonho — Postado em Sab Mar 24, 2018 8:21 am

"O senhor abordado antes de dizer uma só palavra sequer aponta na direção norte logo a frente de onde eles estavam e Luiz vê um pequeno pokémon coruja derrubando uma mulher e fazendo cair todas as frutas de sua cesta."


Alguns  nascem sob estrelas de sorte; Outros, sob estrelas de azar. Mas eu só posso dizer que farei o possível sejam quais forem as minhas estrelas .
Seya

Skyller
Treinador
avatar
Treinador

Lutador
Sem Fação
Mensagens : 71
PokePontos : 698
Apenas sprites pequenos permitidos.

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Chapter I] O início de um sonho — Postado em Qui Mar 29, 2018 3:12 pm

18:04
Céu limpo


Sem dizer uma única palavra, o senhor apontava para minha frente. E, ao virar-me, me deparo com a cena de uma mulher sendo derrubada, fazendo com que todas as suas sacolas de compras caíssem no chão, espalhando todos seus produtos pela praça. A multidão fica em silêncio. E o autor da arruaça só poderia ser um: o Pokémon coruja à minha frente.

- Ei, você aí! - dizia. - Pare já com isso, ou sofrerá as consequências! - finalizava, sacando a Pokédex do bolso, para pesquisar o Pokémon, e orientando Noibat para uma possível batalha.

Objetivos escreveu:

  • Encontrar e batalhar com NPC Kika;
  • Encontrar, batalhar e capturar um Hoothoot;




Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Chapter I] O início de um sonho — Postado em Seg Abr 09, 2018 11:11 pm

O pokemon não parecia realmente se importar com o treinador que o desafiava, a coruja apenas se virou lentamente para olha-lo, seus olhos grandes e redondos produziam uma estranha sensação de desconforto. Foi tempo o suficiente para que a pokedex lhe desse algumas informaçoes sobre o tal pokemon arruaceiro.
Spoiler:


Nome:Hoothoot #163

Lvl: 07
Exp:
Nature:
Sexo: Feminino
Habilidade:Insomnia
Item:
OT:

Ataques:
Normal
Tackle (start)
Growl (start)
Foresight (start)
-


Voador
- Peck (lvl 7)
-
-
-


Outros
- Hypnosis (lvl 5)
-
-
-


A presença do treinador a incomodava, batendo suas asas começou a voar mais alto, preparada para começar a ataca-lo.



Ficha box
  100% 100%100%100%100% 
Melizzana
Treinador
avatar
Treinador

Lutador
Sem Fação
Mensagens : 675
PokePontos : 2088
Rota Atual : Rota 4




Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Chapter I] O início de um sonho — Postado em Sab Maio 26, 2018 10:35 pm

18:21
Céu limpo


A Pokédex processava as informações do Pokémon, enquanto Noibat ia gradativamente amedrontando-se com a frieza de seu primeiro adversário. Eu rapidamente analisava e associava as informações de Hoothoot para que pudéssemos batalhar com este, e tentava confortar meu Pokémon. Seria um oponente difícil, isso era claro, mas não devíamos hesitar diante dele.
- Ei, sua coruja! Prepare-se, pois iremos derrotá-la e pôr fim em suas arruaças! - dizia, enquanto aquele Pokémon sombrio me encarava e aceitava o desafio.

As pessoas da praça rapidamente se distanciavam quando Hoothoot lançava um Hypnosis, que logo era dispersado pela evasiva do Pokémon morcego. Pedia que meu Pokémon se atentasse aos movimentos velozes da coruja e mantivesse o foco na batalha. Era sua primeira batalha, mas a evasiva era espetacular.

- Use seu Screech, Noibat! - dizia. O morcego guinchava ferozmente, e todas as pessoas que estavam assistindo à batalha taparam seus ouvidos, sofrendo; após o movimento, uma aura azul decrescia sobre Hoothoot, e sua capacidade de defesa estava menor. Em uma fração de segundo, a coruja impulsionava-se e logo estava a frente de Noibat, bicando-o num Peck incessante, o que machucava meu pequeno Pokémon. - Força, Noibat! - apoiava.

A batalha começava a ficar tensa, e eu pedia a Noibat para que se impusesse, atacando Hoothoot com um Tackle, para que o adversário sentisse nosso "poder de fogo". O Pokémon do tipo dragão começava a caminhar e aos poucos aumentava a velocidade, transformando a corrida em um movimento de investida, acertando em cheio a coruja, que sentia o impacto, não só por conta da força de Noibat, mas também devido aos efeitos do Screech lançado por ele. O adversário logo tentava reagir, mesmo parcialmente machucado, com outro Tackle, porém acabou se enrolando e não conseguiu completar o movimento. Aproveitamos o deslize de Hoothoot para repetir o movimento.

Hoothoot recebia outra investida, o que o deixava praticamente derrotado. Ele gemia depois daquela árdua batalha, e me via o arremessando uma pokébola: - Acalme-se, amigo, iremos curar seus ferimentos logo. - tentando acalmá-lo. A pokébola balançava de um lado a outro, até finalizar no meio com um simples barulho, indicando uma captura com sucesso.

Eu apanhava a bola no chão, enquanto as pessoas na praça me aplaudiam, talvez por ter acabado com a onda de arruaças de Hoothoot, e eu agradecia. Porém, agora tinha a missão de "domesticar" o Pokémon coruja. Caminhava em direção ao Centro Pokémon de Pallet, enquanto esbarro em algo no chão. Agacho e apanho duas flores coloridas, que brotaram ali de repente. Talvez seja um sinal de sorte.

Objetivos escreveu:

  • Encontrar e batalhar com NPC Kika;
  • Encontrar, batalhar e capturar um Hoothoot;
  • Encontrar, batalhar e capturar um Surskit.




Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Chapter I] O início de um sonho — Postado em Qui Maio 31, 2018 5:24 pm


Um início em Pallet Town


A primeira batalha de Luiz havia sido um completo sucesso.

A começar pela grande demosntração de conhecimento e habildiade de seu Noibat, comandando de maneira excepcional fazendo com que ele ganhasse de um Pokémon selvagem mais forte que ele sem muitos problemas.

Secundariamente conseguindo capturar este grande Pokémon que aparentava ser um tremendo advsersário e agora seria um grande aliado.

Terciariamente, mas não menos importante, O jovem rapaz agora era ovacionado pela população de Pallet por ter livrado aqueleas pessoas do perigo e arruaça que este Hoothoot estava a causar.

A sorte estava ao seu lado. Procurava um Centro Pokémon quando percebeu que em Pallet não havia, mas para compensar havia a Sala de Cura de Tracey Sketchit que promovia um grande trabalho na cura de Pokémons debilitados. E lá ele encontrou isso, curando seus Pokémons au custo de alguns minutos de espera.

Enquanto esperava ali, uma garota de aparência delicada, porém marcante estava na sala de espera, provavlemente pelo mesmo motivo que ele. Ora demonstrava preocupação, mas após um suspiro seu rosto mostrava confiança e esperança de que tudo estava certo, e bem. Ajustava seus óculos e com um sorriso encarava o mundo novamente.

Ela era Incrível!

Obrigado pelo oportunidade Luiz! Se Discord ou  WhatsApp, me mande.
Normalmente posto no mínimo uma vez por dia, preferencialmente as manhãs e tardes. Ao fim de semana tenho mais dificuldade, pois sou casado e passo meu tempo fora de casa ou com a esposa. Então não se desespere. rs


The Black Witch you couldn't burn...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Chapter I] O início de um sonho — Postado em Qui Maio 31, 2018 6:12 pm

18:56
Céu limpo


Após uma longa caminhada sem rumo à procura de um Centro Pokémon, lembrava-me de que aquela cidade não o possuía, ficando sem saída. Precisava rapidamente curar meus Pokémon, tendo em vista que ambos estavam esgotados devido à batalha que há pouco fizeram. Por sorte, ao perguntar a alguns cidadãos - que, inclusive, me trataram bem e me ajudaram sem qualquer problema - fui informado que havia uma central de cura privada em Pallet. Dirigi-me ao local indicado e fui bem recepcionado pelos funcionários.

Vivia naquela cidade desde o meu nascimento e, mesmo após inúmeros problemas pessoais, socializei-me ao longo do tempo e conheci aos poucos os moradores de Pallet; eu amava aquela cidade, o que me entristecia por um lado ter de partir em jornada, e o que me animava por outro enfim iniciar minha busca por conquistas nesse mundo Pokémon que eu tanto almejava explorar e aprender sobre.

Agradecia a todos pelo bom atendimento e ia embora, porém algo me chamou a atenção: uma bela moça aguardando atendimento naquele local, mas com um ar de preocupação. Eu, na tentativa de tornar-me um amigo, acabei por indagar: "Tudo bem, moça? Parece-me um pouco aflita... ah, e prazer! Meu nome é Luiz Matheus."

Objetivos escreveu:
  • Encontrar e batalhar com NPC Kika;
  • Encontrar, batalhar e capturar um Hoothoot;
  • Encontrar, batalhar e capturar um Surskit;
  • Procurar por mercadorias para transportar.

read:
Muito obrigado por assumir a minha rota! Quanto ao contato, cheque suas MPs, por favor.




Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Chapter I] O início de um sonho — Postado em Sex Jun 01, 2018 1:44 am


Um início em Pallet Town


Graças ao bom relacionamento de Luiz ele havia chegado rapidamente à Sala de Cura, e também havia sido prontamente atendido por Tracey. Agora o seu jeito simpático também lhe concedia uma conversa com uma bela garota que estava ali no local com ele. Após se apresentar ela respondia:

- Ah, eu me chamo Kika. Prazer Luiz! Obrigado pela sua preocupação. É que eu estou um pouco preocupado com minha Pokémon, uma Alolan Vulpix. Ela é muito forte, mas acabamos de ser completamente derrotados por uma garota que passou aqui em Pallet. Mas eu sei que vai... Olhe! - Kika parava de falar repentinamente depois que Tracey voltava.

- Oh! Kika, Luiz. Voltei com seus Pokémons. Eles estão ótimos! Prontos pra uma nova batalha!

- Obrigada Tracey, você é um amor.

Liberando a Vulpix de sua Pokébola, Kika inspecionava sua amiga que pulava no colo dela feliz da vida.

- Veja só, minha pequena está pronta pra próxima! Fico muito feliz com isso. Como estão seus Pokémons? Está quase na hora de eu me retirar, mas fico zangada de ter terminado o dia perdendo uma batalha. Já que eu não posso sair de Pallet, passo meus dias batalhando....e batalhando... Eu queria mesmo era me aventurar! Mas que tal se lutássemos uma vez antes de você ir embora?



The Black Witch you couldn't burn...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Chapter I] O início de um sonho — Postado em Sab Jun 02, 2018 9:42 pm

19:07
Céu limpo


Kika foi muito receptiva com minha pessoa, demonstrando-se ainda interessada em uma batalha antes que ambos nós tomássemos rumos distintos em nossa jornada. Acertei, pois de fato necessitava de experiência, ainda mais com uma adversária que aparentava possuir um bom Pokémon. Porém, como não conhecia, acabei por sacar a Pokédex e apontar ao Pokémon da moça.

- Saia, Hoothoot! - dizia, na estreia do meu novo Pokémon. - Use o Peck e, logo após, seu Hypnosis!

Objetivos escreveu:

  • Encontrar e batalhar com NPC Kika;
  • Encontrar, batalhar e capturar um Hoothoot;
  • Encontrar, batalhar e capturar um Surskit;
  • Procurar por mercadorias para transportar.




Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Chapter I] O início de um sonho — Postado em Dom Jun 03, 2018 4:10 am


Um início em Pallet Town


- Que bom que você aceitou!! Vamos lá para fora então para começarmos. Qualquer coisa já estamos do lado da Sala do Tracey mesmo! hihihi - Brincava Kika, olhando para Tracey com uma expressão fofa.

- Pelo visto, melhor  assistir essa batalha né!?

Desta maneira, ambos os 3 saíram para o lado de fora e tracey até mesmo se prontificou para arbitrar a partida. Ficou esclarecido o seguinte:

- Esta batalha será em formato simples usando apenas 1 Pokémon sem o uso de items (Held Items não contam). Quem perder já entra logo pra minha sala pra eu curar logo o Pokémon de vocês e continuar meus trabalhos!

Assim sendo, sabendo que Kika usaria a sua Vulpix Luiz liberava sua recente captura, a Hoothoot de gelo para lutar contra a Alolan Vulpix de Kika. Seus comandos eram logo dados. Ao abrir sua Pokedex ela mostrava:

Vulpix de Alola. Um Pokémon Raposa de Gelo.
O ar que o Alolan Vulpix exala é mais frio que -58 Graus Celsius. As pessoas mais velhas de Alola chamam este pokémon por um nome antigo-Keokeo, que quer dizer branco.  
Em clima quente, este Pokémon faz fragmentos de gelo com suas seis caudas e borrifa-os em volta para se esfriar.

- Você fez uma péssima escolha ao tentar lutar com esse seu Hoothoot, e vai pagar caro por isso! Vulpix, ative seu modo de batalha, depois use seu Tail Slap para começar e finalize com Powder Snow!

Assim que as palavras de Kik saíram da boca, imediatamente uma aura branca e gélida começou a sair da Alolan Vulpix e tudo ao redor parecia congelar. O clima que estava tranquilo subitamente começou a ventar e flocos de neve começaram a cair em cima da cabeça de todos ali presentes. Vulpix adorava e Kika já estava costumada com isso. Hoothoot logo  sentia o frio que era não muito afeito ao seu tipo Voador e sentia suas asas gelarem.

Vulpix, habilidoso como era, aproveitava a deixa e começava atacando fortemente com sua cauda de gelo acertando um Tail Slap bem na fuça da ave, que só conseguia revidar com suas bicadas bem doloridas.

Vukpix então se afastava e puxava o ar fortemente, tanto que ao redor de sua boca podia se ver o ar congelado se amontoando e então com sua sua força e aproveitando a fraqueza do tipo oponente soltava um forte Powder Snow, que quase congelava o Pokémon Coruja, não preparado para aquele tipo de ataque. Após balançar suas penas, ele tentava revidar com o seu trunfo, Hypnosis, que por sorte as ondas sonoras hipnóticas acertavam em cheio a Alolan Vulpix enquanto recobrava o ar que havia soltado de seus pulmões.

Vulpix agora estava dormindo, sendo alvo fácil para a coruja predadora noturna. Mas para a infelicidade do treinador, o vento trazia pedrinhas de granizo que assolava a pele do jovem Hoothoot causando um leve dano que era pouco, mas piorava ainda mais sua condição.

Batalha escreveu:
Clima - Hail


Lvl 7 ♀ - Snow Warning - 17%
[Dormindo] 0/3
Versus

Lvl 7 ♂ - Insomnia - 31%

Com tudo isso, quase seria o próximo passo de Luiz?



The Black Witch you couldn't burn...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Chapter I] O início de um sonho — Postado em Seg Jun 04, 2018 12:35 am

19:23
Céu limpo


Aquela Alolan Vulpix - nome que a Pokédex me apontava - era realmente espetacular. Era uma Pokémon que costumava viver no gelo, de fato, e que era muito forte, algo que me preocuparia ao enfrentá-la. Mostrou-se ágil ao executar seus movimentos com sucesso sobre Hoothoot, essencialmente ao utilizar o Powder Snow, movimento que enfraqueceu e muito meu Pokémon, devido à desvantagem de tipos. Mas isso acabou custando caro para a raposa: Hoothoot concentrou-se em meus comandos e, ao usar o Hypnosis, mostrou-se preciso ao enviar o ataque ao destino.

Agora, Vulpix dormia feito pedra, e era minha chance. - Vamos lá, Hoothoot! No mesmo ritmo, bique-a incessantemente com seu Peck, e finalize com um Tackle! Mostre do que é capaz!

Objetivos escreveu:
  • Encontrar e batalhar com NPC Kika;
  • Encontrar, batalhar e capturar um Hoothoot;
  • Encontrar, batalhar e capturar um Surskit;
  • Procurar por mercadorias para transportar.




Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Chapter I] O início de um sonho — Postado em Seg Jun 04, 2018 5:26 pm


Um início em Pallet Town


Hoohthoot estava prestes a sofrer mais um golpe e ficar inconsciente, mas graças a seus poderes hipnóticos conseguiu fazer seu algoz dormir. Agora, aparoveitava a chance para atacar com todas as forças seus inimigo.

Com seu bico afilado desferia uma sequência tão voraz de golpes, aliado ao fato do Pokémon estar indefeso, que era difícil não saber como a Vul´pix ainda dormia depois daquilo (Crítico), e depois, uniu isso a um podereoso Tackle que retirava da raposa mais uma parcela de sua saúde. Mas apesar de tudo, ela ainda continuava dormindo, mesmo que já desce sinais de estar prestes a acordar.

A partida ainda não havia acabado, e a coruja sofria novamente com uma nova bofetada de granizo em sua testa, causando uma leve escoriação.


Batalha escreveu:
Clima - Hail


Lvl 7 ♀ - Snow Warning - 27%
[Dormindo] 2/3
Versus

Lvl 7 ♂ - Insomnia - 25%

A partir estava prestes a acabar, mas ainda não estava no fim... Como isso se daria?

[quote=Palavra do Mestre]Falha minha. Escrevi errado o dano causado pelo seu primeiro Peck. A saber, o dano vai entre 16% e 24%, e acabei escrevendo que a Vulpix ficou com 17% de HP ao invés de dizer que tomou 17%. Como compensção, interpretarei os golpes em que ela estiver dormindo como automaticamente críticos. Falha minha.
Obs: Foi uma péssima escolha lutar com o Hoothoot! kkkkkkk[/quote]



The Black Witch you couldn't burn...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Chapter I] O início de um sonho — Postado em Seg Jun 04, 2018 10:02 pm

19:29
Céu limpo


A raposa permanecia em seu sono "profundo" e, de forma a contrariar o que eu imaginava, foi resistente e não perdeu a batalha com minhas duas últimas ordens. Eu começava a ficar tenso, suava frio, não encontrava um meio de vencer aquela batalha, visto que estaria em vantagem quando acordasse, e as chances de Hoothoot perder eram maiores que cinquenta por cento. Por outro lado, tentei me tranquilizar. Era apenas minha segunda batalha "oficial", então não havia o que lamentar caso perdesse, pelo contrário estaria adquirindo experiência, tanto para mim quanto para meu Pokémon.

Acreditei em Hoothoot, pedi que mantivesse o foco na batalha e executasse mais dois Peck. Era "vida ou morte", pois eu estava convicto que a batalha acabaria ali, com chances de vitória iguais para ambos os lados.

Objetivos escreveu:
  • Encontrar e batalhar com NPC Kika;
  • Encontrar, batalhar e capturar um Hoothoot;
  • Encontrar, batalhar e capturar um Surskit Flabébé;
  • Procurar por mercadorias para transportar.

nota:
Tudo bem, kkkk. Inclusive, também achei uma má escolha usar o Hoothoot, mas acredito que seria uma pior usar o Noibat, visto que ele toma 4x de gelo.




Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Chapter I] O início de um sonho — Postado em Seg Jun 04, 2018 10:53 pm


Um início em Pallet Town


Kika ficava apreensiva quanto a sua posição. Já havia perdido uma batalha hoje e não queria perder mais uma. Ela sabia que tinha potencial, mas se não conseguisse vencer batalhas simples, como ela poderia sequer pensar em sair de Pallet e realizar seu sonho? Talvez seus pais tivessem razão em manter ela dentro de casa e por perto sempre

- Vai Vulpix!! Acorda! Você não pode perder!

A Vulpix parecendo estar ouvindo a voz da sua treinadora esboçava começar a acordar, mas a Hipnose do Pokémon Coruja de Luiz era potente e a forçava a manter sues olhos fechados mais uma vez. Sem seus músculos serem capazes de contrair e proteger seu corpo, mesmo com toda a nevasca que sua energia gélida criava ao seu redor, ela continuava exposta e tomava mais um dano massivo das Bicadas agressivas do Hoothoot.

Luiz havia confiado em seu Pokémon e o Hoothoot havia sentido esse energia boa passando para ele e desferia seu melhor Peck causando um dano crítico ao Vulpix que ao ser bicado finalmente acordava com uma expressão de ódio e firmeza em seu rosto.

A Hoothoot percebia a aura dela ficar mais fria e o ar ficar congelante atrapalhando até mesmo sua respiração. Se afastava para dar seu último ataque e também com medo de tomar mais um Powder Snow da valente Vulpix. Ela agora se esforçava e se levantava sobre as 4 patas e ouvia o comando de Kika para soltar seu ataque de Poeira Congelante, mas por algum motivo ela não atendia. Envolvidos na batalha ninguém notara, mas o ar ao redor voltava a normalizar, a nevasca sumia e Tracey avançava entre os dois Pokémons e paralisava a luta. A Vulpix estava de pé, mas estava desmaiada, permanecendo de pé apenas pela força de seu inconsciente nada disposto a ceder e dar mais uma derrota a sua treinadora.

- Vitória para Luiz Matheus e seu Hoothoot!


Batalha escreveu:

Lvl 7 ♀ - Snow Warning - 00%
[Inconsciente]
Versus

Lvl 7 ♂ - Insomnia - 25%

Uma vitória acirradíssima marcava aquele momento. Kika e Vulpix demonstravam seu valor, mas uma luta também dependia de um fator que ela não contava. A Sorte.

- Muito bem Luiz. eu vou aceitar a derrota. Mas fico feliz de ter aprendido mais uma coisa nessa batalha. Vejo o quanto a minha Vulpix deseja ficar mais forte e permanecer de pé. Assim, também serei eu. Me decidi agora sair de Pallet e buscar desenvolver minhas técnicas de batalha com minha amiga e me afrouxar um pouco do laço com meus pais. Fique com isto, é uma prova do meu agradecimento.

Kika retornava sua Vulpix à pokebola e entregava ao árbitro da partida, e ao Luiz, estendia em sua mão 245§, um Ice Shard e uma Qualot Berry.

Luiz derrotou Kika e recebeu 245§, um Ice Shard e uma Qualot Berry. Hoothoot recebeu 149 de exp. Hoothoot subiu para nível 8 com 71/105.

Palavra do Mestre escreveu:Dia difícil na vida de Luiz Matheus...rsrs



The Black Witch you couldn't burn...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Chapter I] O início de um sonho — Postado em Ter Jun 05, 2018 12:20 am

19:41
Céu limpo


Hoothoot felizmente havia conseguido: manteve o foco e a concentração e, com fé, venceu a batalha, essa que contou com muita sorte e habilidade e foi acirrada até o último momento. Kika aceitava amigavelmente sua derrota, admitindo ter adquirido certa experiência e determinação naquela partida, e o mesmo valia para mim, que independendo do resultado sairia feliz com o desempenho de meu Pokémon, recém-capturado.

Enquanto ambos nós entregávamos nossos Pokémon para Tracey curá-los, agradecíamos ao próprio e um ao outro pela arbitragem e pela boa batalha, respectivamente. Como bonificação, Kika me entregou um pouco de dinheiro, para que eu começasse com o pé direito a minha jornada, um Ice Shard e uma berrie. Novamente grato pela bondade da treinadora, enchi-a de elogios e fui procurar um local para me abrigar, assim que recebi meu Pokémon com sua energia restaurada.

Enquanto caminhava, encontrei duas das flores coloridas que havia encontrado há pouco. Seria mais um sinal de algo que estaria por vir?

Objetivos escreveu:
  • Encontrar e batalhar com NPC Kika;
  • Encontrar, batalhar e capturar um Hoothoot;
  • Encontrar, batalhar e capturar um Surskit Flabébé;
  • Procurar por mercadorias para transportar.

Flores coloridas escreveu:
  • Combates automáticos: 01 - 02 flores coloridas;
  • Posts comuns: 05 - 02 flores coloridas;
  • Total: 04 flores coloridas.




Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Chapter I] O início de um sonho — Postado em Ter Jun 05, 2018 5:08 pm


Um início em Pallet Town


A sorte estava realmente ao lado de Luiz. Ele havia começado sua jornada há poucas horas e já havia conseguido capturar um Pokémon, ganhar algumas batalhas difíceis e ainda estava sempre encontrando flores pelo chão.

As flores no caso tinham uma explicação fácil. Eram Comfeys que com a chegada da primavera passeavam durante o dia aproveitando a luz do sol para celebrar a luz e espalhar suas flores pelos locais e treinadores por onde passavam. Era muito bonito.

Agora o resto, era fruto de dedicação e uma vontade do universo para mostrar a ele do que ele era capaz.

Assim, enquanto caminhava por Pallet sob a luz do luar procurando um local para se abrigar, encontrava por ali um homem velho a desmontar uma barraca de produtos. Notava-se a quantidade grande de variedades de Apricorns que ele tinha em sua banquinha, porém mais ainda notava-se a dificuldade para ele para carregar seus produtos e guardá-los em suas devidas caixas. As dores em suas costas pareciam lhe atrapalhar bastante...


Luiz poderia ajudar o velho ou então seguir seu caminho em busca de algum abrigo para passar a noite.



The Black Witch you couldn't burn...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Chapter I] O início de um sonho — Postado em Ter Jun 05, 2018 10:15 pm

19:59
Céu limpo


Enquanto caminhava naquela noite bela e tranquila, decidi liberar Noibat para respirar um pouco de ar puro. - Saia, meu amigo! - dizia, enquanto ele saía de sua pokébola e me agradecia, pousando sobre meus ombros.

Ambos nós procurávamos um abrigo para descansar, depois das batalhas de hoje e também porque já era "tarde". Depois de um certo tempo, avistamos um senhor, carregando algumas caixas e aparentando sofrer por dor nas costas. Ofereci minha ajuda, como um bom ser humano. - Boa noite, senhor. Eu me chamo Luiz Matheus e sou um novo treinador Pokémon. O senhor precisa de ajuda com essas caixas?

Objetivos escreveu:
  • Encontrar e batalhar com NPC Kika;
  • Encontrar, batalhar e capturar um Hoothoot;
  • Encontrar, batalhar e capturar um Surskit Flabébé;
  • Procurar por mercadorias para transportar.

Flores coloridas escreveu:
  • Combates automáticos: 01 - 02 flores coloridas;
  • Posts comuns: 06 - 03 flores coloridas;
  • Total: 05 flores coloridas.




Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Chapter I] O início de um sonho — Postado em Ter Jun 05, 2018 10:34 pm


Um início em Pallet Town


Ao ver o homem precisando de ajuda, como um bom rapaz Luiz decidiu por ajudar ele.

- Ahhh tchatchatcha... Obrigado meu garoto. Ultimamente meu bico de papagaio está me pegando de jeito. Não tenho conseguido cumprir com minhas obrigações desse jeito vou falir. Hohoho

O velho ficava aliviado dando espaço para Luzi pegar as caixas de apricorns e coloca-las no local correto. Pedia para que ele armazenasse logo em frente onde ficava a garagem de sua casa, que por sinal era enorme e suntuosa.

- Meu nome é Fujitora, sou um criador de apricorns. Trabalho nesse ramo há tanto tempo que nem sei. Essa casa foi construída com muito suor e dinheiro vindo da venda de apricorns. Se você soubesse como elas valem ouro... hohoho

O velho ia conversando com Luiz enquanto ele terminava o trabalho. Suas maos não saiam das costas, mas ele tinha apenas o corpo debiltiado, pois a mente continuava afiada. Quando ele terminava o serviço, Fujitora logo o convidava:

- Obrigado meu rapaz. Não quer entrar para tomar uma xícara de chá comigo e minha família? Já está tarde, você e seu Noibat serão bem vindos. Quero aproveitar para lhe fazer uma proposta, sabendo que você é um treinador Pokémon e um bom rapaz.




The Black Witch you couldn't burn...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Chapter I] O início de um sonho — Postado em Qua Jun 06, 2018 3:06 am

20:21
Céu limpo


Eram inúmeras caixas, mas eu carregava-as rapidamente, e Noibat me ajudava no serviço, para agilizar. Eram pesadas, também, e ouvia o senhor dizer que eram apricorns, o que me encantava, já que são produtos muito valiosos e úteis, tanto para o mercado quanto para os próprios treinadores Pokémon. Conforme ia conversando comigo, eu ia acabando o trabalho que eu havia me auto-incumbido, e as costas do velho aliviavam-se.

Feito tudo, ele me convidava para tomar um café, embora fosse de noite, e talvez até mesmo um proposta, elogiando-me logo em seguida. - Oh, muito obrigado, senhor. E aliás, muito prazer, senhor Fujitora. Inclusive, estou à disposição para qualquer proposta, já que sou um treinador muito recente, então qualquer trabalho ou negócio é bem vindo para que eu obtenha mais experiência. - contava-lhe, enquanto me dirigia para a porta da frente e adentrava a humilde residência do velho.

Objetivos escreveu:
  • Encontrar e batalhar com NPC Kika;
  • Encontrar, batalhar e capturar um Hoothoot;
  • Encontrar, batalhar e capturar um Surskit Flabébé;
  • Procurar por mercadorias para transportar.

Flores coloridas escreveu:

  • Combates automáticos: 01 - 02 flores coloridas;
  • Posts comuns: 07 - 03 flores coloridas;
  • Total: 05 flores coloridas.




Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Chapter I] O início de um sonho — Postado em Qua Jun 06, 2018 4:00 pm


Um início em Pallet Town


Já dentro da casa do senhor, enquanto apreciavam de um bom café, pois Fujitora não gostava de chá, e comia uns bolinhos, Fujitora falava sobre sua proposta.

- Fico muito feliz em saber isso. Veja só, eu tenho um carregamento de Apricorns para repassar ao Sr. Johnatan que vive em Accumula Town. Mas meus empregados já foram levar outras coisas em outras cidades e eu preciso de treinadores com pokémons fortes para escoltar essa mercadoria. Infelizmente não posso lhe dar de graça, mas vou te passar a um precinho especial e quando você entregar, poderá ficar com a diferença de valor para você.

O Sr. Fujitora dava pequenos detalhes de seu trabalho de mercador e da sua carga. Explicava que

- Vamos fechar assim. Vou lhe cobrar 1600$ pelo carregamento. Lá em Accumula você procure o Sr. Jonathan e ele lhe pagará bem mais por isso. Mas você deve tomar cuidado para não perder esses carregamentos, do contrário teremos um belo de um prejuízo. Pallet parece ser pacata, mas também é uma área que sofre muitos com delitos de criminosos iniciantes... Soube da Team Imperium?

O pacote com Apricorns para ser entregue ao Mercador Jonathan em Accumula se encontrava logo ali perto do rapaz. Era pequeno e caberia em sua Mochila de Mercador.

- Aceitando ou não. Pode dormir no quarto de meu neto hoje. Está tarde, ao menos para mim! hahaha. Ele também está em outra cidade fazendo uma entrega, não voltará tão cedo.



The Black Witch you couldn't burn...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Chapter I] O início de um sonho — Postado em Qua Jun 06, 2018 5:40 pm

10:42
Céu nublado


O velho deliciava-se com seu café, enquanto me fazia uma boa proposta: escoltar sua carga de apricorns até outra cidade. Ele estava sem seus trabalhadores para cumprir o serviço, então seria uma boa chance de eu ingressar de vez no ramo de mercador que eu tanto almejava, até porque precisava juntar um pouco de dinheiro. A oferta era tentadora, e eu não hesitava ao dizer que sim, que aceitava, mas estava esgotava, então o descanso seria a melhor opção.

Por sorte, o senhor gentilmente oferecia-me um de seus quartos para que eu dormisse ali por aquela noite. Agradeci-o mais uma vez pela boa estadia e dirigi-me ao quarto indicado, arrumando tudo e indo dormir, depois de um longo dia de conquistas.

Ao amanhecer, troquei de roupa, tomei um bom café da manhã e apanhei a carga que havia me dito, guardando-a em minha mochila de mercador que havia ganhado de presente de um velho amigo. Era hora de ir, e eu me despedia do velho, rumo à Accumula Town, porém gostaria de passear por Pallet e me despedir, pois não voltaria mais para aquela cidade a não ser para visitá-la, mas demoraria um pouco devido à minha jornada Pokémon.

Durante a caminhada, via uma sombra passar rapidamente por um dos arbustos e resolvi verificar. Era bom me certificar de que não era mais um Pokémon arruaceiro como Hoothoot.

Sorteio - Flying Shadow escreveu:

Objetivos escreveu:
  • Encontrar e batalhar com NPC Kika;
  • Encontrar, batalhar e capturar um Hoothoot;
  • Encontrar, batalhar e capturar um Surskit Flabébé;
  • Procurar por mercadorias para transportar.

Flores coloridas escreveu:

  • Combates automáticos: 01 - 02 flores coloridas;
  • Posts comuns: 08 - 04 flores coloridas;
  • Total: 06 flores coloridas.




Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Chapter I] O início de um sonho — Postado em Qua Jun 06, 2018 10:15 pm


Um início em Pallet Town


Após ter aceito a proposta de negócio do Sr. Fujitora, sem querer abusar, Luiz também aceita pernoitar anquele local. O Velho era muito gentil e deixava o rapaz bem a vontade, e loog de manhã ambos acordavam para cumprir com seus trabalhos, após um bom café da manhã.

Luiz agora havia inicialmente começado seu trabalho como Mercador, mas só iria terminar seu início quando entregasse a carga em Accumula Town. Mas antes disso, haviam coisas em Pallet para fazer. Uma caminhada seria boa para se despedir da cidade.

Enquanto caminhava pelas bordas da cidade uma sombra se movia nas árvores e logo sumia. Curioso, Luiz ia averiguar e notava o que era a sombra. Parado, olhando para o sol estava um Pokémon relativamente raro na região, um Natu.

Sua Pokédex logo era ativada para registrar o caso:

Natu. Um Pokémon pássaro vidente.
Natu desloca-se aos saltos pois as suas asas ainda não se encontram totalmente desenvolvidas. Costuma estar sempre a olhar fixamente algo.
Natu é um Pokémon muito ágil e consegue subir muito rápido aos troncos das árvores de modo a comer os rebentos destas.

Absorto em seu passatempo natural, o Pokémon continuava empoleirado em um galho da árvore olhando o sol nada dizia para Luiz além do fato que eram 8h da manhã, mas para o Natu poderia ser muita coisa...

Pagou por um Kit de Apricorns (1600§) ao Sr. Fujitora para ser entregue ao Mercador Jonathan em Accumula Town.



Última edição por Gui Eurípedes em Qui Jun 07, 2018 2:57 pm, editado 1 vez(es)


The Black Witch you couldn't burn...

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Chapter I] O início de um sonho — Postado em Qui Jun 07, 2018 2:45 am

11:03
Céu nublado


Ao investigar rapidamente os arbustos, minha Pokédex apitou espontaneamente e identifiquei um Pokémon do tipo psíquico: um Natu. Um Pokémon muito interessante, por sinal. Era dos tipos psíquico e voador, o que faria qualquer Elementalista Aero, como eu, se encantassem e interessassem imediatamente, e eu estava preparado para outra batalha e outra possível captura.

- Saia, Noibat! - logo dizia - Ei, você, Natu! Prepare-se para uma batalha! Noibat, use seu Screech e, logo em seguida, um Supersonic concentrado!

Objetivos escreveu:
  • Encontrar e batalhar com NPC Kika;
  • Encontrar, batalhar e capturar um Hoothoot;
  • Encontrar, batalhar e capturar um Surskit Flabébé;
  • Procurar por mercadorias para transportar.

Flores coloridas escreveu:
  • Combates automáticos: 01 - 02 flores coloridas;
  • Posts comuns: 09 - 04 flores coloridas;
  • Total: 06 flores coloridas.




Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Chapter I] O início de um sonho — Postado

Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum