Bulba RPG
Bem-vindo! Para ter acesso completo ao conteúdo do fórum deve fazer Login ou Registar-se
Bulba RPGFórum RPG de PokémonApós o impacto entre as Ultra Beasts e Giratina no Distortion World, o mundo ficou mais pobre. Alola foi destruida e muitos outros locais desapareceram do mapa. Porem, essa destruição trouxe uma calma aparente no mundo. Um sentimento de união espalhou-se pelo mundo e a solidariedade retornou. Novas Mega Evoluções e Cristalizações foram descobertas, levando a comunidade cientifica ao extase. Porem um pensamento mantem-se presente na mente de todos: até quando esta paz?
Últimos assuntos
» Eriol [FICHA]
[Infinity Tower] - Yahto EmptyHoje à(s) 3:27 pm por Eriol

» Praça Central de Novus City
[Infinity Tower] - Yahto EmptyHoje à(s) 3:09 pm por Alado

» ♦️ FILLER. [Exploração | Ruins of Alph] - OROCHI
[Infinity Tower] - Yahto EmptyHoje à(s) 3:09 pm por Orochi

» [Sorteios] Ambar
[Infinity Tower] - Yahto EmptyHoje à(s) 2:03 pm por PokéDados

» [Sugestão] Ocultação das Provas de Valor
[Infinity Tower] - Yahto EmptyHoje à(s) 1:59 pm por Alado

» PokeCentro e PokeMart de Republic City
[Infinity Tower] - Yahto EmptyHoje à(s) 1:58 pm por Arceniopédia

» Desafio de Ginásio - Tersano Winston
[Infinity Tower] - Yahto EmptyHoje à(s) 1:46 pm por Trizzzmegisto

» Route 15 [Laurent] [autoRoute]
[Infinity Tower] - Yahto EmptyHoje à(s) 1:43 pm por Oolasys

» PokeCentro de Novus City
[Infinity Tower] - Yahto EmptyHoje à(s) 1:31 pm por Arceniopédia



[Infinity Tower] - Yahto

Treinador
Yahto

Postado em Ter Set 03, 2019 4:39 pm

Yahto
Treinador
Inversor Sem Fação Mensagens : 212
PokePontos : 2248
Extras : Sorteios
Registros Efêmeros
Rota Atual : Infinity Tower
[Infinity Tower] - Yahto 64px-Shuffle123[Infinity Tower] - Yahto 64px-Shuffle023
Os ventos o levaram ao norte da ilha, sem bussolas, mapas ou qualquer aparato útil geograficamente, a gigantesca torre atraiu seus olhos - negativamente. Substituir todos aqueles recursos naturais por estruturas previsíveis, desprovidas de cor, mas não de vida. É curioso como todos se adaptaram a esse novo meio de se viver, pareciam contentes...

Por um breve hiato, Yakekan aceitou sua estadia na pokebola, talvez evitando movimentos bruscos pós-tratamento de seus ferimentos. Agora revitalizado, o louva-deus assumia seu lugar ao lado do indígena, com sua habitual falta de moderação. Os membros laminados brilhavam mais do que nunca, e todo o sangue derramado nos arredores de Pallet sumiram sem deixar vestígio algum. Ele estava mais do que preparado para entrar novamente em ação caso fosse necessário.

Yahto avançava sem rumo, movido pela curiosidade, e simplesmente isso. Ainda não se recuperara dos traumas mentais, e o melhor remédio era preencher a mente com outros artifícios.

OFF/Notas:
1. Não confundir com o desafio da Infinity Tower, estou aqui

2. Só vim pra cá pois curto a maioria dos pokemons disponíveis, e como também não há NPC's listados aqui, sinta-se livre pra criar e recriar qualquer história que for conveniente, não tenho objetivos.

3. Pode levar meu personagem pra parte subterrânea quando quiser.


Última edição por Yahto em Sex Set 06, 2019 3:14 pm, editado 2 vez(es) (Razão : Título)


[Infinity Tower] - Yahto Whats+with+the+sudden+love+for+scyther+and+scizor++_ac4d55c84ecd523c77813174b607dafa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mestre Treinador
Hadesu

Postado em Sex Set 06, 2019 12:54 pm

Hadesu
Mestre Treinador
Curador Sem Profissão Sem Fação Mensagens : 412
PokePontos : 1010
Extras : [Sorteios]
[Infinity Tower] - Yahto 64px-BT636


Off:
Opa! Tudo bem? Então, serei o seu mestre nesta rota! Espero que possamos nos divertir juntos. Desde já peço perdão pelo atraso em sua narração, estamos com pouco pessoal x.x

Infinity Tower

Uma imponente estrutura arquitetônica se colocava em frente ao treinador, seus inúmeros andares faziam jus ao que simbolizava: o futuro em progresso. Olhando atentamente para seu exterior era possível notar inúmeras janelas e portas em seu arranjo. Os tons neutros, preto e cinza, sobrepostos ao roxo e verde, pareciam trazer um ar de cyberpunk para obra, reafirmando sua simbologia.
Embora fosse agraciada por muitos que ali passavam, parecia não ser o caso para o indígena que estava encarando-a com um olhar desgostoso. A destruição da vegetação local e a retirada dos nativos da região para a criação de uma estrutura que pouco agregava a cidade, eram motivos mais do que suficientes para causar um sentimento de repulsa ao jovem.
Movido apenas pela curiosidade, acabou se aventurando no desconhecido, pondo-se para dentro do local. A medida em que caminhava pelo interior da torre acabou se deparando com inúmeros murais nas paredes, haviam figuras que enalteciam a natureza, destruída para a construção da torre, bem como sinais de que os antigos residentes cultuavam o verde.
As pinturas revelavam muito sobre a história dos nativos, suas formas eram variáveis, algumas formavam figuras conhecidas, tais como: ossos, pessoas, árvores e pokémons. Enquanto outras estavam numa língua desconhecida, poderiam muito bem contar uma história, ou quem sabe era uma maldição sobre aqueles que macularam seus deuses?
Mesmo a visão sendo o sentido mais usado em sua busca, acabou ouvindo um som bastante peculiar. Uma voz raspava-lhe o ouvido, parecia pertencer a uma mulher idosa, falava com propriedade e imponência: - Eles destruíram nossas terras, o nosso lar. Nós resistimos até o fim, não esperávamos que os nossos nos traíssem. - A rouquidão parecia atrapalhar a comunicação da idosa, mas logo continuou: - Profanaram o sagrado, nossos objetos religiosos foram destruídos. Nossos deuses não lhes agradavam, tentaram nos impor uma nova crença, um ser diferente a ser adorado... - Engasgou-se devido as lágrimas, mas não demorou a dar segmento enquanto transparecia sua fúria: - Nós resistimos! Nós morremos. Nos tomaram tudo! Ou quase tudo... Alguns filhos desta terra sobreviveram, aqueles que eram mais fortes e dotados de poderes sobrenaturais, os pokémons. Lutaram ao nosso lado, mas não foram mortos, tinham algum valor.
Por um breve momento nada foi ouvido, o ruído que assolava sua orelha acabou cessando. Um raio caiu do lado de fora e ventos fortes romperam as trincas das janelas. A voz voltou, com mais força, mas com uma tristeza que lhe feria o coração: - Meu tempo está acabando! Por favor jovem guerreiro, ajude aqueles que estão sendo explorados, dê um descanso para a minha alma. Faça o que os traidores não fizeram. Não troque as suas origens pelo ouro.
Pela segunda vez o som parou. Não parecia que retornaria. Uma luz de tom esverdeado surgiu em frente ao corpo do garoto, esta seguia até a escadaria, parecia querer guia-lo para algum lugar.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Treinador
Yahto

Postado em Sex Set 06, 2019 3:09 pm

Yahto
Treinador
Inversor Sem Fação Mensagens : 212
PokePontos : 2248
Extras : Sorteios
Registros Efêmeros
Rota Atual : Infinity Tower
[Infinity Tower] - Yahto 64px-Shuffle123[Infinity Tower] - Yahto 64px-Shuffle023
Nada é tão saudável quanto um choque de realidade. Deveriam vender isso em pílulas, já que valorizam tanto o capital.

Seus sentidos empalideceram, o calafrio gritava quente. Era um daqueles momentos em que o mundo para e sentirmos nosso sangue viajar como a nascente de um rio, antes da inevitável poluição que o futuro reserva, durante aquele curto percurso, é lindo.

A cabana de espelhos.
O fenômeno mais bizarro já noticiado.

Nela, não só o que vemos é nossos reflexos, mas entramos em um sentido de unidade com todo nosso redor; tudo é um, um é todo. As vozes mais experientes dos Angrai citavam essa sintonia quando todos as fontes energéticas estavam alinhadas, isso só é possível quando os pensamentos caminham em mesmo sentido, quando o objetivo já não é mais singular, quando os simples seres precisam compartilhar externamente o sentimento com seus iguais, sendo eles físicos ou não. Por algum motivo, a voz que ouvia parecia um grito de sua própria alma, seus próprios lamentos, sua própria dor, seu próprio desejo de vingança. Nesse estado, não se contesta, já que a indução parece surgir de dentro, e não de fora. As cordas vocais se enlaçaram, não deixando caminho para nenhuma nota emitida de Yahto, brigava, mas não conseguia responde-la, limitando-se a olhar em volta, mapeando todas as escrituras e gravuras em busca da voz. Surpreso ficou quando a luz esverdeada surgiu, ativando um gatilho secreto em sua mente.

F L A S H B A C K
"Abaçai, que está sentindo um grande desejo de utilizar seus poderes místicos, concentra-se em Sandshrew e usa a energia verde musgo para inverter sua vantagem e torna-lo tão fraco que desacelera o movimento de giro do tatu, assim quando ele acerta Scyther, o inseto consegue bloquear com um dos braços, recebendo somente um pouco do dano..."

Post de Azzazel

Durante a transição de Yahto para Abaçaí, o xamã parecia ter perdido todas as memórias correlativas, mas a imagem evocada elucidou tudo: o poder da cabana dos espelhos já havia entrado em sua vida muito tempo antes. Ao sentir em perigo a pele de Yakekan, defendeu como se fosse a sua, instintivamente sacrificando parte de sua energia vital para transforma-la em força e manipular a força de Sandshrew. Junto com essas lembranças, ele se deu conta da lacuna na passagem do tempo em sua própria reconstituição dos fatos, não se recordava sequer das ordens que dera a Scyther contra o tatu.

H I N T
Aparentemente, o poder de inversor de Yahto só é viável quando o fenômeno "Cabana dos espelhos" está em curso. EX: O vínculo criado com Scyther possibilitou antecipar seu adversário em prol de resistência. Contudo, este método deixa sequelas corporais em seu corpo, talvez não sentidas pela grande determinação presente quando Abaçaí estava no comando.


Nesse inverno infernal, Yakekan era de fato o único sol presente, a única lembrança da natureza ao seu lado, um ponto de segurança a qual não poderia se desvencilhar tão cedo - a voz misteriosa tinha razão. Ele não tinha escolhas, o reflexo clamava por si, nem que quisesse recusar, seu corpo se moveria sozinho para aquele destino. Jogou o capuz para trás revelando sua face em completo e correu como nunca antes, seguindo a luz esverdeada como se sua existência dependesse disso.

Yakekan, hora de começar a revolução!


[Infinity Tower] - Yahto Whats+with+the+sudden+love+for+scyther+and+scizor++_ac4d55c84ecd523c77813174b607dafa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mestre Treinador
Hadesu

Postado em Sab Set 07, 2019 5:53 pm

Hadesu
Mestre Treinador
Curador Sem Profissão Sem Fação Mensagens : 412
PokePontos : 1010
Extras : [Sorteios]
[Infinity Tower] - Yahto 64px-BT636


Off:

Infinity Tower

Seguindo apenas seus instintos acabou se pondo atrás da luz esverdeada, rumando em direção à escadaria. A iluminação era precária, possibilitando enxergar apenas os degraus de mármore negro e as partículas de poeira que subiam a medida em que se deslocava.
A sujeira acumulada na superfície do corrimão não só indicava que raramente se dirigiam para o subterrâneo, como também irritava os narizes dos poucos que o faziam. Ao término da descida se deparou com inúmeros túneis, desavisados poderiam facilmente se perder em meio a tamanho labirinto, mas o jovem possuía um misterioso guia, sinalizando o caminho correto.
Dentro deste mar de escuridão poucas coisas eram relevantes. Água corria por pequenos córregos nas laterais, embora detivesse um tom escuro seu odor não era desagradável, sinal que não deveria ser fruto do esgoto. Escorria de maneira lenta, provavelmente detinha alguma viscosidade.
Embora o estranho líquido chamasse a sua atenção, acabou ouvindo o som de algo cortar o vento. Não demorou muito para um grito feminino ecoar pelos túneis, seguido de um choro infantil. A luz se intensificou, possibilitando que o jovem enxergasse uma porta próxima ao local em que estava.
O portal destoava completamente da arquitetura desta torre, parecia ter sido colocado recentemente na parede do subterrâneo. A porta era feita de madeira e se encontrava tingida completamente com tinta negra, visando camuflá-la com o ambiente. A maçaneta apresentava os mesmos tons e merecia pouca atenção, a única característica diferenciada era a pequena janela que possibilita enxergar seu interior.
Antes que pudesse realizar qualquer tipo de ação pôde ouvir um novo ruído, passos seguidos de uma indagação: - O que faz aqui garoto? Vá embora antes que eu lhe obrigue a sair! - A voz era grave, provavelmente masculina e ainda não era possível ver a sua fonte, afinal se encontrava de costas para o homem.
Com o objetivo de mostrar sua força, aquele que ameaçava Yahto lançou uma pokébola contra o chão. Mesmo não estando em seu campo visual, o jovem conseguia ouvir o som de metal raspando, bem como um pequeno grunhido: - Paw!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Treinador
Yahto

Postado em Sab Set 07, 2019 7:23 pm

Yahto
Treinador
Inversor Sem Fação Mensagens : 212
PokePontos : 2248
Extras : Sorteios
Registros Efêmeros
Rota Atual : Infinity Tower
[Infinity Tower] - Yahto 64px-Shuffle123[Infinity Tower] - Yahto 64px-Shuffle023
No que tange suas preocupações, nada o desviaria do caminho almejado. Qualquer um que interrompesse esse objetivo cairia pela mesma razão, não há tempo para fillers e figurantes. "Obrigar" é uma palavra muito, muito feia. Sequer se preocupou, dar atenção para algo é reconhecer sua importância, por esse motivo, foi sucinto, o máximo possível.

Yakekan. Onda de Vácuo e Mordida de Inseto. ─ Sussurrou para seu parceiro.

Sequer fez o caminho dos cento e oitenta graus para encarar seu oponente, seu foco o levou a espionar, cautelosamente, pela janela da parta em questão. De todo modo, já era tarde demais para abordar sorrateiramente, a batalha atrás de si confirmava isso; não duraria muito, ele tinha plena confiança em Scyther. Da cintura recuperou sua outra esfera bicolor, liberando sem alarde outra compatriota, a cobra excêntrica de seu time.

Aiyra, preciso que se infiltre e encontre um ponto seguro onde não a vejam. Quando conseguir, aguarde meu sinal.

Yahto suavemente tentaria abrir a porta apenas o suficiente para que a serpente rastejasse para seu interior e se instalasse, a baixa luminosidade era sua maior aliada e também sua esperança. Se tudo ocorresse bem, voltaria a fecha-la e a guardaria de costas, fitando ─ pela primeira vez ─ aquele que enfrentava o louva-deus e a voz que o comandava. A partir desse momento, sua estratégia era chamar atenção, o máximo possível, as consequências seriam sufocadores por qualquer lado que tomasse após entrar ali, que venham todos de uma só vez. Provocativo e munido de egoísmo, seguiu:

Não hesite em mata-los assim que possível! ─ Bradou, forçando seus pulmões a um alcance imensurável.

Sabe o pino da granada?
Eu não sei.
Já era.


[Infinity Tower] - Yahto Whats+with+the+sudden+love+for+scyther+and+scizor++_ac4d55c84ecd523c77813174b607dafa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mestre Treinador
Hadesu

Postado em Sab Set 07, 2019 11:48 pm

Hadesu
Mestre Treinador
Curador Sem Profissão Sem Fação Mensagens : 412
PokePontos : 1010
Extras : [Sorteios]
[Infinity Tower] - Yahto 64px-BT636


Off:

Infinity Tower

Para a fúria do homem, o jovem não pareceu prestar atenção em sua ameaça, ficou ainda mais estarrecido ao notar que o garoto nem se deu ao trabalho de fita-lo ao comandar seu companheiro inseto, preparando-no para o combate enquanto voltava seus olhos para a janela.
Irritado, o criminoso tratou de dar ordens para o seu pokémon de tipagem metálica, visando representar algum perigo para o Shaman: - Paw, vamos minar suas defesas com o leer! Depois use o fury cutter!
Yahto não parecia querer dar “bola” para seu adversário, confiando veemente em seu companheiro, pôs a face próxima à janela, absorvendo algumas informações sobre o interior da sala.
Era possível ver duas figuras de jaleco esbranquiçado, um homem e uma mulher, a pele dos mesmos possuía um tom caramelado e se encontrava tatuada com alguns símbolos similares ao dos murais. Ambos se encontravam caídos no chão, a figura masculina tinha um ferimento em alguma parte dos rosto ou pescoço, não era possível determinar com certeza pois se encontrava de bruços, parecia ser recente, afinal não parava de sangrar.
A mulher estava com uma criança nos braços de aproximadamente quatro anos, sua cor era similar a do casal, provavelmente era fruto de seu relacionamento. Atentando-se aos detalhes era possível perceber que o zigomático das duas estava muito marcado, sinal de subnutrição, deveriam estar nessa situação durante um bom tempo.
Mesmo abrindo a porta de maneira cautelosa para a entrada de sua cobra, a figura feminina acabou notando-o, seus olhos suplicavam por ajuda, enquanto a boca falava sem emitir som: - Fu-ja. - Aiyra adentrou a sala e se escondeu no jaleco do homem caído.
A medida em que o jovem fechava a porta, deu uma última olhada no interior da sala. Mais ao fundo podia ver um enorme painel com computadores e duas cadeiras, as mesmas pareciam estar sendo ocupadas, afinal conseguia vislumbrar duas cabeças passando o encosto. No centro existiam cerca de dez compartimentos de vidro, sobre cada um estava uma forma hexagonal preta, muito similar a um cristal. Não podia afirmar com certeza, mas parecia haver movimento em seu interior. Na base destes compartimentos estavam canos transparentes dos quais um líquido negro escorria.
Virando-se para encarar o adversário, acabou captando o momento em que Yakekan saltou. O pokémon girava enquanto tinha os braços envoltos numa luz esbranquiçada e ao estendê-los disparou uma rajada de vento contra o Pawniard, lançando-o de maneira brusca contra o chão e consequentemente emitindo um grande ruído.
A resposta da criatura de tipagem dark acabou se revelando bastante inútil, encarou o adversário e o coagiu, reduzindo sua defesa em um estágio. Sem se deixar abalar, o esverdeado partiu em alta velocidade contra seu inimigo e acabou finalizando-o com uma poderosa mordida no pescoço.
Iluminado pelo seu guia, acabou revelando o desafiante, era um homem alto e magro, seu cabelo apresentava um tom amarelado e os olhos eram azulados. Até seguiria o padrão de beleza da sociedade, isto se não tivesse um nariz tão proeminente e não fosse vesgo. O homem trajava um uniforme bastante diferente, suas vestes eram todas escuras, dando destaque para as letras que estampavam a camisa num tom vermelho: TI.
A sua feição indicava medo, os globos oculares estavam esbugalhados e a boca tremia. Não conseguia formar uma única sentença depois de ouvir a ameaça do shaman. Possuído pelo temor, apenas se encolheu no chão enquanto arqueava o braço protegendo seus órgão vitais, neste momento uma tatuagem no antebraço direito se encontrava a mostra, as letras formavam a palavra imperium. Com muito esforço gritou: - Socorro! Socorro!
Não demorou para que duas figuras saíssem da sala às pressas, uma mulher e um homem. Ambos trajavam o mesmo tipo de veste, por ora não era possível determinar se detinham uma tatuagem similar a que viu. A garota possuía cabelos negros, seus olhos eram castanhos, detinha uma barriga saliente, não era muito atraente e a julgar pela sua expressão deveria ser bastante rígida. Aquele que a acompanhava possuía madeixas ruivas e olhos verdes, parecia ser um homem bastante gentil, mas estando acompanhado dessas pessoas pode se esperar de tudo.
A figura feminina portava um item bastante peculiar, possuía uma longa tira de couro amarrada em seu pulso, ao notar a presença de Yahto e seu companheiro caído, acabou por desenrolá-la, açoitando o chão enquanto dizia: - O que pensa que está fazendo John? Levante-se, agora! E você! Onde pensa que está? Tire já o seu focinho daqui!
John engoliu em seco, mas continuou no chão, neste momento não sabia a quem temia mais, a mulher ou ao shaman. O homem de olhos esverdeados parecia ser mais sensato, com um sorriso amistoso, disse: - Ei garoto, para derrotar esse carinha deve ser bom. Quem foi que te contratou? Nós podemos cobrir a oferta!
Embora estivesse tentando convencer o garoto a uma prática sem combate, tratou de pegar sua pokébola e lançá-la contra o solo, revelando um pokémon cacto. A mulher tomou a mesma atitude, contudo esta pôs em campo uma felina de tons arroxeados. Sorrindo, tratou de ameaça-lo, dizendo: - Deveria ouvi-lo, ou se arrependerá. - Pareciam querer coagi-lo com os números.

Scyther derrotou o Pawniard de um NPC e recebeu 306 de Exp. Scyther subiu para o nível 13 (226/351). Recebeu 420$. Coletou 1x Dark Essence.




Pawniard(Desmaiado):


[Infinity Tower] - Yahto 624
Nome: Pawniard #624
Dark Type Steel Type
Lvl: 14
Exp:
Sexo: Masculino
Habilidade: Defiant
Item:
OT:

Personalidade:

Ataques:
Dark Type
- Torment
-
-
-

Steel Type
-
-
-
-

Outros Moves
- Scratch
- Leer
- Fury Cutter
-



Cacnea:


[Infinity Tower] - Yahto 331
Nome: Cacnea
Grass Type
Lvl: 14
Exp:
Sexo: Masculino
Habilidade: Sand Veil
Item:
OT:

Personalidade:

Ataques:
Grass Type
- Absorb (lvl 4)
- Leech Seed (lvl 10)

Outros Moves
- Poison Sting (lvl 1)
- Leer (lvl 1)
- Growth (lvl 7)
- Sand-Attack (lvl 13)


Purrloin:

[Infinity Tower] - Yahto 509
Nome: Purrloin #509
Dark Type
Lvl: 15
Exp:
Sexo: Feminino
Habilidade: Limber
Item:
OT:

Personalidade:

Ataques:
Dark Type
- Pursuit (lvl 15)

Outros Moves
- Scratch (start)
- Growl (lvl 3)
- Assist (lvl 6)
- Sand-Attack (lvl 10)
- Fury Swipes (lvl 12)




Voltar ao Topo Ir em baixo

Treinador
Yahto

Postado em Dom Set 08, 2019 3:06 pm

Yahto
Treinador
Inversor Sem Fação Mensagens : 212
PokePontos : 2248
Extras : Sorteios
Registros Efêmeros
Rota Atual : Infinity Tower
[Infinity Tower] - Yahto 64px-Shuffle123[Infinity Tower] - Yahto 64px-Shuffle023
Tanta informação para processar, que um cérebro não calejado provavelmente explodiria. Atualizando os fatos, o plano ou o improviso que Yahto adotara parecia seguir vitorioso, mas agora encontrara uma rocha sólida no caminho, uma prova de valor que uma hora ou outra haveria de surgir. Aiyra cumpriu sua parte, e só precisava ficar alerta para a grande virada. Yakekan seguia distribuindo orgulho, atropelando qualquer um que ousasse medir forças consigo, era pra isso que ele estava ali, afinal. Um é pouco, dois é bom, três é o ideal. O hat-trick do inseto não perdia por esperar.

Contudo, isso tudo é background. No desenrolar dos acontecimentos, o soco que mais doeu fora desferido pela mulher que jazia dentro da sala. O significado de sua tatuagem era desconhecido, mas foi o suficiente para revirar os órgãos do indígena por inteiro - a menos essa era a sensação. Não tinha razão aparente, mas esse mau estar poderia estar decodificado de algum sentimento previamente adquirido, isso enfraqueceu a resiliência de Yahto. Déjà vu. Sua mão esquerda voltou a emitir a breve luminosidade verde e agir de maneira inconsciente, agarrando a máscara felina na cintura, aquela que dá o controle a Abaçaí. Usando da força em si mesmo e segurando com a outra mão, ele a conteve, o que iniciou mais um dos diálogos sepulcrais que vinha sendo suscetível.

"Sabe que só eu posso lidar com essa situação sem falhar."
"Eu preciso..."
"Sabe que vai perecer quando mais precisarmos, como antes."
"Eu preciso..."
"Eu sou a vingança a qual você clama, não resista!"
"EU PRECISO QUE SE LEMBREM DO MEU ROSTO!"
" ... "

Yakekan, derrube o cacto primeiro, Mordida de Inseto! Repita o movimento mirando a gata, use o peso de seu corpo para auxiliar e derrubar as chances de erro!  ─ Esbanjou segurança.

É claro que esbanjou segurança, não estava ali nem Yahto, nem Abaçaí, mas ambos juntos. Um cobria a fraqueza do outro, e os pontos fortes estavam unidos; a melhor versão possível do xamã. De alguma maneira, ambos dividiam o mesmo recipiente em comunhão, cooperando por um só objetivo. Nesse estado, é natural que os trejeitos do treinador mudem constantemente, e sua voz produzia um multi-eco bem característico. Ainda que dividissem a mesma ideologia, havia diferenças de camadas entre o extremismo de um e a convicção de outro, e isso se revelava sempre que essa nova metamorfose abria a boca.

Cobrir oferta? Sei que em sua sociedade tudo está a venda, mas jamais agirei assim. Vim aqui em busca de respostas, e vou arranca-las se for necessário. ─ A transição para as falas de Abaçaí foram repentinas, a agressividade era traço significativo. ─ No pior dos casos, esquartejo-os e ofereço suas tripas aos deuses! Como vai ser? Hein? ─ Seus olhos eram raivosos, indômitos, como os raios de Tupã.

Num movimento brusco, Abaçaí girou e no ar chutaria a porta a qual Yahto teve tanto cuidado antes. A brutalidade da ação enunciava ordens pouco ou quase nada mais leves, ele tinha uma estratagema bem arriscada, mas digna de um psicopata.

Aiyra! Enrole-se (Wrap) em uma das pessoas sentadas logo a frente! ─ Seu bote seria responsável pelo ponto mais importante do plano: um refém. ─ Yakekan, guarde a entrada, não permita que entrem! John, escolha bem o seu lado, antes que seja tarde demais. ─ Ele notara a indecisão do rapaz, um potencial fantoche que poderia ser útil. Yahto adentraria a sala, ele considerava o local onde seus inimigos menos gostariam de uma batalha, sua tecnologia e todo aquele líquido enegrecido soavam importantes o bastante para impedi-los de arriscar-se de danifica-los.

"Droga, ainda não era o momento!"
Yahto lamentava-se, sendo vencido pelo ato de sua contra-parte. Só restava a si cuidar da negociação precoce.

Quem são vocês e o que fazem nesse local? O que representam as escritas dessa torre? O que fizeram com o casal? Não poupem informações se quiserem que eu poupe suas vidas! ─ Não tinha mais volta, definitivamente. Era abraçar a explosão, ou morrer sufocado por ela.

Nhanderu guiai-vos!

Notas/OFF:
1. Usei 3 moves no post, pq considerei que Aiyra não fazia parte da batalha e por isso não teria problema envolve-la em "off battle".


[Infinity Tower] - Yahto Whats+with+the+sudden+love+for+scyther+and+scizor++_ac4d55c84ecd523c77813174b607dafa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mestre Treinador
Hadesu

Postado em Ter Set 10, 2019 1:35 pm

Hadesu
Mestre Treinador
Curador Sem Profissão Sem Fação Mensagens : 412
PokePontos : 1010
Extras : [Sorteios]
[Infinity Tower] - Yahto 64px-BT636


Off:

Infinity Tower

Tudo aconteceu tão rápido que os membros da Team Imperium mal acreditavam em seus olhos. O pokémon de tipagem inseto conseguiu facilmente nocautear a cacnea e logo em seguida voltou a atacar, lançando-se contra a gata. Embora finalizasse a felina, esta não deixou barato, desferindo-lhe um arranhão.
Scyther estava invicto, já era o terceiro combate na torre e mal sofreu danos. Mesmo o resultado da luta lhes parecendo surpreendente, o que veio depois foi de fato inesperado.
A ameaça após uma amarga derrota acertou-lhes o peito, mas o que causou um dano maior, foi o fato de terem falhado em sua missão. Ambos estavam incumbidos de proteger as figuras atrás da porta, porém foram facilmente ludibriados pela estratégia adotada pelo indígena.
De maneira veloz, uma serpente de tonalidade roxa ascendeu do jaleco e se enrolou no corpo de um dos cientistas que repousava sobre uma cadeira. O homem soltou um gemido de dor, logo em seguida agiu de maneira fria, mantendo-se estático. A racionalidade era um requisito de sua profissão, portanto não demorou para ligar os pontos e entender a delicada situação na qual se encontrava.
Yakekan agiu de acordo com as ordens de seu mestre e se colocou em frente à entrada, guardando-a. Aproveitando-se da indecisão de John tratou de formenta-la, visando trazê-lo para o seu lado, mas não esperava ter um escravo do dinheiro a sua frente e só havia uma coisa que ele prezava mais do que ao ouro, a própria vida. Vendo que suas ações teriam consequências, independente do lado que escolhesse, se pôs a correr, fugindo da confusão.
O circo estava armado, embora fosse um pouco mais cedo do que o esperado, cabia ao treinador tomar as rédeas da situação. Furioso, lançou inúmeras questões ao vento, aguardando que alguém se pronunciasse e resolvesse seus dilemas.
Um homem de pele caramelada e cabelos brancos levantou da cadeira, até então estava em completo silêncio, apenas observando a situação. Visando satisfazer os desejos do jovem se pôs a falar: - Os garotos de hoje são bastante apressados… Tenha um pouco de paciência com o vovô aqui. - A voz transparecia calma, embora as mãos do senhor tremessem sem parar, poderia ser fruto do nervosismo ou alguma doença qualquer.
Nós somos descendentes desta terra e estamos dirigindo algumas pesquisas científicas que envolvem essências, algo complicado demais para você entender. - Dizia enquanto apontava para a figura que  Ekans restringia, logo em seguida continuou: - Os que estão aí fora são membros da Team Imperium. Estamos realizando uma troca de favores, nós os beneficiamos com nossas pesquisas e eles nos protegem. Embora pareçam ter falhado miseravelmente em sua parte. - Os olhos do homem transpareciam fúria enquanto fitava o garoto, parecia detestar a situação na qual se encontrava.
Depois de fazer uma breve pausa, voltou a falar: - Mesmo eu não saberia responder. O subterrâneo acabou servindo como abrigo para os nativos sobreviventes, logo cada gravura possui um significado único, podendo variar de preces para os deuses a até maldições aos usurpadores de terras. Para conseguir determiná-los com certeza teria que perguntar aos mortos. - A pergunta feita pelo Shaman lhe pareceu muito boba, por que se prender ao passado quando o futuro é mais interessante? Irritado com tantas indagações, se colocou a responder mais uma: - Kauã e Yara são residentes da torre. Moravam no subterrâneo, como ratos. Fui responsável por todas as suas conquistas, lhes dei todo o conhecimento que possuem! E como me agradecem? Viram as costas e tentam abandonar o barco. Apenas porque uso alguns meios pouco ortodoxos. Tudo o que importa é o resultado! Tudo!
Os fins justificam os meios, esta parecia ser a filosofia adotada pelo cientista. Olhando com atenção para as jaulas de vidro, pôde ver um sistema deveras complicado. A estrutura era ligeiramente fosca e apresentava tons escuros, vultos moviam-se em seu interior sem parar e sempre que estes se chocavam contra as paredes eram acertados por um feixe de energia negro, este era disparado da gema que se encontrava no topo de cada jaula.
Quando acertados pelo raio acabavam parando de mover e caiam contra a base da cela, neste momento mais essência negra jorrava pelas tubulações. Sorrindo, o homem voltou a falar: - Curioso, não? Quando bruxos e Shamans derrotam pokémons eles liberam essências e é isto que corre nas tubulações. Os pequeninos que estão nas jaulas são constantemente nocauteados pelo poder das gemas, resultando num método rápido para farmar essências. Por sinal, esta instalação é responsável pela produção das ghost, as gemas que vê no topo das estruturas é de tipagem Dark, elas energizam as paredes inibindo a fuga dos fantasmas. - A medida em que falava, parecia se gabar por pensar em tamanha crueldade sozinho, logo em seguida continuou: - Eu sou um gênio não?
Antes que o treinador pudesse responder a sua indagação, os dois do lado de fora intervieram, dizendo: - Ei velhote, o outro cara é importante? Ou podemos agir? - Sequer aguardaram, já foram lançando para fora das esferas um pokémon lula e outro similar a um urubu.
Pigarreou, parecia ponderar o quanto valia a vida de seu companheiro. Sorrindo, se pôs a falar: - Eu realmente não me importo... Não há vitória sem sacrifício! Se o garoto não for embora por bem, façam-no da maneira ruim. - Esquecendo de um aviso importante, deu mais uma instrução: - Só tomem cuidado com as cobaias e os aparelhos!
A ruiva lançou seu açoite contra o solo e em seguida voltou a falar: - Então garoto, como vai ser?

Spoiler:


[Infinity Tower] - Yahto 629
Nome: Vullaby # 629
Dark Type Flying Type
Lvl: 15
Exp:
Sexo: Feminino
Habilidade: Big Pecks
Item: --
OT:

Personalidade:

Ataques:
Dark Type
- Nasty Plot (lvl 14)

Flying Type
- Gust (inicial)
- Pluck (lvl 10)

Outros Moves
- Leer (inicial)
- Fury Attack (lvl 5)



Spoiler:

[Infinity Tower] - Yahto 686
Nome: Inkay #686
Dark Type Psychic Type
Lvl: 14
Exp:
Sexo: Masculino
Habilidade: Contrary
Item:
OT:

Personalidade:

Ataques:
Dark Type
Foul Play (lvl 8 )

Psychic Type
Reflect (lvl 4)
Psywave (lvl 13)

Outros Moves
Tackle (start)
Peck (start)
Constrict (start)
Swagger (lvl 12)



Scyther derrotou a Cacnea de um NPC e recebeu 302 de Exp. Scyther subiu para o nível 14 (177/423). Recebeu 420$. Coletou 1x Grass Essence.
Scyther derrotou a Purrloin de um NPC e recebeu 270 de Exp. Scyther subiu para o nível 15 (024/500). Recebeu 450$. Coletou 1x Dark Essence.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Treinador
Yahto

Postado em Ter Set 10, 2019 3:37 pm

Yahto
Treinador
Inversor Sem Fação Mensagens : 212
PokePontos : 2248
Extras : Sorteios
Registros Efêmeros
Rota Atual : Infinity Tower
[Infinity Tower] - Yahto 64px-Shuffle123[Infinity Tower] - Yahto 64px-Shuffle023
"Para conseguir determiná-los com certeza teria que perguntar aos mortos..."
Não, não teve graça.

Aliás, quase nada tinha teor comemorativo ali. Quanto mais a situação se elucidava, mais podres emergiam do solo, mas nada o atingiu tão forte quanto a descoberta de que todos os presentes naquela sala eram, assim como ele, nativos. Inconscientemente deu um sinal para que Aiyra soltasse seu refém, ele jamais afligiria um igual. Ele contemplou o casal no chão, e a medida que as peças iam se encaixando, entendeu quem de fato era seu inimigo.

Como pôde? Como pôde trair seu próprio povo? Ser conivente com tudo o que fizeram e fazem conosco durante todos esse anos? Desonras teu sangue como nunca o deveria ter feito! Sua alma já está condenada, assim como a minha. Se há um pingo de chance de redenção, o conseguirei libertando todos aqueles que tiveram seu sangue derramado. Aos olhos de ti, Nhanderu, aposto minha integridade pela justiça que nosso povo merece!

Ele trocou olhares com Scyther, e não eram necessárias ordens para que se entendessem. Ainda assim, o fez:

Yakekan, juro pela minha vida que o recompensarei se conseguir segura-los por mais um pouco. Mordida de Inseto em ambos!

Até então, Yahto tomava as rédeas, mas Abaçaí não teve resistência em ter a posse dali em diante. Ele retirou o manto que cobria seu corpo, revelando toda sua magreza e tatuagens, as veias saltadas, sobrancelhas arqueadas e punhos cerrados anunciavam a fúria que despejaria através de seus atos, era o momento chave e decisivo, o divisor de águas que aguardou tanto.

Aiyra! Destrua todos os aparelhos! NÃO SE CONTENHA!

Nisso, a cobra não estava sozinha; Abaçaí pegaria uma das cadeiras e arremessaria com toda sua força contra o mecanismo, auxiliando com golpes físicos caso fosse necessário. Era a prioridade máxima, visto que a intenção era libertar todas as criaturas de seu cárcere, os deixando que tenham a chance de se vingar. Quem sabe esses seres fantasmagóricos não eram, chutando alto, reencarnações de todos os refugiados, os mesmos que pintaram as paredes e ajudaram a preservar a cultura. Se assim fosse, o sistema escravagista estaria os torturando pela segunda vez, e se depender de Yahto, a última. Hora de arrancar o mau pela raiz.

Se arrependerá, eu garanto. E, talvez, possa perguntar aos mortos e determinar qual o real significado disso tudo, nem que sejamos só nós dois no submundo.


Última edição por Yahto em Ter Set 10, 2019 4:03 pm, editado 1 vez(es) (Razão : Yahto)


[Infinity Tower] - Yahto Whats+with+the+sudden+love+for+scyther+and+scizor++_ac4d55c84ecd523c77813174b607dafa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mestre Treinador
Hadesu

Postado em Sab Set 14, 2019 3:57 pm

Hadesu
Mestre Treinador
Curador Sem Profissão Sem Fação Mensagens : 412
PokePontos : 1010
Extras : [Sorteios]
[Infinity Tower] - Yahto 64px-BT636


Off:

Infinity Tower

Raiva, indignação e repulsa. Um misto de sentimentos negativos pareciam tomar conta do indígena. Bradejou. Deixou que sua fúria explodisse, lançando palavras que pareciam atingir o cientista como facas. Embora nada do que tivesse dito fosse uma mentira, o idoso ofendeu-se com suas amargas palavras.
Sem argumentos para refutar o jovem, manteve-se em silêncio, observando os arredores. Numa veloz troca de olhares, Yahto ordenou seu companheiro ao ataque, visando tomar conta do que ocorria no exterior.
As coisas aconteceram rapidamente, enquanto scyther confrontava dois adversários, o indígena junto a sua réptil se puseram a destruir a criação do cientista. A voz até então calma, agora demonstrava lampejos de fúria, gritando: - NÃÃÃÃÃÃÃÃÃO! O TRABALHO DA MINHA VIDA! - Desferiu um forte soco contra o painel a sua frente, logo em seguida pôs as mãos sobre a cabeça. Parecia atônito, não havia se preparado para tal situação.
As figuras fantasmagóricas eram pegas de surpresa pelos atos do jovem e aos poucos tomavam coragem para se desvencilhar das jaulas, causando desordem pelo local. Do lado de fora, Yakekan dava cabo da lula com grande facilidade, mas não esperava enfrentar uma oponente tão poderosa quanto a Vullaby. O abutre alçou voo e após uma arrancada desferiu um forte golpe contra o inseto, causando-lhe um dano massivo. A resposta de Yakekan foi imediata, mordendo-lhe o pescoço, contudo não causou dano suficiente para finalizá-la.
Os espíritos livres pareciam atormentar os cientistas, mesmo aqueles que eram a seu favor. Gritos de desespero eram mesclados com os sons do vento sendo cortado e um rastro ectoplasmático era visto a medida em que os seres se deslocavam no ar. Eles estavam em dez e se aninhavam sobre os doutores como urubus na carniça.
Um lampejo rosado partiu do homem que até então estava em silêncio, aquele que a serpente anteriormente fez de refém. Junto a ele se encontrava uma figura humanoide, seu corpo era amarelado e emanava uma aura poderosa. Ambos começaram a brilhar e antes que desaparecessem no ar, ameaçou o indígena: - Nos veremos de novo garoto, na próxima não terá tanta sorte. - A voz era bastante rouca e embora a situação estivesse fora de controle, parecia vir de uma pessoa calma.
O idoso com o qual havia estabelecido comunicação não teve a mesma sorte, acabou sendo arrastado por um conjunto de cinco fantasmas, seus gritos ecoavam pelos túneis e a medida em que se distanciava se tornavam menos audíveis. Restavam no interior da sala outros cinco pokémons, três deles atormentavam a família e os outros dois faziam menção a sair, contudo pareciam temer o abutre que se encontrava do lado de fora.
Yahto não se tornou alvo dos ataques, muito pelo contrário, as criaturas pareciam ignorá-lo, como forma de agradecimento por sua ajuda. Algumas coisas podiam dividir sua atenção: a família sendo atacada e a batalha que Yakekan travava do lado de fora.

Scyther 60% VS Vullaby 50%

Scyther derrotou o Inkay de um NPC e recebeu 261 de Exp. Nova Exp (285/500). Recebeu 420$. Coletou 1x Psychc Essence.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Treinador
Yahto

Postado em Dom Set 15, 2019 5:50 pm

Yahto
Treinador
Inversor Sem Fação Mensagens : 212
PokePontos : 2248
Extras : Sorteios
Registros Efêmeros
Rota Atual : Infinity Tower
[Infinity Tower] - Yahto 64px-Shuffle123[Infinity Tower] - Yahto 64px-Shuffle023
Persista com Mordida de Inseto e Ataque Rápido!

Mergulhado num ciclo de revelação, seu instinto tomou a dianteira e focou o xamã em seus semelhantes, que ainda não estavam de todo salvo, eram prioridades já que eles teriam as respostas remanescentes a qual Yahto e Abaçaí precisavam.

Deixem-os e irei garantir vossas liberdades! Eles não são os opressores, mas sim um de nós! ─ Chutou mais alto do que nunca, já que não havia como saber seus atos anteriores ao confronto, sequer se foram em algum momento rivais das presenças flutuantes. ─ Fiquem próximos à porta e apressem-se quando Yakekan derruba-lo!

Se oferecessem resistência, não restaria alternativa a não ser ordenar que Aiyra atacasse com suas Agulhas Venenosas.

Se souberem de algo que vá me ajudar a salva-los, essa é a hora. ─ Ele não se referia diretamente, mas seus olhos e suas mãos pareciam apontar para a tatuagem de origem incomum a ele, mesmo os materiais para grava-las não eram simulares ao usado pelos Angrai e qualquer outra tribo que o jovem conhecera.


[Infinity Tower] - Yahto Whats+with+the+sudden+love+for+scyther+and+scizor++_ac4d55c84ecd523c77813174b607dafa

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mestre Treinador
Hadesu

Postado em Qui Set 19, 2019 3:57 pm

Hadesu
Mestre Treinador
Curador Sem Profissão Sem Fação Mensagens : 412
PokePontos : 1010
Extras : [Sorteios]
[Infinity Tower] - Yahto 64px-BT636


Off:

Infinity Tower

Tomando as rédeas da situação, agiu de maneira rápida, ordenando que seu companheiro atacasse o abutre que se encontrava no exterior. Embora Yakekan fosse bastante importante para o treinador, o que acontecia no interior da sala acabou se revelando prioritário, necessitando de sua atenção.
O jovem tentou argumentar com os furiosos pokémons, visava trazer-lhes alguma lucidez, contudo suas palavras pareciam não alcança-los, ou quem sabe não lhe parecessem verdadeiras. Talvez aqueles que estava defendendo fossem tão cruéis quanto o homem responsável pelo laboratório, afinal eram seus assistentes.
Um grito feminino era ouvido do lado de fora, Yakekan havia conseguido dar cabo do pokémon voador, bastou que o mesmo utilizasse o bug bite para finalizá-lo. Assim como o indígena os instruiu, os dois fantasmas que se encontravam próximo a porta saíram em disparada quando o confronto foi finalizado, embora um deles ainda parecesse um pouco preocupado com o seu salvador. Os membros remanescentes da team imperium (os dois que foram derrotados) corriam em direção a saída, seu objetivo era fugir dos travessos que estavam em seu encalço.

Scyther 60% VS Vullaby 50%

Scyther derrotou a Vullaby de um NPC e recebeu 357 de Exp. Scyther subiu para o nível 16. Nova Exp (142/585). Recebeu 450$. Coletou 1x Dark Essence.

Tendo resolvido um de seus problemas, ainda restavam dois: a família de indígenas e os fantasmas vingativos. Buscou uma resposta naquela que se encontrava consciente, mas a reação da mulher foi levar ambas as mãos em direção a cabeça, parecia pensar em algo, mas não lhe disse nada. Lágrimas escorriam em sua face e enquanto a criança em seu colo acompanhava-na chorando, seus olhos se voltavam para o marido desacordado, ansiosos por uma resposta.
Nada. Não pareciam ter nada a lhe dar. Mesmo assim o indígena resolveu ajudar os desconhecidos, ordenando que a ekans disparasse agulhas venenosas contra um dos fantasmas. O acertado acabou sendo uma figura travessa, seu corpo parecia mover-se com o vento e uma enorme protuberância na cabeça destacavam-no dos demais.
A atitude hostil por parte do treinador pareceu irritá-lo, movendo-se com agilidade pôs-se de frente para a cobra e lhe desferiu um poderoso tapa (Knock off), causando-lhe um dano massivo. Notando a ausência de seu companheiro, as demais figuras fantasmagóricas colocaram-se a fitar o jovem, encarando-o com curiosidade.
Neste pequeno espaço de tempo a mulher indígena realizou um movimento estranho, retirou de sua bolsa uma espécie de talismã e balbuciou algumas palavras: - Perdão por isso, mas eu tenho algumas prioridades. - Dizia enquanto fitava sua chorosa cria e o marido caído. Uma luz de tons rosados surgiu a partir do talismã, dando espaço para uma figura amarelada, esta partiu tão rápido quanto surgiu, teleportando toda a família para um local desconhecido.
Neste momento Yahto se encontrava cercado de problemas, três entidades espectrais tinham sua atenção totalmente voltada para ele, encaravam-no com fúria, afinal havia sido o responsável por atrapalhar sua vingança. A situação parecia desfavorável, Yakekan havia sofrido alguns danos devido ao confronto contra a Vullaby e Ekans estava bastante ferida devido ao poderoso ataque realizado pelo Shuppet, mas o que mais lhe incomodava era a estranha sensação de estar sendo observado, alguma coisa parecia estar em seu encalço, contudo ainda não havia se revelado. O que o treinador fará?

Ekans 50% VS Shuppet 93,4%

[Infinity Tower] - Yahto Ani092MS - Gastly
Spoiler:


[Infinity Tower] - Yahto 92
Nome: Gastly #092
Ghost TypePoison Type
Lvl: 12
Exp:
Sexo: Feminino
Habilidade: Levitate
Item:    
OT:

Personalidade:

Ataques:
Ghost Type
Lick  (inicial)
Spite (lvl 5)
Curse (lvl 12)

Poison Type
-

Outros Moves
Hypnosis (inicial)
- Mean Look (lvl 8 )


[Infinity Tower] - Yahto 353MS - Shuppet
Spoiler:


[Infinity Tower] - Yahto 353
Nome: Shuppet #353
Ghost Type
Lvl: 10
Exp:
Sexo: Masculino
Habilidade: Frisk
Item:
OT:

Personalidade:

Ataques:
Ghost Type
Night Shade (lvl 7)
Spite (lvl 10)

Outros Moves
Knock off (inicial)
Screech (lvl 4)


[Infinity Tower] - Yahto 302MS - Sableye
Spoiler:


[Infinity Tower] - Yahto 302

Nome: Sableye #302
Dark Type Ghost Type
Lvl:
Exp:
Sexo: Masculino
Habilidade: Keen Eye
Item:
OT:

Ataques:
Dark Type
-

Ghost Type
- Night Shade (lvl 6)
- Astonish (lvl 9)

Outros Moves
- Leer (lvl 1)
- Scratch (lvl 1)
- Foresight (lvl 4)


Voltar ao Topo Ir em baixo

Conteúdo patrocinado

Postado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


Você não pode responder aos tópicos neste fórum