Bulba RPG
Bem-vindo! Para ter acesso completo ao conteúdo do fórum deve fazer Login ou Registar-se
Bulba RPG
Fórum Roleplay de Pokémon
Passaram-se apenas dois meses desde a neutralização das maiores empresas criminosas. O mundo respirava de alívio novamente desde o Grande Cataclisma mas muitos começavam já a procurar pelo pior.O universo trabalha em padrões e nunca estes pardos foram tão nítidos como desde o Grande Cataclisma. Para cada momento de paz surge sempre um momento de caos.
estação
Primavera

[Historia] Por Detrás das Máscaras

Ir em baixo

[Historia] Por Detrás das Máscaras — Postado em Ter Mar 13, 2018 7:47 pm

[Historia]
Por Detrás das Máscaras

______________________Sinopse______________________
Algo esta acontecendo no mundo do Crime... Uma nova Organização surge das sombras, comprando, ameaçando e sabotando as restantes Organizações. Ninguem esta a salvo, nem mesmo os criminosos.

______________________Resumo do Evento______________________
Quem quiser ler o Evento em poucas linhas para se situar pode faze-lo abrindo o Spoiler.
Porem é recomendado a leitura do evento quando possível.


-- Sendo produzida... --

______________________Índice______________________
Chapter I - A Organização Delta
Chapter II - A Organização Rocket
Chapter III -O Sol e o Escudo
Chapter IV -O Fim da Luz

[center]______________________Personagens______________________
(Se não quer levar spoiler não é recomendado que abra esta lista)


Última edição por L Mars em Ter Mar 13, 2018 8:05 pm, editado 1 vez(es)
L Mars
Fundador
avatar
Fundador

Tamer Dark
Sem Profissão
Sem Fação
Mensagens : 15475
PokePontos : 4838
Extras : O Acordar de Darkrai
Berry Fields
Loja
[Sorteios]
Rota Atual : Chp. XI - Ecruteak City



Ver perfil do usuário http://bulbarpg.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Historia] Por Detrás das Máscaras — Postado em Ter Mar 13, 2018 7:48 pm

Capítulo I
A Organização Delta

Passou-se quase um ano desde que a maior catastofre atingiu o mundo. O Grande Cataclisma causou um desequilibro no mundo, nos Pokémons e nas pessoas. O trabalho de reconstrução, de mapeamento e organização era demorado mas necessário e felizmente todos pareciam ajudar.
A Aether Fundation tinha saído de Alola após o Grande Cataclisma e era agora uma força mundial, ajudando com as suas tecnologias e conhecimento. A policia aliava-se aos Rangers para garantir a segurança de todos e ate diversas empresas multi milionárias usavam os seus fundos para garantir a felicidade e bem estar de pessoas e Pokemons. A Silph Co. e a Devon Corporation faziam uma parceria entre as duas e estavam a oferecer descontos nas suas Pokebolas e ate em alguns produtos mais básicos nas suas lojas. Falava-se ate de uma fusão entre as duas proposta por Steven Stone o atual presidente da Devon Corporation.
Outras ajudas também chegavam, algumas mais publicitadas que outras. Dracma H. Elta era manchete de jornal por ter gasto quase 5 milhões de Pokedollars para mapear grande parte do novo continente, conhecido agora como Pokegea. Tinha usado a mais recente tecnologia Pokemon para tirar fotos aéreas dos vários locais e enviava tudo gratuitamente para todos os que possuíam um HoloCaster. Outros donativos chegavam de forma anónima mas com bastante impacto. Um empresário anónimo tinha aberto vários dos seus estabelecimentos - grande parte de jogos e diversão - de forma a garantir momentaneamente um momento de lazer. A época festiva também ajudava a que muitos abrissem os cordões há sua bolsa e dessem algum.

Passou se um ano mas parecia que tinha sido ontem que muitos perderam a vida no Cataclisma. Passou se um ano mas parecia tudo uma memória distante do que aconteceu para muitos. A dor afectava as pessoas de forma diferente, não havendo consenso entre ninguém. Apenas concordavam que tinha sido algo realmente catastrófico.
Porém no meio dessa alegria e tristeza aparente, de reconstrução e organização, alguém ficava nas sombras a fazer o seu trabalho real. Diversas organizações criminosas, grupos e bandos formavam-se quase todos os dias. Os mais pequenos - grupos de meia dúzia de delinquentes - eram facilmente parados passados alguns dias, ou mesmo horas. Mas alguns começavam a emergir com força das sombras e davam pequenos alertas para a Policia Internacional. Quatro grandes sombras que se projectavam sobre a paz do novo mundo...

-- Por favor, uma ultima foto! - gritava uma voz masculina agarrada a uma enorme câmara fotográfica. Ao lado estava um Magnemite a flutuar ao lado do fotógrafo e aos seus pés um pequeno Whismur que servia de assistente de som - Miss Dracma, Miss Dracma aqui! - exclamava ele.
A mulher de cabelo preto com pequenas madeixas verdes parava e virava um pouco o corpo de forma a dar uma ultima foto para aquele grupo de jornalistas. Era Dracma, uma das mais conceituadas Empresárias da antiga Hoenn e agora uma das mais conhecidas a nível mundial. Tinha acabado de sair de uma conferência de empresa onde tinha explicado as novas técnicas de investigação e mapeamento de Pokegea. Todos a escutaram atentamente e tiravam os seus apontamentos para os futuros artigos.
Agora, com a conferência de empresa concluída Dracma retornava ao seu escritório na sua sede principal. Atrás de si vários assistentes que a seguiam dando lhe alguns papeis e documentos para ela ver enquanto caminhava. Apesar de trabalhoso Dracma conseguia gerir tudo aquilo de forma quase mecânica e automática. Era um momento próspero para a sua empresa e para os seus planos. Abria a porta do seu escritório e fazia sinal com a sua mao para nao ser seguida ou incomodada. Os assistentes respeitavam recuando em seguida.
A magnata entrava no seu escritório. Estava de janela fechadas e apenas umas brechas de luz atravessavam as cortinas. Sentava se na sua poltrona por detrás da sua enorme secretaria e descansava o seu corpo. Deixava-o afundar-se na caríssima mas cómoda poltrona e por momentos a sua mente divagava. Estava tudo a correr como planeado. Aquele Cataclisma tinha sido algo que nunca ela se teria lembrado e só tinha a agradecer as felizes coincidências que geraram tudo aquilo. Graças a isso conseguiu comprar grandes lotes de terreno em Pokegea e estava agora a projectar novas base e edifícios para a Team Delta. A Líder da Organização Criminosa sabia fazer bem o seu plano, nao tivesse ela sido ensinada por Maxie na arte do planeamento e engano e ate Archie a ensinou a ser mais ousada e arriscada.
Tudo parecia estar a funcionar lindamente para Dracma e a sua organização.
Um bater na sua porta traziam a Líder ha realidade.
-- Sim? - perguntava Dracma.
A porta abria-se e um dos seus assistentes espreitava para dentro do seu escritório. Tinha um Anel de Esmeralda na sua mao direita, identificando o como um dos seus assistentes que sabia da Team Delta.
-- Miss Dracma, tem aqui uma visita nao agendada que diz que quer falar consigo. É a senhora Malva, da antiga Kalos. A pivot e jornalista.
-- Eu sei quem ela é. - Dizia rispidamente Dracma. - Diz lhe que o tempo para entrevistas já acabou. Se ela quiser que agende para outro dia.
-- Não é uma entrevista que quero de ti. - uma mão feminina com unhas pintadas de um vermelho quase preto empurrava lentamente a porta. Do outro lado, como era de esperar, estava Malva com um sorriso. O seu cabelo rosa e os seus óculos escuros identificavam na em qualquer lugar. Deu dois passos para dentro do escritório de Dracma e pousava na sua secretaria quatro anéis de Esmeralda, um deles ainda com vestígios de sangue. Dracma olhava para os anéis e para Malva e fazia sinal com a sua mão para o seu assistente saísse e fechasse a porta.
Sozinhas as duas mulheres olhavam se nos olhos, sem nunca quebrarem o contacto visual.
-- Foram surpreendentemente fáceis de conseguir. - Dizia Malva sorrindo um pouco. Aquela mulher, de estilo peculiar mas com presença era alguém a temer. O seu título de Elite era bem justificado principalmente para quem conhecia o seu passado negro.
Dracma por sua vez mostrava se calma e serena. Erguia uma das suas sobrancelhas e começava a brincar com os anéis em cima da mesa.
-- Há cinco anos atrás convidei te para o meu círculo intimo de amigos e tu recusaste. Lembraste disso? - perguntava Dracma.
Malva lançava uma pequena gargalhada enquanto se sentava na cadeira em frente a Dracma.
-- Claro que me lembro disso. Todo aquele jantar, tanta ponpa e circunstância para teres um pequeno culto ou grupo. Nunca me agradou muito. Não desde o que aconteceu entre mim e o Lissandre. - Malva encostava se na cadeira. Os seus óculos escuros reflectiam Dracma.
Fez se um momento de silencio que fora rapidamente interrompido pela Empresária.
-- O que queres?
Malva sorria e com um premir de um botão do seu HoloCaster diversas informações surgiam no monitor de Dracma. A Líder da Team Delta tentava perceber o que era tudo aquilo e quando o fez os seus olhos abriram-se de espanto.
Eram dezenas e dezenas de propriedades em Pokegea e ate em Alola com o seu nome. Institutos de pesquisa, centros de comércio, ate mesmo empresas de transporte e distribuição de mercadorias.
-- O que é isto tudo? - dizia ela enquanto continuava a ler pagina atras de pagina de documentos oficiais tudo no nome dela.
-- Eu vim te visitar em nome do meu Patrono. Ele quer fazer te uma proposta diferente das que normalmente recebes. E tudo o que tu vez é teu se assim o desejares. - dizia Malva.
-- Sinto que estou a vender a minha alma mas vou saciar a curiosidade: qual é a proposta? - perguntava Dracma colocando se inconscientemente mais para a frente para escutar claramente Malva.
-- Simples. Em troca da liderança da tua pequena equipa Delta tu vens trabalhar para nos. Terás há mesma a tua liberdade e só te é pedido que continues a fazer o teu plano normal. E claro poderás levar algum do teu pessoal.
Dracma não reagia. Mantinha uma expressão fechada como se aquilo não lhe dissesse nada.
-- Ah. A tua querida Mary Weathers mande te comprimentos. Ela tem sido uma tao boa agente. - dizia Malva mandando um beijo com a sua mao. Dracma continuava sem nenhuma expressão no seu rosto mas semi ferrava um dos seus punhos.
-- Dez anos a montar o meu negócio e agora que estou no auge e que tenho grandes planos é que vou sair? Só porque me dão uns quantos papeis que eu mais cedo ou mais tarde teria na minha mão? Desculpa mas o teu Patrono não me conhece bem Malva. Mas é sempre um prazer fazer negócios contigo. - Dizia Dracma sorrindo sarcasticamente.
Malva não dizia nada. Apenas esboçava um sorriso falso e erguia-se da sua cadeira. Dirigia se para a porta. Colocava a sua mão na maçaneta porém parava.
-- O meu Patrono conhece te melhor do que tu pensas Dracma. Ele calculou que fosses recusar e apenas me disse para te transmitir isto: - Malva puxava de um pequeno gravador áudio e pressionava no Play. Do aparelho surgia o riso de uma criança. Não havia fala nem diálogo. Só o riso de uma criança que parecia estar realmente a divertir-se há beira mar.
-- Ele disse-me que é possível voltares a ve-lo. Basta aceitares a proposta. Pensa nisso. - dizia Malva abrindo a porta sendo banhada pela luz exterior. A sua silhueta esbelta desaparecia enquanto que a luz ficava a bater na cara de Dracma.
A Empresária possuía uma lágrima a escorrer de um dos seus olhos e possuía um misto de alegria e descrença. Como se todo o seu mundo tivesse sido abalado.
L Mars
Fundador
avatar
Fundador

Tamer Dark
Sem Profissão
Sem Fação
Mensagens : 15475
PokePontos : 4838
Extras : O Acordar de Darkrai
Berry Fields
Loja
[Sorteios]
Rota Atual : Chp. XI - Ecruteak City



Ver perfil do usuário http://bulbarpg.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Historia] Por Detrás das Máscaras — Postado em Ter Mar 13, 2018 7:48 pm

Capítulo II
A Organização Rocket

-- Sim eu sei... Claro que sei o prejuízo que estamos a ter... O que queres que faça agora? O incompetente nesta merda toda foste tu!
Com uma força assustadora a mulher que falava ao telefone arremessava o telefone contra a parede mais próxima. Colocava as suas mãos na cabeça, entre os seus cabelos vermelhos, deixando revelado o monitor do seu computador. Vários números a vermelho com dezenas de emails abertos em segundo plano. Em plano principal era possível ver vários ficheiros de facturação referente ao gasto - ou neste caso perda - nos casinos espalhados um pouco por todo o lado.
-- Se ao menos ele cá estivesse seria diferente... - dizia a mulher quase num murmúrio. Olhava para uma foto bastante antiga. Na foto era possível ve-la agarrada a uma criança com o seu cabelo vermelho e ao lado um homem de cara robusta e cabelo curto. O seu fato impecável e cortado cuidadosamente destacava-se naquela foto. Quase tanto como o enorme Persian que estava atrás dos humanos. Mas aquela cara era reconhecida em qualquer lado. E mais que a sua cara era o seu nome, que antigamente gerava medo e respeito.
-- Fazes me tanta falta Giovanni. Onde é que estas... - dizia Ariana.
A actual líder da Team Rocket e esposa e companheira de Giovanni não estava com o seu aspecto cuidado e bem maquilhada. Tinha uma expressão de cansaço enorme e parecia que os anos não lhe tinham sido muito simpáticos.
Passaram se anos desde que Giovanni se afastou da Team Rocket e por sua vez de Ariana e do seu único filho. Apesar de ter mantido algum contacto o seu paradeiro era desconhecido ate para Ariana. A Líder tinha reerguido a Team Rocket com o principal motivo de atrair a atenção do seu amado mas... Sem sucesso. Em vez disso afastou ainda mais o seu filho.
Antes do Grande Cataclisma ela tinha um paradeiro quase que certo de onde Giovanni estava, perto de Driftveil City em Unova. Porém, com o Cataclisma perdeu qualquer pista que tinha, ou se ele tinha ou não sobrevivido.
Alguem batia à porta do seu escritório. Era um bater suave mas que quebrava o distanciamento de Ariana, puxando-a para a realidade do seu escritório.
-- Entre... - Dizia ela em tom monocórdico. Colocava-se mais direita e com uma postura mais intimidadora, e colocava a foto no seu lugar. A porta abria-se e revelava uma mulher alta de cabelo azul-acinzentado. A sua presença era automaticamente reconhecida por Ariana, e não parecia ser a mais desejada.
-- O que queres daqui Sabrina? - Questionava Ariana agarrando instintivamente numa das suas Pokeballs.
-- Calma calma... - Dizia Sabrina sorrindo. - Os teus meninos deixaram-me entrar e preciso de falar de negócios contigo... - Continuava ela, apontando para o corredor que levava até ao escritório de Ariana. O Corredor possuia diversos Grunts e outros membros da Team Rocket inconscientes no chão ou ainda presos contra a parede. Aquilo não acalmava Ariana, antes pelo contrário. Acionava um butão na sua secretária a pedir reforços.
-- Sai imediatamente! - Dizia Ariana em furia. Sabrina, uma Gym Leader de Kanto e ex-Rocket era uma visão do passado que Ariana dispensava ver ou sequer reconhecer a sua presença. A Gym Leader tinha traido a organização e mesmo quando Ariana foi ter com ela anos mais tarde, foi recebida com desdem e risos de humilhação.
A expressão suave e doce de Sabrina mudava rapidamente e com um gesto rápido com a sua mão, a treinadora Psiquica projetava Ariana contra uma parede, mantendo-a presa e pressionada.
-- Vais me ouvir a bem, ou a mal... Tu decides... - Dizia Sabrina num tom sério e ameaçador. Encurralada Ariana tentava soltar-se, mas sem sucesso. Sentia o seu corpo mais e mais premido contra a parede até que tudo ficou branco. Sabrina estava a usar os seus poderes psíquicos e estavam agora numa enorme e infindável sala branca. Só lá estava Sabrina e Ariana, de pé, frente a frente.
Ariana acabava por desistir um pouco de lutar, afinal estava em desvantagem. Teria de esperar por reforços e usar o que tinha aprendido com Giovanni. Caminhava em frente, dando dois passos e materalizava na sala a sua poltrona.
-- Muito bem então... o que desejas. - Dizia Ariana sentando-se na poltrona. Sabrina não se sentava em lado nenhum, em vez disso caminhava erraticamente pela sala.
-- A Team Rocket esta acabada. - Dizia calmamente Sabrina. - E não vale a pena mentires. Tu sabes que a organização não é nem um quarto do que era antes. Não há sequer presença no seu nome. Uma pessoa fala na Team Rocket e os mais novo riem-se e os mais velhos lembram-se do passado como quem lembra uma boa memória.
Ariana mantinha-se calada. Sabia que era a verdade mas mesmo assim mantinha uma expressão séria e fechada.
-- Por isso trago-te aqui uma proposta que penso que seria do teu agrado. Passas para o meu Patrono tudo o que tens da Team Rocket e nos dar-te-emos aquilo que o teu coração realmente deseja...
A Lider da Team Rocket ria-se e levantava-se da sua cadeira. O riso inundava a sala. Era um riso frio e penetrante.
-- Tu, a queres a Team Rocket para alguem? Que conversa é esta? Quem te conseguiu comprar dessa forma? - Dizia Ariana.
-- A mesma pessoa que sabe onde está o teu Giovanni...
O silêncio enchia a sala naquele instante. Os olhos de Ariana abriam-se e um misto de felicidade e furia inundavam a mulher.
-- ONDE ESTÁ ELE?! - Gritava ela bem alto.
Sabrina fazia um gesto com as mãos e a sala inundava-se de imagens, memórias e visões que a treinadora Psiquica tinha recolhido. Mostravam um homem de cabelo comprido e barba grande e suja, roupas rasgadas a caminhar por um local desconhecido. Aquele não era Giovanni, pelo menos seria esse o pensamento de qualquer um. Mas Ariana conheceria-o de qualquer lado. Era Giovanni, o seu Giovanni.
Automaticamente começava a tentar encontrar algum local de referência nas imagens para ir à procura mas sem sucesso. Apenas via deserto à distância, uma enorme ponte metálica sobre um mar de areia e um céu azul...
Subitamente a sala branca começava a desaparecer gradualmente e Sabrina agarrava-se ao seu braço esquerdo. Tinha levado com um Poison Sting vindo de um dos cantos do escritório de Ariana. No canto uma pequena mas mortifera Black Widow Joltik.
Ariana sorria. Agora livre do controlo de Sabrina agarrava firmemente nas suas Pokeballs, pronta a prender a treinadora Psíquica.
Mas Sabrina não se mostrava nem um pouco preocupada. Continuava a ter todo o controlo e sorria pois sabia exatamente o que ia acontecer a seguir.
Os monitores de Ariana enchiam-se de emails urgentes a cair, o programa que estava a usar brilhava de vermelho e à distancia ouvia-se as sirenes da policia.
Sabrina estendia-lhe a mão.
-- Vem comigo e salva-te... Vem comigo e encontra Giovanni.
-- Nunca! - Gritava Ariana soltando um Alola Persian, de cabeça elegante, igual ao Persian do seu amado. O pokémon Dark estava pronto para atacar Sabrina e a treinadora dava um passo para trás.
-- Vem comigo Ariana, confia em mim! Não à muito a lutar pela Team Rocket! O meu Patrono acabou de te comprar todos os casinos e tudo o que estava associado a ti. Ele vai abrir Ginásios e Contests em Alola, para espalhar a sua influência!  E tu ou podes pertencer a este projeto ou morrer com a tua Equipa Rocket! - Gritava Sabrina.
Era obrigada a falar cada vez mais alto. À distancia, sob o barulho de fundo das sirenes ouviam-se já portas a ser quebradas e pokémons a lutar.
-- O que me dizes? Por um futuro melhor? Por um futuro com quem tu queres... - Dizia Sabrina esticando a sua mão. Atrás dela surgia via Teleport o seu Alakazam que a avisava que não tinha muito tempo.
Ariana olhava para Sabrina e para o seu escritório. Via o seu computador a encher-se de avisos e luzes vermelhas. Noutra situação Ariana iria agir de forma fria e calculada e iria fugir dali ainda a rir-se, mas a imagem de Giovanni naquela condições estavam gravadas na sua mente. Seria aquilo verdade ou apenas uma ilusão que Sabrina tinha criado?
Porem não parecia ter muito por onde escolher. Acreditar em Sabrina ou enfrentar a policia... eram as suas únicas opções.
-- Espero que morras de forma dolorosa... - Dizia Ariana agarrando na mão de Sabrina.
-- Um dia... mas contigo ao meu lado. - Respondia a treinadora rindo-se. Num instante Sabrina, Ariana e os seus Pokémons e Alakazam desapareciam. No instante a seguir um Arcanine rebentava a porta do corredor com um lança chamas, apenas para verem dezenas de Team Rockets já caídos no chão.
Invadiam o escritório de Ariana apenas para o encontraram vazio... A Team Rocket estava acabada mas... onde estava a sua Lider agora?


-- Mais chá?
Grimsley abanava a sua cabeça recusando educadamente.
-- Nunca foste um fã de chá... - Dizia um homem de cabelo loiro com uma madeixa azul no seu cabelo. Em cima da mesa estavam dois dísticos dobrados e partidos, muito destruidos... Dois pequenos símbolos usados por criminosos. Um eclipse e um escudo com um enorme P no centro.
-- Fiz a parte do meu acordo e reuni-me contigo Colress... Agora cumpre o teu acordo. O que queres? - Dizia Grimsley com uma expressão fechada.
Colress sorria...
L Mars
Fundador
avatar
Fundador

Tamer Dark
Sem Profissão
Sem Fação
Mensagens : 15475
PokePontos : 4838
Extras : O Acordar de Darkrai
Berry Fields
Loja
[Sorteios]
Rota Atual : Chp. XI - Ecruteak City



Ver perfil do usuário http://bulbarpg.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Historia] Por Detrás das Máscaras — Postado em Ter Mar 13, 2018 7:49 pm

Capítulo III
O Sol e o Escudo

-- Estou a ver que te adaptaste muito bem a esta singela vida de Gym Leader... - Dizia Colress. Grimsley apenas se limitava a manter uma cara séria. - Apesar de não se adequar nada a ti. Onde estão os desafios e o luxo que tinhas quando eras um Elite? Perdeste essa tua vida de luxuria quando perdeste todo o teu dinheiro nos casinos?
As palavras de Colress eram afiadas como facas, mas o Unoviano mantinha-se sem expressão.
-- Enganaste. - Dizia Grimsley corrigindo Colress. - Eu também organizo os Contests desta cidade e até estou a servir de primeiro desafio na área de Purificação na Burned Tower. Ainda à uns dias foi derrotado por uma Purificadora que me deu algum desafio. Uma... Deloris Filoven se a memória não me falha. Mas deixemo-nos de falar de mim... Que é feito de ti desde a tua pseudo tentativa de ser alguém no mundo?
Grimsley falava num tom frio e calculado, enquanto partia uma pequena fatia de bolo.
Os dois estavam frente a frente numa pituresca esplanada de uma pequena pastelaria, muito reconhecida em Ecruteak pelos seus doces e por se manter fiel à decoração Johtiana e antiga. A esplanada não tinha muitas pessoas: uma mãe com o seu filho a dividirem meia fatia de bolo de chocolate e um casal idoso a descansarem, apanhando os raios de sol do fim da tarde.
Apesar da reputação de Colress como criminoso, ele não era facilmente reconhecido. Não era um criminoso que tivesse muito tempo na luz da ribalta e isso ajudava a poder andar na rua sem correr perigo. Grimsley também tinha usado o seu poder na cidade para "subornar" um pouco a Policia, para não se intrometerem.
Colress preparava-se para falar, olhando para Grimsley. Levava a sua chávena de chá e bebia o seu chá.
-- Sempre tão habilidoso com essa lingua que eu conheço bem. - Respondia Colress rindo-se um pouco. - Nem aprecias os pequenos momentos da vida nem as pequenas vitorias. - Dizia Colress. - Mas bem... Como queiras. - Continuava ele, ficando com uma expressão mais séria no rosto. - Venho da parte de alguém importante que até podes já ter ouvido falar. É um novo projeto, bastante bem pensado e com boas cabeças por detrás dele...
-- Dispenso. - Dizia rispidamente Grimsley enquanto cortava mais uma pedaço do seu bolo com creme.
-- As tuas divididas foram pagas e o teu cadastro queimado. - Dizia Colress ainda com a chavena perto da sua boca, bebendo depois mais um pouco de chá.
Grimsley ficava imóvel e confuso.
-- Como assim?
-- O meu Patrono é uma pessoa com visão e que gosta de cuidar dos seus. Viu potencial em ti, devido ao que fizeste no passado e decidiu prendar-te com esta prenda...
-- Suborno. - Dizia Grimsley interrompendo Colress.
-- Suborno, prenda, bónus... O que interessa é que neste momento não te tens de preocupar com nada, até já podes voltar a entrar em Alola e abandonar este buraco. A vida de Gym Leader não é para ti. Precisas de algo ao teu nível... - Dizia Colress orgulhoso de si mesmo. Grimsley mantinha-se calmo por fora, mas por dentro fervia um pouco.
-- Portanto, tu pensas que comprando-me consegues ter-me novamente na tua mão? Ignoro simplesmente a tua traição em Alola... o teu confronto que tivemos ali há meses atrás? - Dizia Grimsley apontando para a praça de Ecruteak City.
A voz de Grimsley levantava-se um pouco. A mãe e o filho saiam da esplanada calmamente, pois já tinham acabado de lanchar. Sobrava apenas o casal idoso que ainda apreciava a sua tarde.
-- Não penso ter-te na mão nem estar a controlar-te. Apenas vimos em ti uma boa aquisição para esta equipa. É revolucionaria e nem se vai comparar com aquelas equipas que entretanto já foram aniquiladas. - Colress dizia isto enquanto olhava para os crachás que estavam em cima da mesa. Grimsley estava curioso, mas tentava não mostrar isso.
-- Ilucida-me então... Qual o motivo dos crachás em cima da mesa? Colecionismo? - Dizia o Gym Leader.
-- São uma pequena prova da visão do meu patrono. A Team Rocket já foi tratada. Já apreenderam todas as bases e até a base em Novus City. A Team Delta também foi comprada. Faz parte do grande plano agora.
Grimsley não esboçava nenhuma expressão mas por dentro sorria. Lentamente Colress contava-lhe as coisas que poderiam ser úteis.
-- E agora a Team NeoGenesis e a Plasma foram dissolvidas também. Essas foram as mais faceis. Só tive de matar alguns que se opuseram à ideia na Plasma e na NeoGenesis... bem... a ideia foi aplaudida pelo Lider. - Fazia uma pequena pausa. - Ah. E não penses que me estas a enganar a fingir-te de interessado. Tudo isto já foi enviado para a Policia Internacional e os grandes canais de televisão. Dentro em breve será de conhecimento publico. - Dizia Colress rindo-se. Grimsley cerrava os seu punhos com força. Esperava ter tido ali um momento de esperteza mas Colress parecia estar um passo à sua frente. Só lhe restava mais um trunfo na manga... Disfarçadamente Grimlsey pressionava um butão no seu relogio. Estava a enviar um sinal à Policia - assim como tinha ficado combinado - para servirem de reforço.
-- Estas de parabéns. Parecem ter isso tudo pensado sim. - Dizia Grimsley. Agora era a vez dele falar, para ganhar alguns minutos cruciais. - E planos para o futuro? Qual a próxima conquista? - Dizia Grimsley rindo-se um pouco. Colress permanecia calmo e sereno.
-- Oh, o normal. Dominio local, controlo das cidades, capturar lendários, impedir os teus reforços de chegarem, conquistar o mundo... O normal sabes. - Dizia Colress enquanto retirava os seus óculos e limpava as lentes num paninho.
Grimsley percebia a indireta. Colress era esperto, sempre o fora e não seria agora que as suas defesas estariam em baixo. Grimsley sabia que não se mexesse agora Colress iria simplesmente ir embora de alguma forma. Não iria conseguir empata-lo mais. Agarrava numa das suas pokeballs mas sentia uma mão a pousar no seu ombro.
Era a idosa que estava nas mesas ao lado e ao seu lado - mais perto de Colress - estava o seu marido que sorria.
-- Desculpem incomodar o vosso pequeno lanche. - Dizia ela sorrindo. - Mas precisava de umas indicações turisticas de Ecruteak. É que acabei de chegar e não me queria perder.
O seu marido aproximava-se de Colress e apertava-lhe a mão, comprimentando-o. Colress inicialmente ficou a olhar para o idoso com alguma desconfiança mas apertava-lhe a mão. O idoso tinha um aperto de mão forte e sorria. Os seus dentes pontiagudos fizeram Colress não só puxar a sua mão como levantar-se rapidamente.
-- Oh querido... devias ter mantido essa boca fechada mais algum tempo. - Dizia a idosa. Lentamente a idosa parecia ficar mais alta e o seu cabelo mais e mais longo e o seu marido começava a... ganhar pelo?
-- Karen! - Dizia Grimsley e Colress quase em simultâneo. Colress recuava mais um pouco e Grimsley levantava-se da sua cadeira.
A ilusão acabava rapidamente mostrando um Zoruark onde estava o idoso e a senhora idosa mostrava ser uma deslumbrante mulher, de cabelos acinzentados e com uma cintura de invejar. Karen, a Elite 4 de Johto era uma mulher de respeito e conhecida pelos seus truques em combate, fazendo jus ao seu Type de eleição.
Colress estava em desvantagem e libertava dois pokémons seus muito rapidamente. Um era um enorme Magnezonee o outro um Beheeyem. Nenhum dos Pokémons parecia ter receio daquele Zoruark ou dos inimigos do seu treinador.
-- Por esta não estava à espera Karen. - Dizia Grimsley sorrindo.
-- Sabes como é... Uma mão lava a outra. - Dizia a Kantoniana.
O tempo parecia ter parado por breves instantes, enquanto os três se entreolhavam. Colress tinha de agir corretamente pois estava em desvantagem. Subitamente o seu Magnezonee formava uma enorme bola de eletricidade à sua frente e atirava-a sobre Zoruark. Era rapido o ataque e sentia-se a estatica no ar mas Grimsley arremessava uma Pokeball sua ao ar. O Pokémon de Grimsley levava com toda a força do ataque criando uma cortina de fumo que depressa desaparecia. Um Krookodile surgia em frente a Zoruark, anulando o ataque de Colress.
-- Tsc... - Colress via que estava em desvantagem e era pior do que pensava. Os seus reforços também não estavam a aparecer. Tinha trazido uns cinco agentes consigo mas nenhum deles estava a aparecer. De certo que Karen estava por detrás daquilo. - Calculei mal. Talvez devesse ter ido atrás de outras pessoas como tu Karen. - Dizia Colress sorrindo.
-- Nah... já tive o meu tempo com equipas criminosas. Não preciso de mais nenhuma. Estou bem assim. A vida de Actriz é bem mais glamorosa. - Dizia ela passando a sua mão pelos seus longos cabelos.
Colress observava. Estava frente a frente contra dois Elites, especializado em tipos Dark numa cidade que certamente os iria proteger assim que uma grande batalha começasse. O Cientista sabia quando recuar e era aquele momento. Beheeyem aproximava-se de Colress e Karen foi a primeira a perceber.
-- Zoroark! Usa Night Daze rápido! - Gritava Karen.
Zoroark criava uma onda de energia à sua volta e atirava-a na direção de Colress e de Beheeyem mas Colress tinha sido mais rapido. Tocava no seu Pokémon Psiquico e despareciam todos num rapido Teleport. O ataque de Zoroark embatia no chão deixando uma cratera onde estava Colress.
Grimsley reagia atirando ao ar o seu Hunchkrow e Mandibuzz.
-- Sobrevoem os céus! Eles não podem estar longe! - Gritava Grimsley.
Aquele alvoroço tinha chamado a atenção das pessoas que passavam e rapidamente começaram a seguir as ordens de Grimsley...

As buscas não tinham dado em nada. Colress tinha escapado novamente sob as mãos de Grimsley. Mas desta vez tinha sido diferente. Tinha sido ele a desaparecer e não o Elite...
No local onde Colress tinha desaparecido estava agora um pequeno emblema. Parecia uma Pokeball com uma coroa por cima. O detalha era perfeito e bem elaborado...
L Mars
Fundador
avatar
Fundador

Tamer Dark
Sem Profissão
Sem Fação
Mensagens : 15475
PokePontos : 4838
Extras : O Acordar de Darkrai
Berry Fields
Loja
[Sorteios]
Rota Atual : Chp. XI - Ecruteak City



Ver perfil do usuário http://bulbarpg.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Historia] Por Detrás das Máscaras — Postado em Ter Mar 13, 2018 7:50 pm

Capítulo IV
O Fim da Luz

Passaram-se cerca de duas semanas desde que a bomba jornalística tinha atravessado o mundo. Numa operação relâmpago feita pela Policia Internacional as grandes Organizações Criminosas tinham acabado. O mundo respirava de alivio ao ver nas noticias que o terrores do passado tinham sido extintos ou neutralizados. Várias imagens eram transmitidas nomeadamente de membros da Team Rocket a serem escoltados em carrinhas para fora de Novus City e até membro da team Delta a entrar de livre vontade nas esquadras para minimizarem os seus estragos.
-- É com orgulho que dou os parabéns à Policia Internacional e a todos os envolvidos! Pessoalmente irei entregar meio milhão de Pokedollares a esta instituição para que eu e todo nós nos continuemos a sentir seguros nas nossas vidas!
Aquele discurso era repetido e re-transmitido agora em todos os skteches de noticiais. Um discurso feito por Dracma H. Elta, a mega empresária que parecia ter subido no seu poder nas ultimas semanas, tendo adquirido várias novas companhias e territórios, muitos deles graças à intervenção da Policia e às capturas dos membros criminosos.
Mas algo não estava certo... Num olhar mais atento e critico era fácil de perceber o que estava a acontecer... mas acima de tudo era assustador de pensar...

Looker estava perdido nos seus pensamentos. Tudo aquilo não batia certo, principalmente porque grande parte do trabalho não fora feito de facto pela Policia Internacional. Então porque é que os medias insistiam em anunciar isso? E porque é que os seus chefes estavam a receber os créditos todos?
Quando Grimsley foi falar com Looker e os seus poucos superiores explicou tudo da forma mais clara e explicita possível. Tinha sido abordado para entrar numa nova Equipa Criminosa, equipa essa que tinha neutralizado ou ajudado a acabar com as restantes. Mas porque, questionava-se Looker? Já tentara investigar mais afundo tudo, mas tinha recebido orden diretas para, pelo menos naquele momento, se manter atento. Não valeria a pena estar a preocupar a população com algo que ainda não tinha surgido. Mas não deixava de ser suspeito, principalmente todo o empenho que os media e outros difusores estavam a ter para esconder certos pormenores. No meio desta confusão libertadora até Malva tinha sido promovida a Chefe de Noticiais do seu canal e isso era algo que deixava Looker suspeito, principalmente devido ao seu passado não-publico.

-- ... ker... Looker .... Terra chama Looker ... - Um jovem de cabelos vermelhos puxava o detetive para o mundo real e fisico.
-- Ahm? Ah sim, desculpa Silver. Estava perdido nos meus pensamentos. - Respondia o detetive.
-- Eu notei isso... Já chegamos à um bom tempo e tudo nada. Queres um mapa para a próxima? - O sarcasmo de Silver era mordaz e on point, fazendo-o soltar um sorrisinho.
-- Deixa-o estar... - Dizia calmamente um rapaz de um longo cabelo verde. Ao contrario de Silver, ele era bem mais conhecido principalmente em Unova. Era Natural Harmonia Groupius, ou N para os amigos. Um defensor dos Pokémons e uma figura redentora dos feitos criminosos da antiga Team Plasma. Juntamente com Silver e muitos outros, N unia-se a Looker de forma a ajudar a Policia Internacional. De todos ali presentes, muitos ex-criminosos ou detetive experientes, N e Silver eram os que mais tinham a ganhar com a apreensão de certos criminosos. Silver procurava informações da sua família, já N procurava a confirmação da real morte do seu pai adotivo, Ghetsis.
Looker sorria ao ver que estava rodeado de fortes potenciais. Estava contente ao perceber que o que viria a seguir teria um desafio de peso... A Policia Internacional estava agora mais forte que nunca!

Todas as historias tem polaridades. Dois lados da mesma moeda. Luz e Sombras. Bem e mal...

Click a Click, a sala era lentamente iluminada. Uma mão masculina de luvas brancas acendiam lentamente todas as luze da sala. A sala, agora branca iluminada pelas fortes luzes, revelavam um enorme espaço com uma espaçosa mesa de madeira negra no centro e alguma cadeiras. Ao longe, vários tubos enormes de vidro revelavam alguns pokémons ligados a diversos fios. Um deles, uma pequena raposa acastanhada, tinha vários tubos multicolores a injectar algo no seu corpo. A sala estava em perfeito silêncio, fora o ligeiro zunido das máquinas a funcionar.
Um homem de cabelos azuis e cara séria entrava na sala. Os seus passos ecoavam pelo chão. Sorria e puxava um das cadeiras da mesa, mas não se sentava nela. Ficava parado temporariamente, com a sua mão pausada no topo da cadeira, enquanto observava todo aquele progresso. Usava um simbolo no seu casaco. Uma Pokeball com uma coroa. Era o simbolo da sua nova equipa
-- ... Team Imperium...  Fica no ouvido... - Dizia ele. O seu cabelo azul espetado, corpo ligeiro e alto e face marcada por uma cicatriz e fortes olheiras eram já quase uma caracteristica dele - Cyrus...
O homem estava contente com o seu trabalho. Desde o Grande Cataclisma que o homem não parara. Vira naquele caos uma fonte de sucesso para si e para os seus planos. E no Caos via Ordem, e na Ordem via Harmonia. Nunca o seu desejo esteve tão palpavel e tudo possivel a uma sequência de coincidencias na sua vida.
A porta atrás dele abria-se e outro homem entrava. Usava um fato de corte perfeito, feito dos melhores tecidos e linhas. O seu rosto era ainda mais reconhecido que o de Cyrus mas havia algo de estranho nele, como se a cara não batesse de forma correta com a realidade.
-- Giovanni, senhor... - Dizia Cyrus fazendo uma pequena vénia, voltando à sua posição normal. Puxava mais um pouco a cadeira e afastava-se, permitindo Giovanni sentar-se.
O Lider sentava-se na cadeira e observava rapidamente a sala, fazendo o mesmo que Cyrus tinha feito instantes antes.
-- De facto... Avançamos bem nestas ultimas semanas... Tudo como planeado. - Dizia Giovanni sorrindo.
-- Tudo graças aos teus conhecimentos desta e de outras realidades... - Acrescentava Cyrus sentando-se numa cadeira ao lado.
Sentavam-se lado a lado, não como patrão e empregado, mas como Mentor e Aprendiz. Eles eram de facto os dois lideres daquela organização, sendo Cyrus a cara e Giovanni a sua sombra o guiando.
Olhavam para um mapa holográfico que estava acente na mesa. Era um mapa de uma ilha com diversos pontos indicados com algumas anotações. Era Mirus Island e no centro, Novus City...

A Team Imperium estava formada, os seus Lideres e Generais escolhidos e os seus propósitos claros para todos...
Onde antes tinham fracassado agora iriam triunfar. Unidos sob a mesma Insignia, a Team Imperium iria triunfar sobre todos...

Aberto a comentários
L Mars
Fundador
avatar
Fundador

Tamer Dark
Sem Profissão
Sem Fação
Mensagens : 15475
PokePontos : 4838
Extras : O Acordar de Darkrai
Berry Fields
Loja
[Sorteios]
Rota Atual : Chp. XI - Ecruteak City



Ver perfil do usuário http://bulbarpg.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Historia] Por Detrás das Máscaras — Postado em Qua Mar 14, 2018 6:52 pm

Morriiiiiiii, mais um capitulo da história do RPG totalmente fantástico. Ao inicio fiquei com algumas dúvidas se iria permanecer como criminoso pela Team Delta já não estar presente. Mas depois destes 4 capítulos sei melhor que ninguém que vou certamente ser criminoso!

Great job, está fasntástico
Dark_Akira
Admn Pesq
avatar
Admn Pesq

Criador
Team Imperium
Mensagens : 2913
PokePontos : 1578
Extras : Fazenda
[LM] O Saque do Bruxo
Sorteios do Membro

Dossiê do membro
Rota Atual : Exploração
Day Care : Day Care

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Historia] Por Detrás das Máscaras — Postado em Sab Maio 19, 2018 2:21 pm

Giovanni is back!!!

Altura de começar a trabalhar para esta nova organização, muito bom.
-VeNom
Mestre Treinador
avatar
Mestre Treinador


Criador
Evoluidor
Team Imperium
Mensagens : 3166
PokePontos : 5934
Trocas : Loja
Extras : Sorteios
Pers. Secundárias : PS
Rota Atual : Rota
Diário Mestre : Diário de mestre






Day Care : Day Care

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Historia] Por Detrás das Máscaras — Postado

Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum